Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Triptofano

O teu aminoácido essencial!

Tic Tac, o Tempo Acabou

02.11.21, Triptofano!

Quando alguém que apenas conhecemos pela sua identidade virtual apaga o seu rastro de redes sociais, essa pessoa morre ou apenas vive numa dimensão à qual não temos acesso?

Seguia um rapaz no virtual das aplicações de contacto apenas pelo prazer mórbido de ver um desastre iminente. Era óbvio que a arrogância e a prepotência, misturados com luxúria e ocasionais desabafos regados a álcool etílico, não eram mais do que um grito de socorro.

Mas é tão fácil não gostarmos de alguém. De escarnecermos, de termos uma pena sarcasticamente falsa, de franzirmos o sobrolho com a soberba de que somos mais do que os outros, de nos convencermos que não queremos que nada aconteça mas estarmos ansiosamente à procura de algo que mostre que aquela pessoa se deitou na cama que fez.

O rapaz apagou as redes sociais. Deixou uma mensagem para os voyeuristas sombrios se deliciarem com as ruínas de uma construção arquitectónica desde o início frágil e eliminou tudo o que tinha. Ficou um vazio de uma presença, um espaço em branco na pesquisa do motor de busca.

Pergunto-me onde estará aquela pessoa de quem tão facilmente decidi não gostar, apenas porque estava demasiado ocupado para enfrentar que desgostava da minha própria atitude.

Vou mandar-lhe uma mensagem....

 

.... mas para onde?

1 comentário

Comentar post