Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Triptofano

O teu aminoácido essencial!

Socorro! O meu filho está com diarreia!

22.05.20, Triptofano!

No balcão da farmácia é muito normal pais com filhos pequenos virem pedir ajuda quando as suas crias estão com diarreia (e por vezes mostrarem fotos da mesma para minha gigantesca alegria...), por isso decidi fazer um pequeno apanhado dos conselhos que costumo dar e que espero que possam ser de utilidade!

Socorro! O meu filho está com diarreia!

Primeiro que tudo perceber que a presença de fezes moles não significa necessariamente que haja diarreia - é preciso que além das fezes serem menos consistentes também haja um aumento súbito da frequência das mesmas. Por vezes a diarreia pode ser acompanhada de vómitos, de dores abdominais e /ou febre!

As causas da diarreia podem ser várias, sendo que frequentemente o culpado são as infecções virais do aparelho digestivo - as malvadas gastroenterites que muitas vezes são apanhados nos infantários e depois transmitidas por toda a família. Também infecções causadas por bactérias ou parasitas podem desencadear um quadro de diarreia aguda.

Porém outras situações podem levar ao aparecimento de diarreia, como uma alergia ou intoxicação alimentar (sobretudo nas épocas de calor), uma reacção secundária a um antibiótico ou a outro medicamento, estar associada ao romper dos dentes ou, uma manifestação do organismo devido a um excesso de sumos de fruta ingeridos pela criança.

Normalmente a diarreia cura-se de forma espontânea em alguns dias sem ser necessário recorrer a medicamentos, porém existem alguns produtos que eu gosto de aconselhar de forma a acelerar o processo de recuperação e a aumentar o bem-estar da criança.

Socorro! O meu filho está com diarreia!

O Atyflor é um suplemento alimentar que contém uma mistura solúvel de 7 estirpes de probióticos e fructooligossacarídeos, incluindo a estirpe específica das crianças denominada Bifidobacterium infantis, que habitam, de forma natural, no aparelho digestivo.

O Atyflor ajuda a restabelecer a microflora intestinal, em situações de desequilíbrio tais como: diarreia, obstipação e síndrome de cólon irritável, podendo ser tomado em todas as etapas, desde a lactação à idade adulta.

 

lenodiar_pack_pediatric.png

O Lenodiar Pediatric é indicado para o tratamento da diarreia de diferentes origens sendo que actua graças ao Actitan, um complexo molecular vegetal que contraria a inflamação da mucosa intestinal através de uma acção protectora, obtida através da formação de uma película com efeito barreira que limita o contacto com microorganismos e agentes irritantes, e devido à acção antioxidante que contraria a irritação da mucosa. 

O Lenodiar Pedriatric é indicado a partir de 1 ano de idade.

Trip, qual é o maior perigo no caso do meu filho ter diarreia?

O maior perigo é o risco de desidratação, já que uma criança com diarreia pode perder rapidamente quantidades significativas de água e de sais minerais. Uma criança mais pequena ou que esteja mais desnutrida tem um risco maior de sofrer desidratação grave. E a desidratação não é uma brincadeira, sendo que pode levar a convulsões, falência de órgãos e em casos extremos à morte.

Existem alguns sinais que os pais devem estar alerta para perceberem se estão perante um caso de desidratação, tais como olhos fundos ou encovados, boca com pouca saliva, pele seca, choro fraco e sem lágrimas, sede intensa ou pouca urina.

E o que é que posso fazer para evitar que o meu filho fique desidratado?

Se estão a sair muitos líquidos então precisamos de fazer uma compensação de água e sais minerais para evitar a desidratação. Consoante a idade e o tipo de alimentação da criança existem procedimentos diferentes!

