Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Triptofano

O teu aminoácido essencial!

O dia que eu mais temia aconteceu!

28.05.19, Triptofano!

Há quase 5 anos que vivo em Benfica na mesma casa, e eu sabia que mais cedo ou mais tarde aquilo que eu mais temia na vida iria acontecer.

E ontem o meu maior medo realizou-se!

Estava eu sentado na sanita, muito bem refastelado, a responder emocionadamente a um comentário à Maria Araújo sobre a abstenção nas Eleições Europeias, quando pelo canto do olho vejo uma coisa escura a passar ao lado do meu pé esquerdo.

Primeiro pensei que fosse mais um daqueles bichinhos de prata que parecem multiplicar-se na minha casa de banho e que adoram comer a cola dos meus autocolantes decorativos de parede.

Mas não demorei nem um segundo a perceber que aquele bicho era demasiado escuro e grande demais para ser um bichinho da prata!

ERA UMA BARATA!

Sabem quando passamos muito tempo sentados na sanita e ficamos com as pernas dormentes e elas não querem responder?

Ah pois minha gente, não foi o caso. Eu saltei tão rapidamente com o computador na mão que nem quis saber de dormência ou menos dormência!

Eu odeio baratas. Eu tenho pânico de baratas. Eu começo a hiperventilar só de pensar em baratas (e até me estou a sentir um bocadinho mal só de estar a escrever sobre isto!)

Obviamente que eu não ia deixar o bicho livre na casa-de-banho, por isso fiz a única coisa plausível de ser feita!

Fui acordar o Cara-Metade!

Amor acorda, preciso de ajuda tua!

Nada, a roncar feito uma pedra.

Amor (num decibel mais alto) acorda, preciso mesmo de ajuda tua fofinho!

Continua sem dar resposta!

Ó ca*alho filho da p*ta tás a gozar comigo? (enquanto lhe dou cacetadas) Acorda já que vai-me dar um chilique!

Finalmente o Cara-Metade acorda totalmente estremunhado, o que me fez perceber que se houver um ataque Zombie surpresa a meio da noite é melhor deixá-lo entregue à sua sorte porque o homem não tem a estaleca suficiente para se safar!

O que é que foi?

Ajuda-me, está uma barata na casa-de-banho!!!!!

Está o quê na casa-de-banho?

Uma barata!!!!

Uma quê?

Uma barataaaaaaaa!!!!!! (neste momento eu já considerava ir tocar à porta do vizinho do lado a ver se ele era-me mais útil)

O que é uma barata??

E pronto, é com esta pessoa que eu me casei! Alguém que demora demasiado tempo a acordar e a colocar o cérebro em funcionamento!

Depois de mais uns intermináveis segundos o Cara-Metade lá se lembrou do que raio era uma barata e foi munido de pá e vassoura para a casa-de-banho mas ainda meio a dormir, porque no primeiro minuto andou a dar vassouradas no ar, provavelmente numa luta contra os pólens invisíveis que lhe entopem o nariz todas as noites.

Já encontrei o bicho...ele está a tentar fugir!!

Mata-o por amor de Deus homem!!!! (uma pessoa em momentos de desespero recupera sempre a sua fé no divino!!!)

Já está! Mas olha que isto não é uma barata, é um grilo!

OH CARAÇAS, EU SOU UMA PESSOA LICENCIADA, EU SEI O QUE É UMA BARATA!!!

Como o Cara-Metade teimava que não era uma barata e sim um grilo fui buscar toda a coragem macha que está adormecida dentro de mim e fui espreitar.

Obviamente que não era um grilo, mas também não era uma barata. Era uma espécie não identificada, com um ar assustador, que não me deixou nem um bocadinho mais tranquilo.

E agora não consigo ir à casa-de-banho descansado!

Quero colocar os meus cremes e tenho de os levar todos para o escritório porque estou em pânico que apareça outro daqueles bichos do demónio!

Pessoal ajudem-me!!! Que marca de insecticida é que vocês recomendam que eu use para deixar estes bichos longe de mim???

Não me importam que possam causar alguma espécie de cancro, eu não quero é nunca mais estar sentadinho na sanita e quase ter uma paragem cardíaca! 

38 comentários

Comentar post