Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Triptofano

Como ser 20% mais feliz?

12
Mai18

Os Looks da Segunda Semi-Final da Eurovisão


Como o prometido é devido, eis a minha análise (muito pouco) profissional acerca dos looks da segunda semi-final da Eurovisão.

 

Ao contrário do post referente à primeira semi-final, que foi algo extenso, não vou falar mal analisar todos os concorrentes, mas sim instaurar um processo de classificação que servirá para ocasiões futuras.

 

Assim teremos:

 

Um vencedor do Ceptro Lunar, representado pela bela e deliciosa perna de frango  (que por acaso foi o meu jantar ontem)

 

Duas Coroas, para aquelas indumentárias que estiveram quase quase lá, mas faltou-lhes um danoninho, representada pelo emoji da coroa 

 

Dois Oh No She Better Don't, para quem não devia ter saído de casa assim vestido, sendo o emoji a mãozinha para baixo 

 

E por fim, o pior da noite, o vencedor do Buraco Negro Cósmico, que terá como símbolo o emoji ninja  (porque é um look tão mau que era melhor ter desaparecido assim num estalar de dedos).

 

Mas antes de atribuirmos os prémios vamos falar de quem?

 

 

Das apresentadoras

 

Eurovisão 2018 Segunda Semi-final Apresentadoras

 

As senhoras sem dúvida são elegantes, mas questiono quem é que escolhe as roupas para elas usarem, porque são assim, digamos, peculiares.

 

O vestido da Daniela Ruah era bonito, mas aquele efeito vincado no fim do vestido era desnecessário e acaba por lhe tirar alguma beleza.

 

A Catarina Furtado parece um bolo de casamento - nem consigo dizer mais nada de tão mau que o vestido é!

 

A Sílvia Alberto tinha tido uma escolha vencedora se não fosse aquela penugem nos ombros, que a deixou parecida com um espanador ou uma avestruz.

 

A Filomena Cautela, em comparação com a semi-final passada estava muito melhor, dando o vestido alguns ares de inspiração greco-romana. No fim de contas foi a que se safou melhor entre as 4.

 

Eurovisão 2018 Segunda Semi-final Apresentadoras

 

Para gáudio de todos, as meninas fizeram uma mudança de indumentária para protagonizarem um belíssimo número de dança.

Mas será que as roupinhas escolhidas foram melhores que as primeiras que tinham?

 

A da Daniela Ruah sem dúvida, às vezes menos é mais, era um vestido que pautava pela simplicidade mas que lhe ficava muito bem, sem acessórios espalhafatosos.

 

O da Sílvia Alberto era pavoroso, criando-lhe um volume de que ela não precisava, além de que foi tão bem concedido que quando ela encheu mais o peito de ar a parte de cima abriu-se toda.

 

A Catarina Furtado estava com uma criação muito bonita sem dúvida, mas se a parte da frente fosse um bocadinho de nada mais descida ficava perfeita, assim parecia demasiado nua.

 

A Filomena Cautela, eu percebo que a indumentária era a ideal para dançar a música que foi escolhida para ela, mas meus senhores, ela parecia uma octagenária vinda de um coro de Gospel. A senhora merece um bocadinho mais no que toca à escolha das roupas.

 

Vamos deixar as apresentadoras sossegadas e passar para os prémios desta segunda semi-final.

 

 

Coroa 

 

Eurovisão 2018 Roménia

 Roménia

 

A cor ficava-lhe bem e o corte no geral também favorecia a cantora.

Simplesmente dava uma tesourada naquele pedaço de tecido entre as pernas, que não estava ali a fazer nada, e ajustava-lhe um bocadinho a parte de cima para ficar menos largueirona. Mas de resto, tendo em conta as opções por onde tinha de escolher, é uma das vencedoras da coroa da noite.

 

Eurovisão 2018 Eslovénia

Eslovénia

 

Um vestido apropriado para o estilo e tipo de canção apresentado, jovem, moderno, irreverente e com algumas transparências que ficam sempre bem.

