Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Triptofano

O teu aminoácido essencial!

Três coisas que quase toda a gente se esquece de fazer na sua rotina de beleza...

09.03.18, Triptofano!

 

Sabem que o meu dia-a-dia é estar atrás de um balcão a falar com pessoas, a ouvir experiências, a tirar dúvidas e a dar conselhos.

 

Tão rapidamente posso estar a falar sobre um suplemento alimentar, como a esclarecer uma prescrição ou a debater de forma acalorada qual o creme mais eficaz para certa pessoa.

 

Apesar de gostar de todas as vertentes do meu trabalho, a parte da beleza é algo que me fascina, porque considero que não seja apenas uma vaidade, é algo importante tanto para a saúde física (não são apenas os ossos e o sistema cardíaco que são importantes - então e a pele?) como para a saúde mental (uma pessoa que goste de ver a sua imagem no espelho é automaticamente uma pessoa mais confiante e equilibrada!).

 

Felizmente, os meus utentes estão cada vez mais informados sobre os procedimentos que devem ter relativamente à sua rotina de beleza, mas ainda descubro que quase toda a gente se esquece de fazer três coisa!

 

 

Dar Tempo Aos Produtos Para Serem Absorvidos Pela Pele

 

 

Andamos todos a correr de manhã.

Em 5 minutos conseguimos lavar o rosto, colocar sérum, creme, base, protector solar, tudo em multi-camada. E quando saímos para a rua muitas vezes temos o rosto assim meio a colar, pegajoso. Ou ficaram bocadinhos brancos que não foram absorvidos pela pele. Ou metade do produto desperdiçou-se na palma das mãos.

 

É importante dar tempo aos produtos que usamos para serem absorvidos pela pele, porque se eles não penetrarem devidamente na nossa epiderme então os benefícios que vamos retirar deles vão ser mais diminutos.

E não andar a trocar ordens de aplicação.

 

Colocar o cuidado despigmentante depois do creme hidratante e no fim ainda espalhar uma camada de sérum só porque se está em contra-relógio acaba por ser um desperdício de produto e os resultados não vão corresponder às nossas expectativas a médio-longo prazo.

 

Não estou a dizer para roubarem horas de sono à cama para melhorarem a aplicação dos produtos, mas por exemplo, colocam o sérum, lavam os dentes, espalham o creme, fazem um xixizinho rápido, ah e tal agora a base, vestir, aplicar uma camada de água termal e siga para o pequeno-almoço. É tudo uma questão de encontrarem o vosso ritmo perfeito de aplicação de cuidados.

 

 

Aplicar Creme Na Área Do Pescoço

 

 

Comprámos o creme mais caro da loja, aplicamos religiosamente todos os dias, com uma bela massagem, no sentido contrário ao da gravidade, e sentimos-nos assim poderosos e com a confiança necessária para conquistar o mundo.

 

Mas depois não colocamos nada na área do pescoço e do colo. E um belo dia quando usamos um decote mais acentuado - e não são apenas as mulheres, vejam o exemplo das blusas de mangas cavas decotadas nos homens - descobrimos que a nossa cara não coincide com o nosso pescoço, que está mais envelhecido e sem firmeza.

 

Há cremes específicos para esta região, mas quem não quiser estar a investir dinheiro ou a perder tempo a colocar outro produto diferente, pode e deve usar o seu cuidado diário nesta zona tantas vezes esquecida do corpo.

 

Parece que até ao queixo é território nacional, tudo o que está para debaixo desta fronteira já não tem interesse - um grande erro a meu ver, a não ser que estejam a considerar usar golas altas durante o resto da vossa vida.

 

 

Colocar Protector Solar Nas Mãos

 

 

Primeiro que tudo, o protector solar deve ser posto quinze minutos antes de sair de casa, que é o tempo que o mesmo demora a ficar activo.

 

Segundo, um factor 50 deixa de ser um factor 50 pouco tempo depois de o aplicarmos, e quanto mais tempo passar, menor vai ser a protecção que ele nos vai proporcionar, por isso é que é importante a re-aplicação em dias com maior luminosidade.

 

Em terceiro, a vossa cara pode não ter mancha nenhuma porque puseram protecção solar todos os dias da vossa vida e não se esqueceram de zona alguma do rosto (quantas vezes as orelhas e a cana do nariz são olvidadas), mas se as vossas mãos estão perigosamente a ficar cobertas de sinais castanhos estão-se certamente a esquecer de algo!

 

Tal como a cara, as mãos são das zonas que mais expomos no nosso dia-a-dia.

Por isso não faz sentido algum, depois de aplicarmos a protecção solar, não espalharmos um pouco nas costas das mãos.

 

E aquela conversa de que não está sol, ou que trabalhamos dentro de um escritório não pega.

São os raios UVA que causam o envelhecimento, aqueles que conseguem atravessar as nuvens, por isso mesmo que o dia esteja nublado eles continuam a existir.

