Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Triptofano

O teu aminoácido essencial!

Muito Bey : Um Brunch Libanês em Lisboa

01.11.20, Triptofano!

Muito Bey em 10 segundos: Descubra um Brunch com os verdadeiros sabores do Líbano, onde a palavra de ordem é partilhar. Delicie-se com o Lahme baajeen, surpreenda-se com o Muhamara e termine decadentemente com a Kunafa. Tudo isto acompanhado por um belo Bloody Mary!

Muito Bey : Um Brunch Libanês em Lisboa

BEY é o acrónimo do aeroporto de Beirute, a maior cidade e capital do Líbano, sendo que é impossível não fazer o trocadilho mental entre a expressão portuguesa Muito Bem e o nome do restaurante situado na Rua da Moeda, no Cais do Sodré.

E na verdade se nos perguntarem como é que está tudo no Muito Bey a resposta inevitavelmente vai ser Muito Bem, tal é a qualidade das iguarias que nos colocam à frente. Comida libanesa com um twist moderno é servida como uma apresentação irrepreensível e com um amplo espectro de sabores em muito conseguido pela utilização de produtos locais. Porque sejamos honestos, por melhor que seja a receita e o cozinheiro que a elabora, se faltar alma ao ingrediente o resultado final vai ser um amorfo molecular.

Comer libanês pode ser resumido numa palavra: partilhar! É pedir vários petiscos - uma tradição tão bem conhecida dos Portugueses - e comer um bocadinho daqui e um bocadinho dali, envolvendo as nossas papilas gustativas com tantas opções e os nossos olhos com uma mesa tão cheia que quase ficamos constrangidos por termos pedido metade do menu.

Muito Bey : Um Brunch Libanês em Lisboa

E é esta vontade de partilhar - e de comer até rebolar porta fora como uma baleia a tentar não ficar encalhada na maré baixa - que o brunch do Muito Bey quer difundir, com uma selecção de Mezze, que basicamente são pequenos pratos servidos como aperitivos, mas que pelo facto de serem muitos acabam por fazer uma refeição completa.

Ora vejam lá o que aqui o vosso lambão preferido pediu e digam-me se também não ficavam cheios até às orelhas!

Tudo começa com uma selecção de pickles e com azeitonas marinadas. Rapidamente aparecem na mesa os "flatbreads" caseiros, deliciosos, que servem para acompanhar tudo e mais alguma coisa, e que vão ser os vossos melhores amigos durante a refeição. Ignorem aquelas dicas que dizem que nos restaurantes não se deve comer pão para não encher: aqui o objectivo é mesmo encherem-se de pão.

Muito Bey : Um Brunch Libanês em Lisboa

O Muhamara enrolado na beringela, com azeite e salsa, foi o melhor Mezze frio, sendo que tive de lutar com o Cara-Metade para conseguir provar um bocado, tal foi a rapidez com que ele devorou este pedaço de céu.

Muito Bey : Um Brunch Libanês em Lisboa

Mas se o Muhamara foi o melhor não significa que o tomate com sumac, molho de alho, sal e azeite, ou o Labneh, um iogurte cremoso com Pico de Gallo, azeite, hortelã seca e flocos de chilli, ou mesmo o Hummus com tártaro de abacate, limão e grão de bico frito tivessem ficado muito atrás na corrida. Uma das grandes forças do Muito Bey é que não há pratos avassaladoramente melhores que outros, tornando qualquer escolha uma escolha segura.

Muito Bey : Um Brunch Libanês em Lisboa

20201101_184052.jpg

Muito Bey : Um Brunch Libanês em Lisboa

Nos Mezze quentes o Falafel crocante, gigantesco, que uma pessoa tem de deslocar o maxilar para o enfiar todo na boca ganhou a minha atenção, mas o meu estômago preferiu uma referência já bem conhecida, um pica-pau feito com cubos de carne refogados com cogumelos, cebola e tomate cereja.

Muito Bey : Um Brunch Libanês em Lisboa

Muito Bey : Um Brunch Libanês em Lisboa

Quando vi no menu os ovos mexidos com requeijão torci o nariz, porque apesar de adorar experimentar coisas novas por vezes não sou o maior fã de combinações assim muito improváveis. Claro que com esta idade já devia ter aprendido a não duvidar e a ser mente aberta, porque ovos mexidos vão muito bem com requeijão.

20201101_182646.jpg

O ponto alto do Brunch Libanês do Muito Bey foi uma criação de padaria que responde pelo nome de Lahme baajeen, que são umas pizzas de carne do Médio Oriente de comer e chorar por mais. Vocês esqueçam tudo o que sabem acerca de pizza, porque esta carne temperada no pão assado e melaço de romã merece ser feita em tamanho XXXL e distribuída por esta Lisboa fora (se por acaso utilizarem esta ideia cobro 0.0001% de royalties pela ideia ok?).

Muito Bey : Um Brunch Libanês em Lisboa

Nesta altura do campeonato já estava assim um bocadinho satisfeito, porque cheio é coisa que raramente fico, e enquanto acabava o meu picante Bloody Mary pensava para os meus botões o que é que ia querer de sobremesa.

Muito Bey : Um Brunch Libanês em Lisboa

 

Pedi uma das coisas mais decadentes que já tive o gosto de provar na vida. Uma coisa tão cheia de gordura e de açúcar que me faz apetecer apanhar uma bebedeira só para o poder comer quando estiver de ressaca. Algo que me deve fazer perder 3 anos de vida a cada dentada mas que é somente imperdível.

A Kunafa é uma torta de queijo doce em crosta de sêmola, xarope de mel e pistácio, e meus caros, eu esta Kunafa comia todos os dias!!!

Muito Bey : Um Brunch Libanês em Lisboa

Infelizmente não sabemos como é que vão ser os próximos tempos, se vamos ter de ficar todos em casa ou se a restauração vai conseguir sobreviver a mais uma machadada no negócio, por isso aproveitem e corram em segurança ao Muito Bey para se deliciarem com o Brunch Libanês deles. Garanto que não se vão arrepender.

Muito Bey : Um Brunch Libanês em Lisboa

 

 

Muito BEY Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

3 comentários

Comentar post