Mas aquele pedaço de plástico na parte da frente do vestido? Arruinou completamente as chances de ganhar o ceptro lunar da noite. Foi mesmo por uma unha negra, mas são os detalhes que podem arruinar um look perfeito.

 

 

Ceptro Lunar 

 

Eurovisão 2018 Letónia

Letónia

 

Normalmente não sou muito apreciador de vestidos conjugados com calções, mas fiquei rendido a este. A cor era linda, as transparências estavam no local certo, o corte favorecia o corpo da cantora, tinha glamour e uma elegância que faltaram a tantas outras roupinhas que desfilarem pelo certame. Palmas para a Letónia.

 

 

Oh No She Better Don't 

 

Eurovisão 2018 Austrália

Austrália

 

Por favor, despeçam quem teve a audácia de colocar na melhor intérprete da noite, um dos piores vestidos de sempre. Era um bocado de tecido atado ao tornozelo, uma faixa a pender que mais parecia papel higiénico colorido, um amontoado no ombro, outro na anca.... Não, não e não!

 

Tiravam todos esses acessórios que só estão a fazer lixo visual e ficava um vestido simples mas apropriado para o tema e que deixava a intérprete respirar.

 

 

Eurovisão 2018 Holanda

Holanda

 

O representante da Holanda abusou um bocadinho nos padrões e o resultado foi que ficou a parecer o dono de uma casa de meninas, ou de meninos, que isto não podemos discriminar nos dias de hoje. Dizer mais alguma coisa para quê?

 

 

Buraco Negro Cósmico 

 

Eurovisão 2018 Montenegro

Montenegro

 

Não há palavras para descrever este atentado visual.

 

A cor, o corte, enfim, tudo! Por favor, peguem neste look e em vez de o colocarem no museu da Eurovisão (deve haver um certo?), usem-no para acender o grelhador, agora que o calor chegou e dá vontade de ir almoçar ao ar livre.

 

 

E para vocês, quais foram os melhores e os piores da noite? 

12
Mai18

Os Looks da Segunda Semi-Final da Eurovisão


Como o prometido é devido, eis a minha análise (muito pouco) profissional acerca dos looks da segunda semi-final da Eurovisão.

 

Ao contrário do post referente à primeira semi-final, que foi algo extenso, não vou falar mal analisar todos os concorrentes, mas sim instaurar um processo de classificação que servirá para ocasiões futuras.

 

Assim teremos:

 

Um vencedor do Ceptro Lunar, representado pela bela e deliciosa perna de frango  (que por acaso foi o meu jantar ontem)

 

Duas Coroas, para aquelas indumentárias que estiveram quase quase lá, mas faltou-lhes um danoninho, representada pelo emoji da coroa 

 

Dois Oh No She Better Don't, para quem não devia ter saído de casa assim vestido, sendo o emoji a mãozinha para baixo 

 

E por fim, o pior da noite, o vencedor do Buraco Negro Cósmico, que terá como símbolo o emoji ninja  (porque é um look tão mau que era melhor ter desaparecido assim num estalar de dedos).

 

Mas antes de atribuirmos os prémios vamos falar de quem?

 

 

Das apresentadoras

 

Eurovisão 2018 Segunda Semi-final Apresentadoras

 

As senhoras sem dúvida são elegantes, mas questiono quem é que escolhe as roupas para elas usarem, porque são assim, digamos, peculiares.

 

O vestido da Daniela Ruah era bonito, mas aquele efeito vincado no fim do vestido era desnecessário e acaba por lhe tirar alguma beleza.

 

A Catarina Furtado parece um bolo de casamento - nem consigo dizer mais nada de tão mau que o vestido é!

 

A Sílvia Alberto tinha tido uma escolha vencedora se não fosse aquela penugem nos ombros, que a deixou parecida com um espanador ou uma avestruz.

