Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Triptofano

O teu aminoácido essencial!

Um Pegada mais Verde

ou as mudanças que estou a fazer em prol do ambiente.

24.08.19, Triptofano!

Não posso dizer que sou a pessoa mais consciente em termos de ecologia porque não sou, mas isso aos poucos está a mudar, sobretudo por causa das notícias que todos os dias inundam-me os olhos.

Neste post escrevi que temos de deixar de pensar macro e começar a pensar micro, e continuo a defender esse tipo de pensamento, mas não podemos continuar a viver micro e a achar que o macro que está lá fora nunca nos vai influenciar a nossa realidade e nós vamos andar contentes e felizes da vida.

É impensável mantermos a fé num futuro sorridente e fantástico e tudo e tudo quando a Amazónia arde compulsivamente.

O nosso planeta é um equilíbrio delicado, e não é por no nosso país estar tudo tranquilo e controlado que não vamos acabar por sofrer repercussões.

Sou a favor de que a mudança pessoal pode levar à mudança global, e por isso tomei duas decisões, pequenas e simples, que acredito que podem fazer a diferença, sobretudo se forem adoptadas por outras pessoas.

Um Pegada mais Verde

 

A primeira é reciclar no meu local de trabalho.

Na farmácia onde estou há um cesto só para o papel, e todos os dias esse cesto é cheio.

O que acontece foi que já apanhei a empregada da limpeza a enfiar o conteúdo desse cesto com o dos outros tudo num saco do lixo grande, e contentor com ele.

Já falei com ela mas já voltei a apanhá-la a fazer o mesmo, por isso a partir de agora vou começar eu a fazer a minha reciclagem de papel. 

Tenho uma caixa ao pé de mim e todo o papel que vou recolhendo ponho na caixa.

Ao fim do dia vou eu próprio ao ecoponto despejar - assim tenho a certeza que aquele papel vai ter uma nova vida! 

A segunda foi influenciada após a leitura deste artigo no sapo.

Realmente rezar ou fazer correntes de mensagens pela Amazónia não é suficiente.

E como eu não posso pegar numa mangueira e ir ajudar a extinguir o fogo, a única forma que tenho é de mostrar que não apoio as políticas brasileiras de desresponsabilização ambiental, onde parece que é mais importante encontrar um culpado (que não o governo) em vez de solucionar e evitar novos problemas de dimensões catastróficas.

E esse não apoio passa por fazer um boicote a todos os produtos que venham do Brasil enquanto não souber que medidas concretas foram tomadas para salvaguardar a floresta Amazónica e os povos indígenas que lá vivem.

Se pode ser catastrófico este tipo de bloqueio para a economia brasileira? (partindo do princípio que era um bloqueio generalizado e não apenas feito pela minha pessoa obviamente...)

Sim, pode! Mas no fim do dia, nós não comemos dinheiro. O nosso intestino não está preparado para digerir a celulose...

 

E vocês, que mudanças já fizeram para ter uma pegada mais verde?

8 comentários

Comentar post