Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Triptofano

Como ser 20% mais feliz?

10
Set18

O meu regresso à piscina...


Fazia mais de um mês que não colocava os pés na piscina, não por falta de vontade mas porque no mês de Agosto o Universo pára e a primeira semana de Setembro passei-a em férias fora do país.

 

Não vou dizer que não me souberam bem estas férias da natação!

 

Acordar e poder ficar mais tempo na ronha ou voltar a casa do trabalho e aterrar no sofá foram hábitos que tinha abandonado com a ida quase diária à piscina e confesso que sentia alguma nostalgia ao pensar neles.

 

Por outro lado senti ainda mais falta de estar dentro de água, de suster a respiração, de queimar calorias, de resmungar entredentes contra os nadadores de domingo, de volta e meia estar em pânico a pensar que tinha perdido os calções ao mergulhar de forma mais entusiástica.

 

Nadar ajuda-me mentalmente a estar mais focado, mais concentrado, mais em equilíbrio comigo mesmo. Quando nado não tenho tantas flutuações de humor e consigo relativizar mais facilmente os problemas.

 

Além de que o meu físico também agradece.

Este mês que parei notei logo na ciática que me passou a doer mais e no perímetro abdominal que começou logo a querer aumentar.

 

Hoje foi o meu regresso à piscina.

 

Estava entusiasmado, com vontade de fundir as moléculas da minha epiderme com as da água com cloro.

 

Preparei o meu saco com um sorriso no rosto, como se fosse uma criança e este fosse o meu primeiro dia de escola.

 

O que levar para a natação

 

Obviamente que metade das coisas que coloquei dentro do saco não eram para a prática da natação mas sim para o pós-exercício.

 

Digam o que disserem é tão importante uma pessoa sentir-se bem enquanto queima calorias como depois de o fazer, ao lavar-se com um bom gel de banho ou a besuntar-se toda com aquele creme cheiroso que lhe custou um décimo do ordenado mas que vale tanto a pena e uma pessoa merece e só se vive uma vez!!!

 

O problema foi que quando cheguei à piscina o recinto estava estranhamente calmo.

 

Fui espreitar à janela que dá acesso à piscina para ver quantas pessoas por lá andavam e percebi o porquê do silêncio.

 

A piscina estava seca.

 

Primeiramente pensei que alguém tinha feito uma conspurcação em tão grande escala que tinha sido necessário retirar toda a água.

 

Depois disseram-me que afinal tinham sido obras que haviam-se iniciado no principio de Agosto e que infelizmente estavam a demorar mais do que o suposto.

 

Conclusão, piscina só a partir de dia 15. E eu que estava tão entusiasmado....

29 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D