 

A Filomena Cautela, em comparação com a semi-final passada estava muito melhor, dando o vestido alguns ares de inspiração greco-romana. No fim de contas foi a que se safou melhor entre as 4.

 

Eurovisão 2018 Segunda Semi-final Apresentadoras

 

Para gáudio de todos, as meninas fizeram uma mudança de indumentária para protagonizarem um belíssimo número de dança.

Mas será que as roupinhas escolhidas foram melhores que as primeiras que tinham?

 

A da Daniela Ruah sem dúvida, às vezes menos é mais, era um vestido que pautava pela simplicidade mas que lhe ficava muito bem, sem acessórios espalhafatosos.

 

O da Sílvia Alberto era pavoroso, criando-lhe um volume de que ela não precisava, além de que foi tão bem concedido que quando ela encheu mais o peito de ar a parte de cima abriu-se toda.

 

A Catarina Furtado estava com uma criação muito bonita sem dúvida, mas se a parte da frente fosse um bocadinho de nada mais descida ficava perfeita, assim parecia demasiado nua.

 

A Filomena Cautela, eu percebo que a indumentária era a ideal para dançar a música que foi escolhida para ela, mas meus senhores, ela parecia uma octagenária vinda de um coro de Gospel. A senhora merece um bocadinho mais no que toca à escolha das roupas.

 

Vamos deixar as apresentadoras sossegadas e passar para os prémios desta segunda semi-final.

 

 

Coroa 

 

Eurovisão 2018 Roménia

 Roménia

 

A cor ficava-lhe bem e o corte no geral também favorecia a cantora.

Simplesmente dava uma tesourada naquele pedaço de tecido entre as pernas, que não estava ali a fazer nada, e ajustava-lhe um bocadinho a parte de cima para ficar menos largueirona. Mas de resto, tendo em conta as opções por onde tinha de escolher, é uma das vencedoras da coroa da noite.

 

Eurovisão 2018 Eslovénia

Eslovénia

 

Um vestido apropriado para o estilo e tipo de canção apresentado, jovem, moderno, irreverente e com algumas transparências que ficam sempre bem.

Mas aquele pedaço de plástico na parte da frente do vestido? Arruinou completamente as chances de ganhar o ceptro lunar da noite. Foi mesmo por uma unha negra, mas são os detalhes que podem arruinar um look perfeito.

 

 

Ceptro Lunar 

 

Eurovisão 2018 Letónia

Letónia

 

Normalmente não sou muito apreciador de vestidos conjugados com calções, mas fiquei rendido a este. A cor era linda, as transparências estavam no local certo, o corte favorecia o corpo da cantora, tinha glamour e uma elegância que faltaram a tantas outras roupinhas que desfilarem pelo certame. Palmas para a Letónia.

 

 

Oh No She Better Don't 

 

Eurovisão 2018 Austrália

Austrália

 

Por favor, despeçam quem teve a audácia de colocar na melhor intérprete da noite, um dos piores vestidos de sempre. Era um bocado de tecido atado ao tornozelo, uma faixa a pender que mais parecia papel higiénico colorido, um amontoado no ombro, outro na anca.... Não, não e não!

 

Tiravam todos esses acessórios que só estão a fazer lixo visual e ficava um vestido simples mas apropriado para o tema e que deixava a intérprete respirar.

 

 

Eurovisão 2018 Holanda

Holanda

 

O representante da Holanda abusou um bocadinho nos padrões e o resultado foi que ficou a parecer o dono de uma casa de meninas, ou de meninos, que isto não podemos discriminar nos dias de hoje. Dizer mais alguma coisa para quê?

 

 

Buraco Negro Cósmico 

 

Eurovisão 2018 Montenegro

Montenegro

 

Não há palavras para descrever este atentado visual.

 

A cor, o corte, enfim, tudo! Por favor, peguem neste look e em vez de o colocarem no museu da Eurovisão (deve haver um certo?), usem-no para acender o grelhador, agora que o calor chegou e dá vontade de ir almoçar ao ar livre.

