Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Triptofano

Como ser 20% mais feliz?

16
Fev18

Desafio das 52 Semanas - Semana 7


Não sei se sou o único a ter esta sensação, mas parece-me que cada semana que passa este desafio torna-se mais complicado.
 
Por exemplo o Eu Sempre é algo tão abrangente que se tornou complicado para mim escolher sobre o que falar, especialmente por eu normalmente não ser uma pessoa de "sempres" e "nuncas", mas ficam aqui cinco tópicos que Eu Sempre...
 

20817683_bPD0p.jpeg

 

Semana 7 - Eu Sempre...
 
 
Eu Sempre Tive a Certeza que o jogo do gelo era um truque da indústria farmacêutica para aumentar as vendas de cremes para o herpes labial.
 
Ora sigam o meu raciocínio, estão numa discoteca, a curtir o som, a bebericar um rum cola, quando de repente, vindo não se sabe de onde, um cubo de gelo começa a circular através das bocas de adolescentes com níveis séricos de hormonas assustadoramente altos, sendo que quanto mais o gelo se derrete com o calor dos lábios mais entra em acção a língua, que vai buscar o pedaço remanescente de gelo quase às amígdalas da outra pessoa, que o importante é não perder o jogo e já agora não permitir que um inocente se engasgue com um pedaço de água congelada.
 
Mas de onde veio o gelo inicialmente? Quem foi a alminha que achou, ah e tal, em vez de o trincar como toda a gente faz, pegar na pedra gelada e toca a enfiar na boca da pessoa do lado?
 
Cá para mim em cada discoteca deste país há um representante de um laboratório farmacêutico a enfiar dissimuladamente gelo na boca da juventude do nosso país. Gelo este previamente infectado com o vírus do Herpes, de forma a aumentar o número de casos de contaminação o que levará a um acréscimo do número de vendas dos antivirais de uso tópico.
 
 
Eu Sempre Imaginei que um dia ia ter medo de me sentar na sanita.
 
Não, não é porque receie que haja uma cobra de três metros escondida na canalização e que mal eu me sente apareça e pumba, me trinque metade do rabiosque e dois terços da piloca.
 
A questão é que tenho medo de me sentar na sanita porque não sei se me vou conseguir levantar depois!
 
Confusos?
 
Ora o que se passa é que aqui a minha pessoa tem uma hérnia desde os 18 anos de idade, e o senhor doutor na altura disse que não era nada preocupante, desde que eu não tivesse muitas dores e se perdesse algum peso (basicamente chamou-me balofo) conseguiria evitar a operação durante alguns bons anos.
 
E até agora ainda não precisei de ir à faca, só que de vez em quando, tenho uma crise de dores, e foi o que me aconteceu esta semana.
 
Basta um mau jeito, virar-me demasiado depressa, coisas relativamente simples, que fico completamente K.O. durante uma data de dias.
 
Imaginem o que é uma faca a cravar-se num nervo - é mais ou menos essa a sensação que de vez em quando tenho, principalmente quando estou sentado e depois tento levantar-me.
 
A dor é tão forte, mas tão forte, que tenho de parar imediatamente o movimento, e não consigo nem voltar a sentar-me nem levantar-me, e fico assim uns dois minutos numa posição ligeiramente desconfortável até que sinto que é seguro voltar a tentar por-me de pé!
 
Por isso estes últimos dias tem sido de medo para mim, medo de me sentar nos transportes públicos, medo de me sentar a almoçar e principalmente medo de colocar o meu belo rabiosque no tampo do vaso sanitário, apenas pelo facto de não saber se vou conseguir sair de lá em tempo útil.
 
 
Eu Sempre me Arrisquei a ficar com uma mão partida.
 
Quem nunca cantou à frente do espelho da casa-de-banho com tal paixão como se fosse a última canção da sua vida?
 
Quando era mais novo era dia sim dia sim, fechava-me no WC, para desespero da minha mãe que dizia que eu ia rebentar com a conta da electricidade (era um WC interior, e eu para ver o meu reflexo tinha de ligar a luz) e actuava em frente ao espelho, num playback perfeito, sempre acompanhado por muitas expressões faciais e gestos dramáticos ao compasso da música.
 
Lembro-me que uma vez estava a vibrar com a canção da Lara Fabian, Love By Grace, e atingi um clímax de tal forma que faço um movimento ascendente da minha mão como a querer agarrar o céu e quando faço o movimento inverso dou uma cacetada tão grande no lavatório de mármore que fiquei a ver estrelas durante uns cinco minutos.
 
Felizmente não a parti, mas fiquei com a mão a doer-me durante uns bons dois dias.
 
 
Eu Sempre Soube que ia estragar o aniversário de alguém.
 
Resumindo a história. Triptofano está a fazer Erasmus na Grécia. Triptofano é convidado para ir à festa de aniversário de outro aluno Erasmus numa residência diferente da sua. Triptofano embebeda-se antes de ir para a festa porque só comeu uma Pita e emborcou um litro de uma mistura de licor de kiwi, licor de pêssego, martini e malibu com um rebuçado Branca de Neve enfiado lá dentro enquanto jogava às cartas com uns espanhóis. Triptofano insiste em levar o bolo que está guardado no frigorífico do seu quarto mesmo estando completamente alcoolizado. Triptofano perde as lentes de contacto durante a viagem de táxi. Triptofano chega à residência do aniversariante com o bolo intacto, sobe uma data de escadas até ao quarto do rapaz e deposita o bolo inteirinho em cima da mesa (Milagre!). Triptofano abraça e beija todas as pessoas que vê e declara a plenos pulmões a felicidade que sente por aquelas pessoas estarem ali. Triptofano fica demasiado simpático quando bebe. Todas as pessoas acham que Triptofano é o aniversariante. Só quando se cantam os parabéns e sopra-se as velas é que a maior parte dos convidados percebe que não é Triptofano quem faz anos. O verdadeiro aniversariante fica a odiar Triptofano para o resto da vida. Triptofano diz-lhe que está muito feliz por ele estar ali!
 
 
Eu Sempre Tive o Feeling que ia ficar noivo mas não me ia casar.
 
E aconteceu.
Ainda tenho a aliança como memória perdida algures na casa dos meus pais.
Há coisas que custam na altura mas que nos abrem o caminho para outras coisas bem melhores!

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D