Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Triptofano

O teu aminoácido essencial!

Na Cabeça do Cara-Metade: Head and Shoulders Suave & Sedoso

31.07.20, Triptofano!

O Cara-Metade é dos homens mais prendados que conheço. Sabe cozinhar espectacularmente bem, consegue fazer reparações em casa e até possui uma auto-denominada mala de macho cheia de parafusos e chaves de fendas e coisas que nunca percebi para que é que serviam, mexe-se muito bem no meio burocrático e financeiro e é a melhor pessoa para atender telefonemas privados e exigir que retirem o número da base de dados para todo o sempre.

A mim calha-me a parte dos medicamentos, dos suplementos vitamínicos, e de todos os produtos de higiene e beleza. Posso não conseguir trocar em condições uma lâmpada ou quase deitar fogo à cozinha a tentar fazer uma omelete mas se alguém está com tosse ou com o rabo flácido, então me chamem que eu vou!

Por isso é que quando conheci o Cara-Metade e descobri que ele usava o champô da Head and Shoulders quase que me deu um piripaque nervoso. Nada contra a marca (que só passados muitos anos é que percebi que significava Cabeça e Ombros, só para perceberem o quão aluado posso ser) mas homem meu só coloca na cabeça algo que tenha vindo da farmácia.

Comprei-lhe champôs com probióticos, com prebióticos, outros que cheiravam a antibiótico, com alcatrão, com carvão, com selénio, com vitaminas, mais grossos, mais líquidos, em frasco de metal, em bisnaga...eu sei lá quanto champô é que esta casa viu nos últimos seis anos.

Para no fim ele dizer sempre que só o Head and Shoulders é que lhe controla a caspa. Que só o Head and Shoulders é que é bom. Que o Head and Shoulders é barato e vai ser amor para a vida toda. Que o Head and Shoulders lhe controla a comichão e os outros não.

Para piorar só me deixa experimentar o raio do champô com supervisão. Sim, leram bem, só o posso usar para lavar a cabeça se ele estiver a controlar, porque aparentemente eu gasto muito champô sem necessidade. Claro que ele faz isso apenas e somente para me irritar, mas não deixa de conseguir.

Já perdi a conta das variedades de H&S que o homem comprou. De maçã, de limão, de menta fresca, até com cheiro a oceano, para uma pessoa pensar que está de férias paradisíacas e não enfiada num cubículo no meio de Lisboa.

Agora está a usar o Suave & Sedoso e obviamente que o adora. Adora-o porque deixa o cabelo suave ao toque e fácil de pentear. Adora-o porque o pH é equilibrado com antioxidantes. Adora-o porque na composição possui piroctona olamina e toda a gente sabe que é um activo fantástico para controlar a caspa (como se não tivesse sido eu a dizer-lhe isso). Adora-o porque a embalagem é fabricada com 25% de plástico reciclado e temos de cuidar do ambiente (embalagem excluindo a tampa, tampa do demo diga-se de passagem que parte-se logo se o champô cai ao chão).

Head and Shoulders Suave & Sedoso

O bem cheiroso champô da discórdia com o fundo do Modernist Cuisine

Juro-vos que só me vai passar esta implicação quando o raio da marca começar a ser vendida em Farmácia. Aí prometo que vou deixar de ficar aziado sempre que encontrar uma embalagem nova ao pé do chuveiro.

3 comentários

Comentar post