Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Triptofano

Como ser 20% mais feliz?

15
Jan18

Fui sabotado!


É a única explicação plausível para o que aconteceu.

 

Fui alvo de sabotagem.

 

Se a nível internacional, nacional ou apenas doméstico isso já não sei, o que posso afirmar com toda a convicção é que forças externas uniram-se contra mim de forma a verem-me derrotado.

 

Eu tenho um fato. Um fato bonito, de bom corte, boa cor e tudo e tudo e tudo, que comprei há uns anos atrás, quando ainda trabalhava em Lisboa. Ficava um charme com ele, modéstia à parte.

 

Devo tê-lo usado umas três vezes, no máximo dos máximos, já que nunca tive grande necessidade de o tirar do armário.

 

Uma das poucas vezes que o vesti foi na altura do recrutamento para a Emirates, numa fase da minha vida que estava a ponderar mudar de carreira, e foi ele que me ajudou a passar na primeira fase de selecção, aquela onde basicamente só o nosso aspecto exterior é que interessa (eu sei que é horrível sermos julgados apenas pela aparência mas faz tão bem ao ego quando nos consideram jeitosos, apesar do jeitoso ser um conceito tão abstracto!).

 

Vou ter um evento no início de Fevereiro, onde terei que ir bem compostinho.

Por isso lembrei-me logo do fato, guardado religiosamente e com todo o carinho na casa dos meus progenitores. 

 

Sabia que não tinha de me preocupar mais com o que vestir, mas alguma coisa disse-me que talvez fosse melhor experimentar o dito cujo, não fosse ter alguma surpresa amarga.

 

Era como se já adivinhasse. Ontem, na visita semanal à casa dos papás, pedi à minha mãe para o ir busca de forma a ver como ele me ficava.

 

Vesti o casaco e assentava como uma luva. Peguei nas calças e.....

 

 

.....alguém me as encolheu!

 

Só pode!

 

Fui sabotado de forma a não conseguir enfiar-me dentro das mesmas. É que nem é ficar apertado. Simplesmente não consigo abotoá-las, por mais que encolha a barriga, que faça força, simplesmente o pedaço de tecido que obviamente alguém cortou delas fez com que fosse impossível eu conseguir vesti-las.

 

 

Como podem ver pelo vídeo, mesmo fazendo o meu melhor o raio das calças não fecham.

 

E o problema não é certamente daquela barriguinha maravilhosa que eu tenho.

 

Ou será?

 

De qualquer das formas não me vou dar por vencido. Até ao final deste mês vou conseguir espremer-me dentro delas, ou eu não me chame Triptofano!

 

 

30 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D