Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Triptofano

O teu aminoácido essencial!

A minha primeira vez....numa trotinete eléctrica! / Código Promocional Hive

01.07.19, Triptofano!

Código Promocional Hive

xqqSFUmv

Os meus outros códigos promocionais

Código Promocional Bolt

Código Promocional Cabify

Código Promocional Uber

Código Promocional Zomato Gold

Escrevo-vos este post com os dedos trémulos, porque mesmo duas semanas depois da minha primeira vez numa trotinete eléctrica continuo traumatizado!

Qualquer pessoa minimamente atenta que ande por Lisboa já reparou na infestação de trotinetes eléctricas que a cidade sofreu.

Primeiro foram os senhores a vender flores e colares psicadélicos no Bairro Alto, depois os Tuk Tuk's, agora vieram as trotinetes, certamente que não faltará muito para começar-se a ver turistas montados em dromedários colina acima colina abaixo.

Na realidade os dromedários nem eram nada má ideia, porque se a trotinete é fantástica para zonas mais planas da cidade, tentar subir do Camões até ao Príncipe Real montado numa delas é basicamente uma missão impossível!

Mas voltando a falar do meu TATE (trauma após trotinete eléctrica), tudo começou há um tempo atrás na ilha do sol quando o Cartão Viva Viagem fez uma parceria com uma marca de trotinetes oferecendo alguns minutos de utilização grátis, muito provavelmente de forma a tentar combater o excesso de passageiros nos autocarros depois da descida de preço que os passes sofreram.

E eu pensei para comigo, ora se tenho estes minutos grátis porque é que não vou experimentar andar numa?

Pedi então ao Cara-Metade para pegar no carro e irmos à descoberta de uma trotinete para eu poder montar-me na bicha!

Vejam desde já o irónico da situação: tive que ir de carro procurar uma trotinete para andar, o que parece-me que desvirtua um bocado todo o conceito de salvar o ambiente e evitar a emissão de gases poluentes e coisas que tais.

Quando finalmente a encontrei ia convencido que tinha que ser algo simples.

Afinal eu via criancinhas a andar nelas, e se uma criancinha com um daqueles pensos com golfinhos para curar o olho que desiste conseguia andar eu também!

Pois bem minha gente, só vos tenho a dizer que é assustadoramente horrível!

Saltar para cima da trotinete é fácil, mas quando carregamos levemente na patilha de acelerar aquilo já não é uma trotinete, é um carro de Fórmula 1, tal é o arranque o bicho dá.

Uma pessoa só tem tempo para se agarrar com unhas e dentes ao "volante" e colocar a cara de maior desespero possível para as pessoas que estão a passear calmamente na rua perceberem que o melhor é saírem da frente.

É verdade que também há uma patilha para travar, mas se uma pessoa carrega com força demais a trotinete para tão abruptamente que quase nos vemos a ser projectados para o chão num elegante mortal encarpado!

Agora não tentem, mas não tentem mesmo, andar na calçada portuguesa!

Estão a ver aquelas máquinas de antigamente que uma pessoa saltava para cima delas e ficava lá a vibrar e a vibrar na esperança que a gordura resolvesse ir de férias para longe? É mais ou menos a mesma coisa.

Dei tantos solavancos que tenho a certeza que a celulite que tinha no rabo entrou em coma e nunca mais me vai chatear.

Ainda andei uns cinco minutos montado na máquina do demo, mas sempre às voltas no mesmo sítio e a usar os pés como travão, porque se tentasse ir fazer uma distância maior na ciclovia das duas uma: ou atropelava o primeiro turista que visse a andar no passeio ou esquecia-me que era preciso parar nos semáforos e era passado a ferro por um carro.

Resumindo, não nasci para andar numa trotinete eléctrica, e a minha primeira vez quase de certeza que foi a última! 

A minha primeira vez....numa trotinete eléctrica!

E vocês, já alguma vez experimentaram este meio de transporte? Ficaram traumatizados como eu ou são daqueles que conseguem andar a toda a velocidade enquanto comem um pastel de nata sem atropelarem ninguém? 

32 comentários

Comentar post

Pág. 1/2