Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Triptofano

Como ser 20% mais feliz?

11
Jul18

Kin ou um Dragão na Mouraria


No need to worry, you will have everything you need!

 

Foi esta mensagem que me calhou quando abri o meu biscoito da sorte no restaurante Kin e que me fez ficar totalmente convicto de que mais dia menos dia vou ganhar o Euromilhões ou descobrir que um tio-avô que nunca conheci me deixou uma fortuna em barras de ouro.

 

Se há uns anos atrás me dissessem para ir jantar ao Centro Comercial Martim Moniz eu provavelmente sorria educadamente e fingia que tinha tido um ataque de diarreia.

Hoje em dia, graças à reabilitação da zona que a tornou muito mais apelativa para locais e turistas, mesmo que estivesse com um ataque de diarreia eu bebia um litro de chá de folha de marmeleiro e punha-me a caminho.

 

É no sexto piso do C.C.M.M. que fica o Kin, um restaurante de sabores orientais.

A sua presença é sinalizada com luzes néon vermelhas eléctricas, e quando dobramos a esquina é quase impossível não ficarmos com a boca aberta de espanto.

 

Com uma decoração extraordinária, o Kin remete-nos para um ambiente de bar chinês assim meio que ilegal, não me espantando nada se num canto houvesse uma mesa de blackjack ou um grupo a jogar animadamente aos dados, mas com todo o requinte e polimento que um restaurante de topo precisa.

Mas o que salta logo à vista é o colossal dragão que desce dos céus e ocupa grande parte do espaço, fitando-nos ao desafio, provavelmente pensando se nos lança ou não uma labareda.

 

Kin

Kin

 

Antes de falar da refeição em si tenho que deixar já aqui assente uma coisa.

O atendimento que recebi no Kin foi dos melhores, se não o melhor atendimento em local de restauração que tive nos últimos meses. A jovem que nos atendeu foi espectacular, tinha o equilibro certo entre simpatia, cuidado, dedicação e sentido de humor, e isso eleva o espaço a um patamar completamente diferente.

 

Relativamente à refeição, este restaurante foi o melhor exemplo de como é que pessoas que vão juntas jantar conseguem ter todas elas uma impressão diferente da refeição.

 

Para mim foi tudo maravilhoso, espectacular, divinal. Para uma amiga que nos acompanhou, a pontuação foi 2 em 3. Para o cara-metade, infelizmente o resultado final foi um 1 em 3. E isto tudo por causa das nossas escolhas individuais.

 

Mas deixem-me elucidar-vos sobre o assunto.

 

Começámos com umas entradas, uns Bao Porco, com molho Hoisin, e uns Bao Wasabi, que além do wasabi tinham hortelã e cebola crocante.

Kin

 

Os de porco eram fantásticos, estive a um passo de pedir mais meia dúzia de tão bons que eram; os de Wasabi eram muito saborosos mas o wasabi só se sentia no fim, de uma forma mais despercebida.

Explicaram-nos que no início punham uma quantidade muito maior, mas devido às queixas que receberam tiveram de diminuir a quantidade do tempero.

Já sabem como são os tugas, querem comer coisas diferentes em locais diferentes mas que não sejam assim tão fora do normal a que estão habituados.

 

A acompanhar as entradas chegaram os mocktails, e aqui foi consensual, eram de beber e chorar por mais. Para a nossa mesa veio o Tiger's Love, com laranja, gengibre e alecrim, e o Panda's Dream, com jasmim, chá verde, canela e lima kaffir. Para quem apreciar também há cocktails, sendo os cock e os mock acompanhados pelo belo do biscoito da sorte.

Kin

Kin

Kin

 

No prato principal a minha onda de boa sorte continuou com um Bobun, uma salada fria vietnamita com soja, cebolinho, massa de arroz e spring rolls vegetarianos, à qual adicionei frango. Mais uma vez o molho picante anunciado não era assim muito picante, por isso não tenham medo da malagueta que figura no menu e escolham esta salada.

A nossa amiga lançou-se num caldo de camarões, lulas, amêijoa e massa de arroz, chamada Tom Yum, que estava um espanto.

Kin

Kin

 

O cara-metade, que se encontrava entusiasmado depois da entrada, viu a sua sorte diminuir quando pediu o Crying Tiger, um naco da vazia grelhado com molho tigre e arroz thai perfumado.

 

O prato estava muito bem confeccionado, disso não havia dúvida alguma, mas além de estar ligeiramente frio na parte mais externa do naco (talvez tenha ficado algum tempo à espera dos outros pratos antes de ser servido), enquanto o meu prato e da nossa amiga tinham uma quantidade muito generosa de comida, o dele ficava um bocadinho aquém. Faltava algum acompanhamento extra, uma salada ou uns legumes de forma a aconchegar melhor a vista e o estômago.

 

Kin

 

Na sobremesa tanto o cara-metade e a nossa amiga ficaram decepcionados com o Creme Brulee de Erva Príncipe, não pelo facto da sobremesa estar má, que não estava, mas porque não se sentia o sabor da erva príncipe que seria o elemento de novidade a um doce tão conhecido por todos. Ou seja, o creme brulee estava muito bom, só que prometeu e acabou por não cumprir.

Eu, novamente bafejado pela sorte, delirei com um Bolo Esponjoso Pandan com Sorvete de Yuzu, que vinha acompanhado com um crocante de amêndoa. Alertaram-me para comer todos os elementos juntos, porque o yuzu poderia ter um sabor demasiado ácido, mas para mim se fosse ainda mais ácido melhor seria. Todos juntos, separados, uns em cima outros em baixo, esta sobremesa foi uma apoteose na minha boca.

Kin

Kin

 

No fim demos o nosso feedback à jovem que tão bem nos atendeu, e mais uma vez percebemos que estava ali um atendimento de excelência. Falou connosco, quis perceber o que correu menos bem e o que poderiam melhorar, e ficámos a sentir que havia ali uma real atenção para com o cliente.

 

Certamente vou voltar ao Kin, e se for um dia em que não estiver a sentir-me com vontade de arriscar pelo menos já sei quais são as escolhas vencedoras para uma refeição formidável!

 

Kin Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D