 

Se conseguem ver um palmo à frente do nariz, e não é por causa do luar, então há raios UVA a atacarem-vos sem misericórdia. E são também os UVA que atravessam os vidros, por isso a não ser que estejam a trabalhar num cubículo sem iluminação natural, estarem dentro de um edifício não é sinónimo de protecção.

 

Querem o melhor exemplo de todos? Os camionistas! Comparem o lado do rosto que está exposto ao sol e o que está virado para dentro da cabine do camião e depois digam-me o que concluíram.

 

 

Espero que estas dicas tenham contribuído para a vossa rotina de beleza ser ainda mais eficaz e prazerosa! :)

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Triptofano!

    10.03.18


    Ai como eu te adoro mulher, só de te imaginar toda luminosa, brilhante, a anunciar o caminho para os Reis Magos
    Agora falando a sério, sim, o protector solar que se coloca na cara é o mesmo que se põe na praia. O que pode acontecer é que o protector solar que tu tenhas para a praia talvez não seja o mais específico para ti.
    Se na praia usas o protector do corpo na cara, não há mal nenhum, mas obviamente que te vais sentir toda a pegar, sempre com medo de cair com a cara na areia, porque vais ficar tipo croquete.
    Se estás a usar o protector de cara e mesmo assim estás toda oleosa, então algo não está a correr como devia.
    Existem já bastantes marcas que devido à importância de como nos sentimos com um produto e pelo facto das protecções solares já não serem apenas destinadas à praia, cada vez mais tem opções diferentes para cada tipo de pessoa.
    Há protectores para peles oleosas, há outros mais ricos para pele seca, há fluidos extremamente leves para quem não gosta de sentir produto, há protectores com cor, há de tudo. Tens é de saber escolher o produto correcto para ti.
    E tens sempre outra solução, as brumas, que são basicamente uns aerossóis com protecção solar que são muito mais leves.
    De qualquer das formas, podes sempre optar por usar um creme já com o factor de protecção incluído, o único problema é que normalmente são factores mais baixos e não são tão práticos para re-aplicar.
  • Muito obrigada pelas dicas. Precisava que trabalhasses aqui na minha farmácia... Sinto sempre que só me querem vender um creme não interessa qual... Tanto lhes faz... ou então não percebem nada daquilo!
    Um hidratante com protecção solar não serve?... Ou um BBcream, tudo em um, não?!... Eu sou tão dada à preguiça ao nível dos cremes que nem sabes...
    Ainda por cima tenho a pela hiper desidratada por causa da minha síndrome. Tu vê lá o que me havia de calhar, pele mista-ó-oleosa-ó-coiso mas desidratada... Não posso por cremes gordos pois pareço um farol. Mas um farol desidratado, se é que me faço entender.... Detesto sentir a pele a repuxar e detesto sentir a pele oleosa... Será que sou muito esquisita?... Ainda não acertei com o raio do creme e sinto que já gastei para lá de um dinheirão...
  • Imagem de perfil

    Triptofano!

    14.03.18

    Não tens nada que agradecer pelas dicas, dou-as com todo o gosto!
    Na realidade eu é que estou em falta contigo, porque tenho umas amostras em casa para te ofertar mas ainda não me cheguei à frente para combinar com a tua pessoa. É que a minha farmácia é fora de Lisboa, e é mais fácil combinarmos em Lisboa do que estares tu a vir para cascos de rolhas.
    A parte da cosmética é um mundo, e às vezes as pessoas pensam que é só dar um creme qualquer que serve, mas não é, é preciso estudar, ouvir as pessoas e perceber as formulações!
    Um hidratante com protecção solar ou um bb cream com tudo incluído obviamente que dá, mas vai depender muito da sensibilidade da tua pele ao sol (se tens a pele muito clara e com tendência para manchas) e do grau de exposição ao mesmo. Se for por exemplo um bb com protecção 30 já não é nada mau, agora um hidratante com 10 ou 20, bem aí já não sou muito a favor, mas cada um tem de ver com o que se sente mais confortável!
    Acho que não és nada esquisita, na realidade é super comum as pessoas terem a pele desidratada mas oleosa, só que depois não se conseguem explicar bem e acaba-se por pensar que a pessoa tem a pele seca e toca a enfiar gordura para cima!
    O que eu te aconselho seria para tratar essa pele que repuxa, resultado de uma pele desidratada, um sérum de água hidratante para todos os dias, e se for mesmo muito desidratada complementar com a bela de uma máscara semanal!
    Para combater a oleosidade, utilizar o belo de um creme matificante, específico para peles oleosas. Além de te dar mais hidratação sem gordura, vai-te controlar o excesso de oleosidade e tem um efeito matificante para não estares toda a brilhar, apesar do teu brilho interno ninguém conseguir apagar :)
    Mas sim é chato quando se gasta imenso dinheiro em cremes e não se tem os resultados pretendidos.
    Espero ter conseguido ajudar.
    Beijinhos
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.