Uma criança que esteja em aleitamento materno deve:

  • Manter a amamentação
  • Suspender os alimentos sólidos durante 4 horas
  • Ingerir pequenas quantidades de uma solução de rehidratação oral após cada evacuação (cerca de 30 ml)
  • Reiniciar lentamente a alimentação habitual após as 4 horas

Uma criança que esteja em aleitamento artificial deve:

  • Fazer uma pausa alimentar, suspendendo o leite em pó e os alimentos sólidos durante 4 horas
  • Ingerir pequenas quantidades de uma solução de rehidratação oral após cada evacuação (cerca de 30 ml)
  • Após a pausa alimentar, iniciar novamente o leite em pó, mas dilui-lo, preparando-o com 4 vezes mais água do que o habitual.
  • Ir aumentando gradualmente a concentração do leite se a criança tolerar e retomar lentamente a dieta normal

Uma criança que esteja a fazer já uma alimentação diversificada deve:

  • Optar por uma papa ou sopa de arroz, cenoura, batata, carne magra, maçã ralada e banana bem madura.
  • Evitar sumos de fruta, leguminosas (como o feijão, ervilhas ou grão) e legumes verdes (como o espinafre e a alface).
  • Ingerir pequenas quantidades de uma solução de rehidratação oral após cada evacuação (cerca de 30 ml)

Socorro! O meu filho está com diarreia!

Que solução de rehidratação oral devo comprar Trip?

Existem muitas opções nas farmácias, como por exemplo o Redrate, o Dioralyte ou o Electrolit, mas o meu favorito é um dois em um,  o Bi-Oral Suero, que contribui para rehidratar e restabelecer a flora intestinal.

Socorro! O meu filho está com diarreia!

O Bi-Oral Suero fornece uma combinação única de líquidos e sais minerais com um probiótico potente, o Lactobacillus reuteri Protectis, que em conjunto promovem uma rápida normalização da saúde intestinal, apresentando-se com a opção de sabores diferentes (frutas, morango, laranja e neutro).

Agora atenção gente do meu coração, o probiótico deste produto está na palhinha e não dentro do sumo, por isso é muito importante que o líquido passe pela palhinha para arrastar o Lactobacillus. Se a criança conseguir chupar pela palhinha fantástico, caso contrário, vocês passam o sumo através da palhinha para outro recipiente e daí oferecem à criança!

Agora caso queiram, podem fazer soros de rehidratação caseiros, como a água de arroz com sal ou o caldo de cenoura (mas aviso-vos que mesmo estando na casa dos trinta ainda me lembro da água de arroz que a minha mãe me dava e era simplesmente péssima...)!

Água de arroz com sal

1 litro de água - 2 colheres de sopa de arroz - 1/2 colher de chá de sal de cozinha - demolhar durante 1 hora - ferver durante 1 hora, coar e perfazer o volume inicial com água fervida.

Caldo de cenoura

1 litro de água - 500 g de cenoura fresca - 1/2 colher de chá de sal de cozinha - ferver durante 1 hora, esmagar a cenoura e juntar água fervida até perfazer o volume inicial.

Socorro! O meu filho está com diarreia!

Em termos de prevenir que o vosso filhote fique com diarreia, já sabem que devem lavar bem as mãos antes de mexer nos objectos das crianças (em especial os utensílios que utilizam para alimentar a criança), bem como os legumes e as frutas. As carnes devem ser sempre bem cozinhadas e tudo o que não vos parecer fresco ou que estejam naquela do dou não dou, é preferível não darem, porque o intestino da criança é muito mais sensível. Não se esqueçam que caso a criança ainda utilizar o biberão este deve ser sempre esterilizado antes de cada utilização.

Agora nem sempre é possível resolver um caso de diarreia sem tem que se recorrer ao médico, por isso deve-se procurar aconselhamento médico se: a diarreia for muito intensa (fezes líquidas mais de uma vez por hora), se a diarreia estiver acompanhada por sangue ou existir febre alta, se não houver melhoria da diarreia após três dias, se a criança estiver com um mau estar geral e sinais de desidratação, se a diarreia piorar após a introdução do leite ou se a criança vomitar ou recusar líquidos.

 

Parte da informação deste post foi retirada do folheto "Criança com diarreia...O que devo saber?" elaborada pela Dra.Carla Santos da Unidade de Saúde Familiar de Valongo

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.