Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Triptofano

O teu aminoácido essencial!

Triptofano volta à Universidade

28.09.20, Triptofano!

Pois é meus ribonucleotídeos fofinhos, aqui o vosso Triptofano resolveu voltar à Universidade passados 10 anos de ter terminado o seu Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas.

Esta decisão está ao nível daquelas mulheres que depois da primeira gravidez terem gritado a pés juntos que nunca mais iriam abrir as pernas por causa de todos os enjoos, todas as dores de pernas, todas as calças elásticas de modelo duvidoso que se viram obrigadas a comprar, ficam assim com uma espécie de amnésia e resolvem avançar para o segundo com um sorriso no rosto, confiantes que o estado de graça é a coisa mais bonita que uma mulher pode vivenciar.

Eu também sofri dessa amnésia da gravidez quando me decidi candidatar ao Mestrado de Saúde Pública, pensando que a Universidade não era assim tão má, que até era uma boa mudança na minha rotina, que agora que era um homem mais maduro (cof cof) iria aproveitar melhor as longas e prolongadas horas que depois das longas e prolongadas horas de trabalho iria ter de despender na Universidade.

Honestamente não sei o que teria fumado na altura em que tomei essa decisão, mas esta semana começa a Universidade e estou naquela fase em que uma boa mudança seria o Cara-Metade deixar de ocupar a minha metade da cama e não eu ir enfiar-me num Mestrado.

Ainda pensei que não fosse conseguir ser admitido, porque aqui entre nós o meu CV é assim muito simples. Basicamente é a minha formação universitária seguida de 10 longos anos a tentar não cometer nenhum homicídio sempre que um utente me dizia que se eu lhe trouxesse a caixinha do medicamento da tensão ele saberia reconhecê-la. Pensando melhor talvez tenha sido isso que me diferenciou dos outros candidatos, porque se uma pessoa não frita a pipoca como lá o outro jovem do Big Brother a trabalhar no balcão de uma Farmácia então também não é um Mestradozito que o vai deitar abaixo. 

O que me ajudou também a conseguir a vaga foi a entrevista via zoom, onde me perguntaram os meus objectivos e ambições, e eu respondi, modéstia à parte, maravilhosamente bem, não tivesse treinado umas 248 vezes todas as respostas possíveis e imaginárias em mais que uma língua, tendo até praticado um bocadinho de malabarismo hortícola não fossem perguntar-me acerca de algum hobbie fascinante que eu tivesse. 

E pronto, esta quinta-feira lá irei eu iniciar um novo percurso na minha vida académica.....(inserir cara de pânico a fazer um esgar de pseudo-felicidade)

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Triptofano!

    28.09.20

    Hummmm está visto que não sabes como o Cara-Metade se alapa à cama
    Eu também andava com saudades das histórias mirabolantes, mas nos últimos tempos ando muito sossegado. Tenho de fazer uma pole dance no comboio  para recuperar o ímpeto. 
    Beijinhos grandes***
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.