Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Triptofano

Como ser 20% mais feliz?

07
Mai18

Eurovisão 2018: Os meus Favoritos


A tão aguardada festa da Eurovisão está mesmo mesmo à porta, e este ano o certame tem um brilho especial por Portugal ser, pela primeira vez, o país anfitrião.

 

No que toca à ESC (Eurovision Song Contest), duas coisas são avaliadas ferozmente por todos os fãs espalhados pelo mundo.

 

Primeiro, como não podia deixar de ser, as músicas a concurso, e a sua qualidade, ou ausência da mesma.

 

Em segundo, já num registo mais de Fashion Police, os trapinhos, ou ausência dos mesmos, que os intérpretes escolhem para levar a palco.

 

Como só posso dar coroas e tesouradas depois de as actuações serem transmitidas (sim eu confesso que vejo o Tesouras e Tesouros com bastante afinco), partilho aqui convosco as minhas canções favoritas que vão actuar no ESC 2018.

 

 

Portugal - Cláudia Pascoal, Isaura - O Jardim

 

 

 

Fale-se bem, fale-se mal, que elas mereciam ou deixavam de merecer, na altura de competir o que interessa é que são as representantes de Portugal e por isso temos de torcer todos por elas.

 

Pessoalmente acho que o que vai decidir o nosso (in)sucesso no festival será a apresentação em palco - os espectadores tem de conseguir perceber a história que é transmitida pela música, que acaba por ser o cerne gravitacional da mesma.

 

Espero que a Cláudia mostre a sua tatuagem do bacalhau a todo o mundo, pode ser que pelo menos a Noruega nos dê alguns votos extra.

 

 

Austrália - Jessica Mauboy - We Got Love

 

 

Depois de ter actuado em 2014 no intervalo do concurso, Jessica Mauboy volta para representar a Austrália.

 

Fico sempre admirado como é que este país convidado consegue enviar sempre canções incríveis. Para mim, Dami Im em 2016, com Sound of Silence merecia ter arrebatado o prémio, mas depois como é que se decidia onde é que o festival iria ser realizado? É que a Austrália ainda fica um pouco longe...

 

 

Áustria - Cesár Sampson - Nobody But You

 

 

Ser giro não chega para ganhar a ESC, mas que dá uma ajudinha isso dá. O representante da Áustria pode ter a vantagem da boa aparência, mas possui também uma óptima voz e interpreta uma canção que fica no ouvido.

 

 

 Bielorrússia - Alekseev - Forever

 

 

Conhecido um pouco por toda a ex-União Soviética - o que garante sempre alguns pontos extra por empatia natural - o representante da Bielorrússia alia a uma boa sonoridade musical uma excelente presença em palco.

 

 

Bélgica - Sennek - A Matter of Time

 

 

Estão a ver aqueles filmes do 007, onde ele consegue sempre escapar ileso aos inimigos e ainda ter tempo para dar umas voltinhas com a jeitosa do sítio? Pois bem, a canção belga poderia muito bem pertencer à soundtrack de um desses filmes!

 

 

Estónia - Elina Nechayeva - La Forza

 

 

 A canção - e a voz - de Elina Nechayeva é simplesmente fantástica, fora do habitual registo da ESC e consegue a proeza de nos transportar para um mundo paralelo etéreo.

 

 

França - Madame Monsieur - Mercy 

 

 

Não tenho grandes ilusões relativamente a uma vitória da França, mas esta música e toda a mensagem que encerra tocaram-me. Vale a pena procurar a versão com sub-títulos em português para quem como eu não pesca muito da língua francesa!

 

Rússia - Julia Samoylova - I Won't Break

 

 

Depois de ter sido banida da Ucrânia no ano passado, por questões políticas, e assim ter sido impedida de participar no festival, este ano Julia volta à ESC com uma vontade extra de ganhar.

 

Alguns dizem que a música é atroz, outros que é sublime, outros que o facto de estar condicionada a uma cadeira-de-rodas lhe dá acesso ao voto por simpatia triste. Mas a verdade é que a representante da Rússia é dotada de imenso talento.

 

 

E vocês quais são as canções que gostavam de ver em segundo lugar? Porque sim, o primeiro lugar tem de ser sempre para Portugal! 

 

 

14 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D