Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Triptofano

O teu aminoácido essencial!

João XIII

21.11.17, Triptofano!

Olá a todos,

 

O Cara Metade volta, como sabem, de quando em vez e cá está ele de novo! 😊

 

Apesar destas últimas semanas terem sido de nos deitar ao tapete, ao ponto de qualquer plano a dois depois do trabalho resulta numa competição para ver quem adormece primeiro (também vos acontece?), algumas das minhas ocupações são absolutamente recompensadoras.

 

Uma delas, a que vos vou contar hoje, aconteceu com a João XIII – Associação de Apoio e Serviços a Pessoas carenciadas que recentemente mudou a sua atividade de apoio aos sem-abrigo e a outras situações de vulnerabilidade social para um edifício da Junta de Freguesia de São Vicente, lá para os lados do Panteão (está na moda aquela zona!).

 

Esta associação, que conta desde há alguns anos a esta parte com o trabalho de muitos voluntários para assegurar a sua missão, está na linha da frente da ajuda a muitas pessoas (e a crescer) que procuram um banho quente, uma refeição digna e uma conversa.

 

Foi na segunda parte em que me envolvi. Convidado para o projeto, abracei a causa e vamos embora. A preparação consistiu numa sopa, prato principal e sobremesa (e ainda pão quentinho para acompanhar!) e por muitas vezes senti que estar ali era dos poucos lugares onde poderia aceder a uma recompensa imediata.

 

Apesar do meu agnosticismo, os “Deus vos ajude” e os “Que nunca nada vos falte!” que fomos ouvindo serviram de alento para o coração.

 

Cozinhar é, sobretudo, proporcionar alegria sobre a forma de comida. Por isso digo que gostava de ser o Chef da felicidade, dos amigos, da alegria e da partilha. 

 

E para vocês?

 

O que significa a comida? A que causas sociais se unem ou uniram?

6 comentários

  • Imagem de perfil

    Triptofano!

    28.11.17

    Como eu gostei de ler este teu comentário!

    Realmente o amor faz toda a diferença naquilo que fazemos - as pessoas podem achar que não se sente mas sente-se. É essa a diferença de fazer algo exclusivamente mecânico, como se fossemos um robot, ou de o fazer com sentimento, com exclusividade, encarando cada pão (no teu caso) como se fosse uma obra de arte.
    As pessoas vivem com algum medo que as máquinas substituam os humanos no futuro. Até o podem fazer, mas por pouco tempo, porque esse ingrediente secreto que tu falas as máquinas ainda não o conseguem replicar.

    Trabalhar em hotelaria é uma profissão muito desgastante, e infelizmente muitas vezes as pessoas não dão o valor merecido ao trabalho de quem está na tua área. E sinto que por vezes essa falta de reconhecimento, essa desvalorização, faz com que alguém que era excelente acaba por perder um bocadinho do seu brilho. Afinal ninguém quer dar pérolas a porcos.

    Espero que isso nunca aconteça contigo, que continues sempre com esse brilho interno.
    Um grande beijinho
  • Imagem de perfil

