Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Triptofano

Como ser 20% mais feliz?

13
Abr18

Às vezes o salto é maior que a perna!


30531245_10155075774001511_8613637459534249290_n.j

 

"Eles são cozinheiros. Ela é actriz e tem a mania que é cozinheira. 

Após várias conversas à luz da lua e regadas de cenas, chegam à conclusão de que a cozinha vegan é muitas vezes mal interpretada e boring para a grande maioria do people que curte pitar à maneira.

Nesse sentido, juntam-se para criar comida carregada de sabor, cor e técnicas um pouco mais fixes do que as que estamos habituadas/os a ver na cozinha vegan.

Usam o mote da Primavera e trazem os ingredientes que marcam esta nova estação: gandas beterrabas, altos funchos, bué pastinacas, cebolas roxas com tudo e agriãozão são alguns dos protagonistas que vão partir tudo nesta noite.
No menu, vão representar 3 mambos:

Entrada 

Prato Principal

Sobremesa

As bebidas também fazem parte do menú, para que ninguém tenha sede e não falte conversa da boa à mesa, como se pede num convívio entre amigos. Esse é o nosso grande objectivo. Juntar o people lá na street, comer e beber do melhor, ouvir aquele puro som e sentir o love. É só isto."

 

Tinha tudo para dar certo este jantar vegan a que fui! O menu era apetecível, as pessoas que iam cozinhar são talentosas e o espaço é cheio de carisma.

 

Mas às vezes o salto que damos é maior que a perna

.

E a cozinha não é lugar para co-lideranças, tem de haver alguém que assuma as rédeas do fogão e coordene a equipa rumo ao sucesso.

 

E não foi o que aconteceu neste jantar, para muita pena minha. Uma equipa desorganizada, sem liderança, que conseguiu a proeza de fazer esperar os convidados uma hora entre a entrada e o prato principal.

 

E mais algum tempo entre o prato principal e a sobremesa.

 

Os pratos foram bem conseguidos, mas houve demasiada repetição de elementos, o que é estranho quando se celebra o mundo vegetal, que é detentor de uma variedade inigualável de sabores e texturas.

 

Sabores que se sobrepuseram a outros, demasiada acidez em certos purés, falta de consistência na apresentação dos pratos, todos estes foram erros amadores que não seriam esperados de pessoas com formação profissional.

 

E a falta de sensatez também foi gritante. Uma kombucha gelada depois de um prato quente é querer oferecer uma paragem de digestão a quem pagou bem para receber uma refeição decente?!

 

Pessoalmente o prato que salvou a noite foi a sobremesa, que estava extremamente deliciosa, mas isto claro se eu fingir que o pêlo que o cara-metade encontrou no prato dele foi causado por alucinações visuais que o vinho branco carrascão me provocou.

 

No fim de contas talvez o pãozinho e o azeite e a emulsão de leite de coco com alho assado ainda tenham sido as apostas vencedoras da noite...

 

WP_20180412_20_06_47_Pro.jpg

 

WP_20180412_20_12_37_Pro.jpg

 

IMG_20180412_215938_HDR.jpg

 

IMG_20180412_220006_HDR.jpg

 

WP_20180412_20_25_19_Pro.jpg

 

IMG_20180412_205700.jpg

 

IMG_20180412_220547.jpg

 

IMG_20180412_221820.jpg

 

IMG_20180412_224939.jpg

 

 

Cozinha Popular da Mouraria Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D