Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Triptofano

Como ser 20% mais feliz?

06
Nov18

Jantar num Contentor


Ontem tive o privilégio de ir jantar ao Okah, a convite da Zomato e da Nescafé, num divertidíssimo Foodie MeetUp.

 

O Okah situa-se no Cais da Rocha Conde de Óbidos em Alcântara, no rooftop do LACS, uma Communitivity of Creators, ou seja uma comunidade de criadores e comunicadores.

 

As primeiras duas coisas que ficam na memória de qualquer pessoa quando se chega ao Okah é a vista e os contentores.

 

Okah - Foodie Meetup Zomato Nescafé

Okah - Foodie Meetup Zomato Nescafé

 

A vista é deslumbrante e é essa mesma vista que abarca o Tejo que dá o mote a todo o espaço onde a refeição tem lugar. 

 

Contentores laranjas, decorados com temas de influência asiática, albergam mesas e cadeiras onde nos sentamos para nos perder entre sabores e numa viagem mental.

 

Para mim, a certa altura, olhando para os contentores ao meu redor, senti-me como se estivesse num comboio de carga a ver passar pessoas e países e culturas à velocidade de um olhar mesmo não saindo do lugar.

 

Sendo um jantar promovido em parte pela Nescafé, o menu, que sofreu algumas adaptações para a ocasião mas não se desvirtuando da sua essência, tinha várias referências a esse produto tão cobiçado: o café.

 

E obviamente que também houve muito café (delicioso) puro e duro por assim dizer: expresso, preparado em balão, um slow coffee chemex 100% arábica....a realidade é que em poucas horas acho que bebi mais cafeína que na última semana toda, o que me fez chegar a casa e ficar duas horas e meia a rebolar na cama com falta de sono (mas foi um pequeno preço a pagar por tamanha qualidade de café).

 

Okah - Foodie Meetup Zomato Nescafé

 

A companhia dos outros foodies foi muito engraçada, é giro ver pessoas que falam com a mesma paixão que nós sobre comida (mas tudo gente elegante, raio de pessoas com metabolismos acelerados), que não se importam quando nós demoramos 5 minutos a tirar a foto a um pedaço de pão porque elas fazem o mesmo.

 

Agora fique aqui esclarecido uma coisa, eu sou aquela pessoa que tira fotos com o telemóvel muito arcaicas, para conseguir uma foto não tremida já é uma dificuldade enorme, por isso não esperem ver-me equipado com uma daquelas máquinas fotográficas maiores que o meu antebraço ok?

 

Mas falemos da comida que isso é o mais importante.

 

Tudo começou com um Cocktail Nescafé Tonic, e sou sincero quando digo que não sou de todo apreciador de Gin.

 

Bebo, acho graça a mandar lá para dentro as baguinhas e raminhos e sei lá mais o que, mas não vivo por um Gin.

 

Só que este Cocktail Nescafé, com café Arábica do Brasil a deixar um toque de maracujá no final era qualquer coisa de outro mundo.

 

É que uma pessoa nem sentia o álcool o que obviamente torna esta bebida bastante perigosa se estivermos em público, porque quando dermos por ela podemos dar para nós a declamar poesia lírica de Bocage ou coisa que o valha.

 

Okah - Foodie Meetup Zomato Nescafé

 

Depois, como pré-entrada, um pão ázimo quentinho, onde se podia barrar ou um molho de pimentos picante, que só mostrava o seu verdadeiro potencial alguns segundos depois de estar em contacto com as nossas papilas gustativas, ou um molho de iogurte e pepino, óptimo para refrescar o palato de quem tivesse exagerado no molho de pimentos.

 

Okah - Foodie Meetup Zomato Nescafé

 

A entrada foi um Satay de fraldinha em molho de manteiga de  amendoim e cebolinho, com um toque de café do Vietname.

 

A carne estava incrivelmente tenra mas achei que o molho de manteiga de amendoim estava demasiado manteiga e pouco molho para o meu gosto, porque quando o coloquei na boca senti-o imediatamente a colar-se-me a ela, mais ou menos o mesmo que acontece quando enfiamos uma colherada de manteiga de amendoim directamente do frasco na boca, e ficamos ali a tentar descolar aquela massa.

 

Esta espetada podia ser comida de forma eloquente no prato ou, tal como eu fiz, à mão e à dentada (sou uma pessoa cheia de classe eu sei!!!).

 

Okah - Foodie Meetup Zomato Nescafé

 

O prato de peixe consistiu numa dourada grelhada, caldo de Dashi com molho tamarindo e um ar de café.

 

O ar de café é a coisa mais engraçada que existe, e por ser mesmo um ar e não uma espuma, se quiserem tirar uma foto tem de ser rápidos, se não quando derem por ela já desapareceu tudo. 

 

Colocar o ar na boca era quase como provar um pouco da espuma da rebentação do mar, só que em vez de salgado tinha um toque muito subtil de café.

 

A dourada estava divinal, e o caldo de Dashi, bem era tão bom, mas tão bom, que pedi uma colherzinha para não desperdiçar nem um pouco de tamanha delícia.

 

Okah - Foodie Meetup Zomato Nescafé

 

No prato de carne (e aqui eu já estava a rebolar com tanta comida) foi-nos servido uma presa de porco preto marinada com Kimchie com legumes grelhados e servida com molho típico base de café.

 

Fiquei agradavelmente surpreendido ao saber que além dos ingredientes típicos do Kimchie: a couve, a cenoura, a malagueta...também tinha sido usado uva, algo que não é frequente ver-se.

 

Foi um prato que não desiludiu, com a carne extremamente saborosa, os legumes apetitosos, enfim, nada a apontar.

 

Okah - Foodie Meetup Zomato Nescafé

 

A sobremesa, a sobremesa é que foi uma dor na minha alma.

 

Uma trufa de chocolate panada com wasabi com sorvete de maçã verde foi a proposta do Chef.

 

E digo já aqui, a sobremesa estava boa, a introdução em simultâneo da trufa e do sorvete na cavidade bucal era deliciosa, só que simplesmente não correspondeu às minhas expectativas.

 

O sorvete de maçã verde não tinha a acidez que se esperava dessa fruta.

 

Tive a oportunidade de comentar esse detalhe com o Chef ao qual ele amavelmente me respondeu que demasiada acidez poderia sobrepor-se a todos os outros sabores.

 

Eu posso perceber, mas se o meu cérebro está sintonizado para maçã verde eu estou à espera de saborear uma maçã verde.

 

A trufa de chocolate estava óptima, só que não consegui compreender qual foi o objectivo de utilizar o wasabi, porque estar lá ou não estar para mim era exactamente igual.

 

Mais uma vez, quando penso em wasabi vem-me logo à ideia um sabor forte, picante, capaz de nos dar um pequeno punch, e não foi isso que aconteceu de todo.

 

Okah - Foodie Meetup Zomato Nescafé

 

Se eu recomendaria irem ao Okah jantar num contentor?

 

Sem dúvida que sim.

 

Toda a inspiração asiática nos pratos que vos chegarem à mesa será mais que suficiente para um incrível aventura gastronómica, com ou sem o toque maravilhoso do café!

Okah - Foodie Meetup Zomato Nescafé

 

 

 

Okah Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

9 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D