 

 

E para vocês, quais foram os melhores e os piores da noite? 

08
Mai18

Os Looks da Primeira Semi-Final da Eurovisão


Antes de começar a dar tesouradas e coroas aos participantes da primeira semi-final do Festival da Eurovisão 2018 (será que não consigo mesmo um lugarzinho no programa da Mariama? Aposto que ficava bonito na televisão...) tenho de dizer que estou muito contente com o nível das canções que se apresentaram em concurso. Houve bastante talento em palco e infelizmente, nem todos puderam seguir em frente.

 

Relativamente às minhas escolhas pessoais, a Áustria e a Estónia avançaram para a grande final, enquanto que a Bélgica e a Bielorrússia não conseguiram votos suficientes e ficaram pelo caminho, mas podendo gabar-se de uma óptima prestação.

 

Só que o mais importante da noite é analisar os trapinhos de toda a gente, por isso vamos lá!

 

 

As Apresentadoras

 

Festival Eurovisão 2018 Apresentadoras

 

Fomos muito bem representados por 4 grandes Mulheres, isso não haja dúvida, mas e quanto às escolhas de indumentária?

 

A Catarina Furtado estava de tirar o fôlego a qualquer um, apesar de eu ter alguns ressentimentos relativamente ao Nuno Baltazar, porque há uns anos participei num concurso para ganhar um vestido dele e a minha frase não foi a escolhida, humpf!

 

A Sílvia Alberto tinha um vestido bonito, mas aquela zona central e a transição para a cauda do vestido, não sei, não me convenceu totalmente.

 

A Daniela Ruah dá-me sentimentos contraditórios, tanto gosto como torço o nariz.

 

Agora a Filomena Cautela, ó menina, mas então deixou que alguém lhe vestisse uma camisa de noite e lhe cosesse um bocado de tecido extra? Ná, não foi a melhor escolha...

 

 

Azerbaijão

 

Festival Eurovisão 2018 Azerbaijão

 

Se eu um dia me casasse com uma mulher - algo cujas probabilidades de vir efectivamente a acontecer são virtualmente nulas, porque nós queremos todo o mulherio deste mundo satisfeito sexualmente - esta seria a roupa que eu esperaria que ela tivesse por debaixo do vestido de noiva.

 

Uma lingerie sexy com mais uns bocados de tecido para se fingir assim para o púdica resulta bem na minha imaginação, mas não é a melhor escolha para o Festival.

 

 

Islândia

 

Festival Eurovisão 2018 Islândia

 

Gosto do padrão na parte superior do casaco, consigo tolerar aquela faixa vermelha a meio da manga que corta o comprimento do braço do cantor, mas os sapatos vermelhos a combinar com a camisa, não, isso já é demais para mim! 

 

 

Albânia

 

Festival Eurovisão 2018 Albânia

 

Sou o primeiro a defender que os homens devem ousar na forma de vestir, para não ser tudo mais do mesmo.

 

Mas camisas estranhamente maiores na parte de trás do que da frente? Mangas que desapareceram para um universo paralelo? E a foto não mostra as costas, porque essas sim são de arrepiar!

 

 

Bélgica

 

Festival Eurovisão 2018 Bélgica

 

A indumentária da representante da Bélgica proporcionou uma interessante ilusão óptica no início da música, mas na resto da actuação a moça simplesmente parecia que flutuava pelo palco, devido à ausência de corpo da cintura para baixo.

 

Uma observação mais detalhada permite verificar a existência de um dos meus ódio de estimação - calças com saia!

 

 

República Checa

 

Será que terei sucesso se começar uma petição a exigir que o cantor em vez de se apresentar assim

 

Festival Eurovisão 2018 República Checa

 

 apareça na final desta forma?

 

Mikolas josef czech republic

 

E por favor, sem aquela mochila da escola!

 

 

 Lituânia

 

Festival Eurovisão 2018 Lituânia

 

Pronto, eu confesso, eu é que sou uma pessoa amarga e odiosa, porque o vestido até é bonito e a cor fica bem à moça, mas não consigo deixar de olhar e ver apenas uma camisa de noite.

