Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Triptofano

Como ser 20% mais feliz?

25
Out18

Sequestraram o meu dinheiro!


É verdade, não sei onde é que estão os meus cinquenta e poucos euros, se estão a ser bem tratados, se lhes estão a dar de comer, a única coisa que sei é que eu sinto a falta deles e eles sentem a minha falta.

 

Mas comecemos a história do início.

 

Na semana passada inscrevi-me num workshop que iria decorrer no domingo.

 

Tudo muito bem, fiz a transferência bancária de cinquenta e poucos euros, mandei o comprovativo para a entidade responsável pela realização do workshop e  não pensei mais no assunto.

 

Quando chegou o domingo, logo de manhã, recebi um e-mail a pedir muitas desculpas porque o workshop ia ser cancelado visto que o formador tinha ficado indisponível.

 

Chato eu sei mas acontece aos melhores, por isso encolhi os ombros e pensei para os meus botões que haveriam de existir outras oportunidades.

 

Na realidade até fiquei bem impressionado porque como não respondi ao e-mail uma hora depois recebo um segundo a perguntar se tinha visto o primeiro e-mail e a pedir novamente desculpas e a dizer que iriam-me reembolsar o valor do workshop!

O meu espírito rejubilou, afinal havia pessoas preocupadas e justas neste país!

 

Foi com esta sensação de paz interior e esperança na humanidade que deixei de me preocupar com o assunto.

 

Ontem recebo um e-mail da entidade responsável pela realização do workshop a pedir-me o meu nib para poder fazer o reembolso do valor.

 

Honestamente pensei que eles o tivessem e que eu não o precisasse de fornecer, mas pronto, sem problema algum.

 

O que me deixou chocado foi que no meio do e-mail vinha esta pérola:

 

A devolução será feita no decorrer da próxima semana,

 

 

Quando eu li isto fiquei azul, cinzento, verde às bolinhas roxas.

 

Eu na boa fé que estava a lidar com pessoas honestas e depois leio que o meu dinheiro vai ser devolvido na próxima semana?

 

Mas com que razão?

 

Desde quando é que uma empresa tem o direito de se financiar com o meu dinheiro e ainda ter o descaramento de o dizer na minha cara?

 

Conclusão, não se pode confiar em ninguém neste país, porque quando achamos que estamos a lidar com pessoas com valores, pimba, passam-nos a perna.

 

Meu querido dinheiro sequestrado, não te preocupes, se até ao final da semana não estiveres seguro na minha conta bancária eu próprio, com as minhas perninhas, vou ter com quem te tem cativo e fazer o que for necessário para te trazer para casa são e salvo!

71 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D