Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Triptofano

Como ser 20% mais feliz?

31
Out18

O dia em que ia ficando sem telemóvel


Todos os dias quando acordo, a primeira coisa que faço é ir sentar-me ao computador para despertar o meu cérebro na totalidade.

 

Entre os sites que consulto obviamente que dou sempre uma espreitadela ao Sapo Blogs, para ver quem está em destaque, se tenho comentários novos, se houve alguém que fez uma hiperligação para o meu blog dizendo raios e coriscos acerca da minha pessoa e para analisar a página das estatísticas.

 

Qual a minha surpresa quando ao abrir a página pessoal sou invadido por uma pequena multidão de morcegos esvoaçantes, cortesia da equipa de forma a celebrar o dia de Halloween.

 

Após dois minutos de reflexão acerca do regime alimentar dos morcegos, que sinceramente espero que seja baseado em frutas e não em sangue humano, fui fazer a minha higiene e preparar-me para ir à natação.

 

Na piscina nada de novo, pratiquei a minha dupla ultrapassagem aos caracóis do costume, mostrei todo o esplendor do meu peito peludo enquanto nadava mariposa e por pouco não fiquei sem piercing do mamilo já que uma das senhoras da hidroginástica num movimento de ombro mais amplo conseguiu passar o braço para a minha pista e roçar as suas unhacas no pedaço de metal que tenho espetado no corpo!

 

O problema foi quando acabei a minha aula.

 

Tomei banho, vesti-me e fui para a paragem do autocarro porque como estava a chover não me apetecia ir a pé.

 

Enquanto o autocarro não vinha decidi pegar no telemóvel e dar um passeio na Internet, e claro que voltei ir à página do Sapo Blogs.

 

Quando carrego no botão para entrar na minha página pessoal vejo uma coisa preta debaixo do meu dedo.

 

Eu, como macho latino descendente directo do Homem das Cavernas, dei um grito estridente acompanhado por um espasmo corporal e um afastamento imediato da minha mão da coisa preta não identificada.

 

Na minha cabeça só pensei que era uma barata, uma barata tinha conseguido entrar para dentro do meu telemóvel e agora ia-me comer o dedo e eu ficar amputado de dedo e como é que seria a minha vida dali para a frente!?!!!?!!!

 

Obviamente que eram o raio dos morcegos dos quais eu já nem sequer me lembrava.

 

Mas neste nano-segundo entre eu pensar que era uma barata, afastar a mão e perceber que não era barata nenhuma, o meu telemóvel encontrava-se suspenso no ar com a força da gravidade a impulsioná-lo em direcção ao chão.

 

Pior, mesmo à minha frente estava uma poça de água daquelas que os carros adoram passar por cima e molhar tudo e todos.

 

Ou seja, telemóvel partido no chão e com sorte ainda rebolaria para dentro de água para definitivamente morrer afogado.

 

Não sei como é que tive uma reacção tão rápida.

 

Juro-vos que fiz um movimento digno de Campeonato Mundial de Futebol. Lancei o meu joelho para a frente, dei uma pancada no telemóvel e depois com uma precisão milimétrica apanhei-o no ressalto.

 

Foi um momento tão stressante que consegui ouvir quando as outras pessoas que estavam comigo na paragem de autocarro deixaram de suster a respiração, apesar de ter quase a certeza que uma lançou uma interjeição de aborrecimento porque queria ter visto a minha cara quando tivesse ficado sem telemóvel.

 

Por isso gente fofinha do Sapo Blogs, eu adoro estas vossas surpresas, mas e que tal fazerem assim uma janela pop-up a avisar?

 

Só para as pessoas fracas de coração como eu não irem para o hospital com uma arritmia telefónica!

27 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D