 

Mas se calhar até é a nova moda do momento e eu é que estou desactualizado!

 

 

Israel

 

Festival Eurovisão 2018 Israel

 

Esqueçam as escolhas de indumentária da senhora, o mais importante é perceber se todos aqueles gatos-da-sorte estão ali por sua própria vontade. 

 

Quando os vi corri ao escritório para saber se o meu gato estava a salvo - ainda podia ter sido raptado enquanto eu estava a trabalhar e depois como é que eu o ia reconhecer entre tantos? 

 

 

Bielorrússia

 

Festival Eurovisão 2018 Bielorrússia

 

Única explicação possível para este look - o moço foi apanhar umas rosas, desequilibrou-se, rasgou a camisa toda, tentou fazer um curativo com umas ligaduras baratas que acabaram por se desenrolar, e quando deu por ela já estava na altura de subir ao palco! 

 

Se a carreira como cantor um dia enfraquecer terá sempre a possibilidade de fazer anúncios a enaltecer as pastas de carvão, porque já não via uns dentes tão brancos como os dele há muito tempo.

 

 

Estónia

 

Festival Eurovisão 2018 Estónia

 

Um visual fantástico que deixou todos sem fôlego, em grande parte pela utilização da parte inferior do vestido para a projecção de imagens.

 

Nesta imagem em concreto parece que a intérprete está a ser lançada de um vulcão que imerge das águas turbulentas de um qualquer oceano.

 

 

Bulgária

 

Festival Eurovisão 2018 Bulgária

 

Só tenho uma coisa a dizer

 

Dominatrix do Século XV

 

 

Macedónia

 

Festival Eurovisão 2018 Macedónia

 

Mau...

 

Festival Eurovisão 2018 Macedónia

 

Péssimo...

 

Festival Eurovisão 2018 Macedónia

Caso-me com aquela camisa! (e se o modelo vier agarrado à mesma não digo que não!)

 

 

Croácia

 

Festival Eurovisão 2018 Croácia

 

Aqui está o exemplo de um vestido que tinha tudo para dar certo mas que por algum motivo caiu da ribanceira abaixo e não houve salvação possível.

 

Alguém me explica o que é suposto ser aquela mancha frontal? É que parece que alguém tem um fluxo super abundante e não veio preparada com uma mão cheia de tampões.

 

E se uma pessoa tem uma figura tão esbelta é preciso agarrar numa data de fitas com que se embrulham os presentes de Natal e colar-se-lhe ao rabo...?

 

 

Áustria

 

Festival Eurovisão 2018 Áustria

 

Roupa? Qual roupa? Mas alguém está a prestar atenção à roupa do moço? Talvez a pensar em como lhe tirar a roupa, mas nada mais do que isso...

 

 

Grécia

 

Festival Eurovisão 2018 Grécia

 

Coroa para a Grécia!  

 

Ah esperem, que mãozinha cinzenta é aquela? Será que é uma versão moderna do toque de Midas? Se alguém souber o que simboliza a mão cinzenta por favor informe-me!

 

Eu até pensei que poderia ser poeira estelar, mas isso seria ser poético demais não?

 

Coroa para o vestido, tesoura para a mão!

 

 

Finlândia

 

Festival Eurovisão 2018 Finlândia

 

Para mim, a surpresa da noite.

 

Quando vi o vídeo de apresentação temi seriamente pela minha saúde visual mas a indumentária escolhida para a actuação em palco estava irrepreensível.

Era o estilo da artista, não estava desproporcional, tinha o que interessava no sítio, era suficientemente fluido para a deixar dançar, enfim, um tiro certeiro.

 

A Finlândia recebe o meu ceptro lunar da noite!  (como não há emoji melhor o ceptro lunar será representado por uma perna de frango)

 

 

Arménia

 

Festival Eurovisão 2018 Arménia

 

Metade t-shirt, metade casaco? É isto que nós precisamos aqui em Portugal, quando de manhã está um calor abrasador e ao fim do dia quase somos levados pelo vento e pela chuva.

