Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Triptofano

O teu aminoácido essencial!

Tem andado a lavar os dentes correctamente?

17.04.19, Triptofano!

Todos nós sabemos que a saúde oral é de extrema importância, apesar de muitas vezes sermos demasiado preguiçosos para lavar os dentes antes de ir para a cama ou não termos tempo à hora de almoço por causa do trabalho que nos faz andar a 1000 à hora.

 

Tem andado a lavar os dentes correctamente?

 

No entanto, nunca é demais recordar, que uma boca com determinadas doenças, como por exemplo, com doença periodontal, pode aumentar o risco de diabetes, doença cardíaca, cancro do pâncreas, pneumonia e, pior que isto tudo, um mau hálito insuportável que faz cair para o lado qualquer pessoa que tentemos beijar de forma mais prolongada.

 

A lavagem dos dentes deve ser feita seguindo a regra do 2-2-2. 

 

Pelo menos 2 vezes ao dia, durante pelo menos 2 minutos (e não são 2 minutos aldrabados contados a correr) e ficando 2 horas sem comer depois da escovagem!

 

A lavagem deve ser feita utilizando uma escova manual ou eléctrica (ou uma híbrida que isto há sempre novidades no mercado a aparecer) que deve ser mudada idealmente de três em três meses.

 

Antigamente uma boa forma de recordar que tínhamos de trocar de escova era com a mudança de estação, mas tendo em conta que o tempo está completamente maluco mais vale jogar pelo seguro e apontarmos no calendário.

 

A escovagem dos dentes deve ser feita na vertical e não na horizontal, como 99% das pessoas fazem.

 

Honestamente parece um bocado anti-natural escovar os dentes para cima e para baixo, especialmente nos de trás onde este movimento se torna um bocado complicado, mas a verdade é que é a forma mais correcta de o fazer.

 

Por isso é que sou um defensor da escova eléctrica, porque aí basta ligar a bicha e passar dente por dente, sem ter que se fazer mais nada.

 

Isto claro se comprarem uma cabeça redonda, porque existem cabeças a imitar as das escovas manuais que pessoalmente acho que não são de todo eficientes.

 

Depois de escovar os dentes a utilização de fio dentário ou de escovilhões é benéfica para a saúde oral porque ajuda a remover a placa bacteriana dos espaços entre os dentes.

 

Nesta altura vocês devem estar a pensar que este post é para encher chouriços e eu não vou fazer nenhuma revelação escandalosa.

 

Pois bem, enganam-se, e se eu vos disser que o correcto é depois de escovarem os dentes não bochecharem a boca com água?

 

E não, também não é suposto irem passar a boca por um colutório com flúor.

 

O correcto, e apoiado pela Ordem dos Médicos Dentistas, é cuspir apenas o excesso de dentífrico.

 

Desta forma vão ficar com uma ligeira espuma na boca que vai continuar em contacto com os vossos dentes e gengivas, que é benéfica porque vai estar a libertar os seus agentes protectores e reparadores.

 

Então mas e aquela história de finalizar a limpeza com um colutório para sentir a boca fresca e ter uma limpeza mais completa?

 

Infelizmente parece que é apenas uma bela acção de marketing!

 

Isto não significa que tenham de despedir-se do vosso maravilhoso elixir de menta fresca que vos faz ficar com a boca quase em chamas.

 

Podem e devem usar o colutório nas alturas em que não conseguem escovar os dentes, ou, como eu faço, antes da escovagem utilizar um irrigador dentário onde podem diluir uma pequena porção de elixir bucal.

 

Já conheciam esta recomendação de não bochechar depois da lavagem? Conhecem mais algum hábito de saúde oral que queiram partilhar? 

36 comentários

Comentar post

Pág. 1/2