Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Triptofano

O teu aminoácido essencial!

E ninguém fala do homem que levou um vestido?

26.02.19, Triptofano!

Como já devem ter reparado eu sou um moço muito mais da Eurovisão do que dos Óscares, talvez pelo facto de ter uma memória péssima no que toca a filmes - quem os realizou, quais é que foram os actores que participaram, se foram estreados antes ou depois de eu nascer...

 

Agora estava à espera que alguém aqui da comunidade Sapo falasse sobre a indumentária que Billy Porter apresentou na Red Carpet, nem que fosse um apontamento acerca da fluidez do tecido, ou se a cor do debruado condizia com as cutículas, mas nada, nadinha, nem uma referência sequer para meu gáudio.

 

Billy Porter levou um smoking-vestido de veludo autoria de Christian Siriano (que saudades de o ver no Project Runway) que relançou o debate sobre o que é masculino e o que é feminino, muito na onda do menino veste azul e menina veste rosa.

 

Esta afirmação pessoal do actor tornou-se ainda mais impactante porque ele não se apresentou como uma Drag Queen, ou seja um homem que se veste de mulher, mas sim como um homem com uma peça de roupa associado ao sexo feminino.

 

Mas se as mulheres podem usar calças e fatos e serem aplaudidas por transmitirem uma imagem de força e confiança, os homens não devem usar vestidos com longas caudas porque podem transmitir sensibilidade? Fragilidade? Delicadeza?

 

Este binómio masculino feminino é algo que já enjoa, por um lado porque coloca a mulher sempre como a frágil flor que tem de ser protegida dos ventos agrestes do mundo, por outro porque quase que transforma o homem num ser das cavernas que arrota alto e nem se lembra de lavar as mãos depois de mijar.

 

Pessoas deste mundo, vamos lá a ver se nos entendemos, todos nós, por mais que não queiramos admitir, temos uma parte feminina e uma masculina, e todos nós temos o direito de a expressar da forma como quisermos.

 

Roupa é simplesmente roupa. Acessórios são simplesmente acessórios. Fazer biquinho para as fotos nunca criou cirrose hepática a ninguém.

 

E para os velhos do Restelo que anunciam catastroficamente que o mundo está perdido, o verdadeiro problema não são as peças de fruta que por fora não aparentam ser tão bonitas como as outras, mas sim aquelas fantasticamente luzidias que ao abrir-se descobre-se que estão podres!

 

Billy Porter Óscares 2019

 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.