 

Eu seria das pessoas que compraria este visual, mas quando vi que a parte do casaco era maior que a parte da t-shirt, todo o encanto se perdeu...

 

 

Suíça

 

Festival Eurovisão 2018 Suiça

 

Mais uma coroazinha  por tudo estar no local devido, e o conjunto ter uma boa harmonia em termos de estilo. Só aqueles apliques nas calças é que eram dispensáveis, e aí sim, era a perfeição em forma de roupa.

 

 

Irlanda

 

Festival Eurovisão 2018 Irlanda

 

Se consigo perdoar aquelas riscas brancas que ficam ali pavorosas e fazem horrores à silhueta de uma pessoa?

 

Consigo, mas só porque trouxe para a actuação dois dançarinos que representavam um casal gay fofíssimo! (não me venham dizer que eram só amigos que gostam de dançar que eu não acredito)

 

 

Chipre

 

Festival Eurovisão 2018 Chipre

 

Quem conseguiu a proeza de incendiar a noite foi a representante do Chipre, com a sua canção de fogo.

 

Agora vamos lá ver uma coisa, eu compreendo o fato temático, eu até consigo vibrar com ele e sentir a energia de cobra de fogo, mas aquelas mangas?! Aquelas mangas?!?!

 

Queimem-nas por amor de Afrodite!

 

 

 

Agora é esperar por quinta-feira para saber quem ganha o Ceptro Lunar  da segunda semi-final e quem é atirado para o buraco negro das más escolhas de moda!

 

 

04
Mai18

Micolet: Dando uma nova vida ao antigo


Vivemos num mundo onde cada vez mais batalhamos pela igualdade de género, por isso deixo aqui o meu descontentamento devido ao facto do género masculino ter muito menos opções para se vestir do que o género feminino.

 

Por um lado, nós homens, até podemos considerar que é uma bênção, visto que em casamentos e eventos mais formais, não precisamos de nos preocupar por aí além com o que vamos vestir, já que o fato e a gravata são as eternas escolhas seguras que nunca deixam ninguém ficar mal

 

Só que no dia-a-dia, ou um homem ousa e veste roupas mais fora do tradicional, sendo sistematicamente olhado de lado, ou tem que se manter fiel ao conservadorismo aborrecido das roupas desenhadas para o género masculino.

 

Por isso, é que volta e meia, gosto de visitar as lojas online de roupa feminina, e fazer um exercício sobre o que é que eu usaria se tivesse nascido mulher.

 

Claro que, vivendo num país livre, onde não existe apedrejamento em praça pública, poderia muito bem se quisesse comprar esses trapinhos e usá-los, mas como acho que o mundo não precisa de mais uma matrafona a consumir oxigénio fico simplesmente no campo da imaginação.

 

Entre os sites onde costumo navegar, um dos que costumo perder mais algum tempo, é no da www.micolet.pt, que me atraiu pelo facto de ter roupa de várias marcas. Só depois de duas ou três visitas ao site é que percebi a que se devia essa variedade - a Micolet é um loja de roupa em segunda mão.

 

Micolet

 

 

Quando me apercebi da particularidade desta loja torci o nariz.

 

E mal o fiz percebi que se devia aos exemplos que tinha tido em casa quando era mais novo - a minha mãe nunca tinha mostrado apreço por roupa que não fosse nova a estrear, e ainda me lembro quando fez um escândalo a nível mundial pelo facto do meu irmão ter trazido para casa uma t-shirt de uma banda que ele adorava que era proveniente de uma loja que revendia peças de roupa. No fim, a minha mãe venceu dando sumiço à pobre t-shirt, que ela considerava indigna de pernoitar na sua casa.

