Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Triptofano

O teu aminoácido essencial!

Paisagens de 2017

01.12.17, Triptofano!
A Equipa do Sapo pediu e eu aceitei o desafio. Quer dizer, mais ou menos.   O objectivo era escolhermos a paisagem mais deslumbrante que tivéssemos fotografado em 2017. Só que eu não consegui escolher só uma.   E na realidade as fotos foram tiradas pelo cara metade, que me está sempre a dizer que eu faço enquadramentos péssimos e ele é que sabe trabalhar com a máquina, muito embora ele ter feito um curso online de fotografia não o torne no supra sumo da arte em questão, mas (...)

A Cozinha Leve Leve

25.09.17, Triptofano!
Olá!  A convite do Exmo. Triptofano, sou eu – o cara-metade – quem vai fazer o post de hoje a propósito da nossa (rica) visita, como já sabem, a São Tomé e Príncipe. Da viagem, dá-vos ele conta: dos hóteis, das praias, das gentes, enfim… Uma experiência única da qual, ele, não vos deixará faltar prosa!   Já eu, num registo mais guloso, ah, Eu… Falemos de matabalas, pau-pimenta, temperos, muzongué, calúlú, fruta-pão, esparregado de lússúa, molho de fogo, bananas (...)

O Regresso

23.09.17, Triptofano!
Voltei voltei Voltei de lá Ainda ontem estava em São Tomé E agora já estou cá     Pois é pessoal a minha boa vida em frente da piscina e a enfardar tudo o que era humanamente possível no buffet do hotel acabou. Já estou de regresso a Lisboa e felizmente que a temperatura ambiente até está agradável porque se tivesse que vestir já um camisolão acho que desenvolvia uma depressão pós férias. A única coisa que me vai fazer mais confusão a habituar nos primeiros dias é (...)

Ni Hao

22.09.17, Triptofano!
Suspeitamos que algo de estranho se passa quando ao passear pelas ruas de São Tomé um grupo de jovens nos sorri e cumprimenta-nos com um poderoso Ni Hao.   Olhamos novamente para o grupo e tentamos descobrir o elemento oriental do mesmo. Sem sucesso, nenhum dos jovens sorridentes é (à primeira vista) oriental.   Temos a certeza que algo de estranho se passa quando descobrimos na parede do restaurante local um anúncio a cursos de língua mandarim.   Quando chegamos ao hotel e (...)

Doce Doce Doce

20.09.17, Triptofano!
Quando dei a conhecer a minha decisão de última hora de viajar para S.Tomé e Príncipe várias pessoas disseram-me que tinha de levar doces para as crianças locais, era algo quase obrigatório de fazer porque o brilho nos olhos dos petizes era impagável.   Porém avisaram-me também para estar preparado para uma multidão em ponto pequeno a gritar Doce Doce Doce mal me vissem, com as mãos estendidas e os dentes batendo furiosamente na ânsia de mascarem uma pastilha Gorila. Fiquei (...)