    Terminatora

    30.11.17

    Olá de novo :) Deparo-me todos os dias com casos desses "perda de brilho". E fico triste de ver, que as pessoas tinham tanto potencial e pela frustração, desgaste e cansaço de longos anos de trabalho mal reconhecido, se deixam corroer e tornam-se mesquinhas e desimportadas com o que fazem. Eu trabalho nesta área quase que por imposição do destino. E, apesar de não ser o que inicialmente queria seguir, tentei nunca me deixar corromper por feitios de terceiros e abraçar com amor o que fazia. E faz toda a diferença... Quando se começa a dedicar com apreciação e interesse, as coisas fluem tão bem e naturais, quem hoje em dia quem vê, diz que nasci para aquilo. Não sei para o que nasci, gosto de ensinar, gosto de crianças, gosto de idosos, gosto de animais, adoro natureza e sei que sou capaz de fazer qualquer coisa se eu tiver vontade e interesse em aprender. A maioria das pessoas vive frustrada ou porque nunca explorou o que gostaria de fazer e se dedicar no futuro, ou porque nunca teve oportunidade para isso. E acabam por desistir. Deixam-se derrotar pelas frustrações diárias, pela má sorte, pelo crucifixo que são suas vidas. Há toda uma série de desculpas para não mudarem seus comportamentos. Se ao menos soubessem que o poder do rumo das suas vidas está nas suas mãos.. Nem imaginam as mudanças que poderiam fazer acontecer!
    Dedico-me a qualquer coisa que faça com gosto. E já fiz outras coisas pelo meio em nada parecido com hotelaria e as pessoas surpreendem-se. É como se eu tivesse outros talentos escondidos. Falta espírito de aventura, de empatia, de amor a muito boa gente.
    O ser feliz e fazer os outros felizes, está nada mais nada menos, no amor que temos por nós e naquele amor que damos aos outros. Isso é o segredo para tudo. E é disso que precisamos cada vez mais, amor. Seja por animais, por pessoas, por projectos... Dar amor e nada mais.

    Beijinhos
  • Imagem de perfil

    Triptofano!

    04.12.17

    Bem fiquei sem palavras com este teu comentário!
    É que não sei mesmo escolher as palavras para exprimir o que sinto depois de o ler.
    Tens tanta razão, tanta verdade na tua escrita; incrível como uma constatação tão simples e quase banal é uma descoberta tão grande porque a maioria não a quer ver.
    Já fizeste algum post sobre este assunto no teu cantinho?
    É que toda a gente deveria ter a possibilidade de ler aquilo que tu me escreveste - a memória é curta eu sei, mas talvez houvesse quem impulsionado pela tua verdade pudesse encontrar a dela.

    Beijinhos grandes
  • Imagem de perfil

    Terminatora

    12.12.17

    Olá Triptofano!
    Quando comecei o blogue, foi numa espécie de diário. Já escrevi algumas coisas dentro do género um pouco mais "agressivas" anteriormente. Não sou muito assídua aqui e muitas vezes surgem-me ideias, mas depois não as consigo transcrever para um post, porque me falta tempo ou oportunidade. Mas de há um ano e tal para cá, adoptei uma postura mais positiva, talvez pelo amadurecimento, em parte, e então tento cultivar uma mentalidade mais aberta e positiva. Só me tem favorecido, digo já
    Daí algumas conclusões a que chego, acessíveis a todos, mas lá está, quando estamos numa fase negativa ficamos cegos e não conseguimos ver com clareza a solução dos problemas.
    Provavelmente hei-de escrever, tenho escrito algumas coisas, experiências também, dentro deste assunto e outros. E muito obrigada pelas tuas palavras, mesmo que só tu tenhas lido o meu comentário, já fico feliz e a tua resposta só me faz crer mais, que quanto mais amor damos, mais amor recebemos
    Que recebas tanto como recebo e que continues com o fantástico trabalho por aqui
    Beijinhos
  • Imagem de perfil

    Triptofano!

    18.03.18

    Querida Terminatora
    Infelizmente não tenho seguido o teu blog da forma como o gostaria de fazer, mas pelo que vejo continuas a escrever, apesar de estares há algum tempo afastada do teu espaço virtual!
    Espero que não tenhas desistido do mesmo!
    Apesar de já ter passado algum tempo desde o teu último comentário neste post, eu continuo a matutar nas tuas palavras, acerca do positivismo, do amor, da mudança para melhor.
    Agora que uma fase complicada da minha vida findou, que um novo ciclo se iniciou, quero colocar em prática aquilo que me ensinaste. Dar mais amor, ter uma atitude mais aberta e positiva. Espero conseguir atrair óptimas coisas para a minha.
    Um beijinho grande de saudades
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.