 

É curioso como é que a nossa infância consegue moldar a nossa forma de ver a realidade - na verdade a ideia que se possa ter de que as lojas de segunda mão tem roupa suja ou danificada é falsa, visto que há um processo criterioso sobre que peças é que se vão voltar a colocar à venda - o que não tiver qualidade suficiente para ter uma nova vida não é aceite pela loja.

 

E porque é que haveremos de gastar dezenas ou mesmo centenas de euros naquele item que tanto desejamos se o podemos obter por um preço muito mais diminuto?

 

Obviamente que se o queremos no instante em que ele é lançado, para estarmos dentro da tendência da estação, aí teremos que abrir os cordões à bolsa, mas muitas peças são intemporais por isso esperar algum tempo para que o preço baixe é uma atitude aceitável e inteligente.

 

O contrário também é válido.

 

Se temos em casas armários a abarrotar de roupas que já não usamos, ou porque não nos servem, ou porque simplesmente o nosso gosto já não corresponde àquela peça que anteriormente tanto adorávamos, fará sentido deixá-la a ser comida pelas traças em vez de podermos lucrar algo com a sua venda?

 

Sei que há pessoas que preferem deixar as coisas sem uso do que pensarem que alguém as vai usar, ainda por cima pagando um preço muito mais baixo do que aquele por o qual compraram o objecto, mas valerá mesmo a pena termos a casa entupida com coisas só para alimentarmos o nosso sentimento de posse?

 

Pessoalmente não posso criticar muito quem o faz, porque eu próprio sinto algum stress de separação, e mesmo que não use uma roupa há muito tempo, custa-me desfazer dela. Porém, tenho a noção de que o materialismo não é algo de mau, mas não devemos viver sufocados por ele. Comprar, vender, dar ou deitar fora são acções perfeitamente normais no ciclo do consumismo.

 

A única desvantagem das lojas como a Micolet é o facto de se estamos a ponderar aderir ao minimalismo estamos tramados, porque a tentação de comprar tudo e mais um par de botas (literalmente) é demasiado grande, e quando dermos por ela estamos a comprar um armário novo para colocar lá dentro todas as pechinchas que adquirimos.

 

Mas o mais importante nisto tudo, é vocês avaliarem o meu gosto relativamente a roupas de mulher. Por isso minha gente, se eu fosse gaja, estas seriam algumas das peças que eu certamente iria comprar.

 

 

Amaya Arzuaga - Vestido

Vestido Amaya Arzuaga

 

 

Tapioca - Vestido

Vestido Tapioca 

 

Hoss Intropia - Vestido

Vestido Hoss Intropia

 

Zara - Quimono

Quimono Zara

 

Buonarotti - Sapatos

Sapatos Buonarotti

 

Bimba&Lola - Gola

Gola Bimba&Lola

 

 

Bimba&Lola - Pulseira

Pulseira Bimba&Lola 

 

 

Todas as imagens foram retiradas do site da Micolet

 

 

 

26
Abr18

Men's Style: Desigual


Neste post falei que adoro de morte a Desigual, e não fosse o preço que as peças por vezes atingem, o meu roupeiro era somente composto por criações da marca.

 

Tenho alguns itens que reúnem consenso geral de tão fantásticos que são, mas outros levam algumas pessoas a torcerem o nariz.

 

Há uma camisa incrível que possuo que faz muita gente revirar os olhos, porque é assim mesmo gritante, e é daquelas coisas que ou se ama ou se odeia, e para a vestirmos temos de nos sentir verdadeiramente confortáveis na nossa pele, porque de outra forma começamos também nós a pensar que deveríamos estar com alguma intoxicação de cogumelos mágicos quando a decidimos comprar.

 

Deixo-vos alguns exemplos de peças da Desigual que eu não me importava nada que arranjassem asas e descobrissem a rota aérea que tem como destino final o meu quarto! 

 

 

Desigual Camisa

 

Desigual T-shirt

Desigual Camisa

Desigual Casaco

 

 

Desigual Casaco

Desigual Blazer

 

 

Desigual Malha

 

Desigual Calções

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D