Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Triptofano

O teu aminoácido essencial!

Kolokithotiropita

16.01.22, Triptofano!

Tentem dizer Kolokithotiropita muito rápido! Foi por causa de palavras como estas que voltei dos meus 3 meses de vida na Grécia sem saber falar praticamente nada. Mas em compensação com um fascínio pela comida grega que dura até aos dias de hoje, passados mais de dez anos.

Há muitos bons cozinheiros em Portugal e o melhor de todos eles vive comigo, o meu Cara-Metade, um homem humilde mas muito talentoso, que nunca diz que não a um belo desafio. Ao folhear o Greece - The Cookbook da Phaidon, um dos muitos livros de cozinha que o Cara-Metade tem a encher-me a estante do escritório, deparei-me com uma receita que me chamou a atenção, uma Kolokithotiropita, que trocado por miúdos é uma torta doce de abóbora que também leva arroz. O sabor é desafiante, por isso se são pessoas que não gostam de arriscar esta receita não é para vocês. Se vivem sempre à procura de novas aventuras culinários então atirem-se de cabeça.

Como não só de torta de abóbora e arroz vive um homem aproveitei que estava com as mãos na massa, neste caso no livro, e apaixonei-me por umas almôndegas com iogurte, que são uma aposta mais segura para surpreender num jantar com amigos (desde que eles gostem de cebola fica já o aviso).

Seguem as receitas (com algumas adaptações) e as fotos dos passos intermédios e do resultado final. Se tiverem alguma dúvida deixem nos comentários que peço ao Cara-Metade para vir aqui esclarecer!

 Torta de Abóbora de Sterea Ellada | Kolokithotiropita strifti

Torta de Abóbora de Sterea Ellada | Kolokithotiropita strifti

Tempo de Preparação: 12h30 (inclui o tempo de escorrimento da abóbora)

Tempo de Confecção: 1h

Rendimento: 1 torta média

Torta de Abóbora de Sterea Ellada | Kolokithotiropita strifti

Ingredientes:

  • 750 g de abóbora, descascada e cortada em pequenos pedaços
  • 10 g de sal
  • 110 g de açúcar branco cristalizado
  • 40 g de arroz carolino pré-cozido
  • 1/2 cebola (pequena), ralada e escaldada
  • 5 g de canela em pó, mais q.b para polvilhar
  • 75 ml de azeite ou manteiga clarificada ou uma mistura de ambos
  • 250 g de massa filo (4 a 6 folhas)
  • Açúcar em pó, para polvilhar

Torta de Abóbora de Sterea Ellada | Kolokithotiropita strifti

Método de Preparação:

  • Ralar a abóbora e polvilhar com sal, deixando escorrer num coador durante a noite. No dia seguinte espremer o restante líquido e esmagar, numa tigela, a abóbora com a ajuda dum garfo.
  • Adicionar o açúcar cristalizado, o arroz pré-cozinhado, a cebola, a canela e 2 colheres de sopa do azeite/manteiga derretida/mistura de ambos.
  • Pré-aquecer o forno a 180ºC.
  • Untar uma forma redonda de cerca de 20cm de diâmetro com azeite/manteiga derretida/mistura de ambos.
  • Pincelar metade de cada folha de massa filo com azeite/manteiga derretida/mistura de ambos, fechando a outra metade sobre esta, e pincelando de novo.
  • Espalhar 3 a 4 colheres de recheio na borda mais larga das folhas pinceladas, e enrolar em forma de cilindro.
  • Dispor estes rolos em forma de espiral do centro da forma para fora.
  • Pincelar com azeite/manteiga derretida/mistura de ambos e cozer por uma hora ou até dourar.
  • Polvilhar com uma mistura de açúcar em pó e canela.
  • Servir quente ou fria.

Torta de Abóbora de Sterea Ellada | Kolokithotiropita strifti

 

 

Almôndegas com iogurte de Thrace | Papouda thrakiotiki me keftedes

Almôndegas com iogurte de Thrace | Papouda thrakiotiki me keftedes

Tempo de Preparação: 30m

Tempo de Confecção: 1h

Rendimento: 18 almôndegas

Almôndegas com iogurte de Thrace | Papouda thrakiotiki me keftedes

Ingredientes:

Para as Almôndegas

  • 60 g de azeite, mais q.b. para pincelar
  • 1 kg de cebolas cortadas em meias luas + 1 cebola pequena picada
  • 2 fatias de pão "de ontem"
  • 60 ml de vinho tinto
  • 500 g de carne de vaca picada
  • 1 ramo de salsa fresca picada
  • 30 ml de vinagre de vinho tinto
  • 1 ovo ligeiramente batido
  • Sal e pimenta
  • 50 g de manteiga em sal cortada em pequenos pedaços

Para o Molho

  • 2 gemas de ovo
  • 250 ml de iogurte grego cremoso natural
  • 30 ml de vinagre de vinho tinto

Almôndegas com iogurte de Thrace | Papouda thrakiotiki me keftedes

Método de Preparação:

  • Pré-aquecer o forno a 180ºC.
  • Untar uma travessa de ir ao forno com azeite.
  • Ferver com água com sal e adicionar as cebolas cortadas em meia lua, cozinhando-as por 10 minutos.
  • Desfazer o pão em pequenos pedaços, dispondo-o numa tigela com o vinho. Deixar embeber durante 5 minutos.
  • Escorrer as cebolas e reservar.
  • Espremer o pão e juntar-lhe a carne, a salsa, a cebola pequena picada, o azeite, o vinagre e o ovo. Temperar com sal e pimenta a amassar até se obter uma pasta homogénea.
  • Moldar a mistura na forma de almôndegas.
  • Dispor as cebolas reservadas na base da travessa previamente untada, colocando as almôndegas por cima.
  • Em cada almôndega adicionar no topo uma ervilha de manteiga.
  • Juntar 2 ou 3 colheres de sopa de água à travessa e levar ao forno durante 30 minutos.
  • Entretanto, para a preparação do molho, bater as gemas numa tigela, juntando-lhe posteriormente o iogurte e o vinagre até obter-se uma mistura uniforme.
  • Após os 30 minutos retirar a travessa do forno, colocar o molho por cima de cada almôndega até este terminar, levando ao forno por mais 20 minutos ou até as almôndegas ficarem crocantes e douradas.
  • Servir de imediato.

Almôndegas com iogurte de Thrace | Papouda thrakiotiki me keftedes

2 comentários

Comentar post