Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Triptofano

O teu aminoácido essencial!

A minha desintoxicação virtual forçada!

30.07.19, Triptofano!

Eu sei que está na moda as pessoas fazerem desintoxicações virtuais, passarem X dias sem olhar para o telemóvel, desinstalarem tudo o que é aplicações e notificações, para poderem aproveitar a vida e conectarem-se com o que realmente interessa!

Isso é tudo muito bonito quando não se é forçado a perder o contacto com o virtual, como é o meu caso agora que estou aqui em Cuba!

Ah e tal Trip, mas afinal parece que tens Internet e tudo, não te podes queixar muito...

Pois minha gente, a verdade é que este é um dos primeiros de uma série de posts agendados, porque estive a pesquisar e em Cuba conseguir Internet é todo um drama digno de novela.

Primeiro, existe Internet no hotel, mas paga! 10 euros por hora, o que eu considero um verdadeiro assalto à mão armada!

A alternativa é sair à rua, comprar um cartão numa loja oficial ou numa banca de jornais que custa dois a três euros por hora, descobrir um local onde exista rede wi-fi, que normalmente é nos hotéis ou resorts ou praças centrais da cidade, inserir o código do cartão no telemóvel para poder conectar à rede wi-fi (sim o cartão não é para inserir no telemóvel, é mesmo só e apenas para desbloquear a rede) e no fim perceber que a ligação é tão lenta, mas tão lenta, que conseguir por uma foto no Instagram demora assim uma meia hora!

Por isso, com muita pena minha, a probabilidade de conseguir colocar fotos todo gostosão no resort a beber dois cocktails de uma vez só ou a engasgar-me com o fumo de um charuto maior que o meu antebraço é muito diminuta.

A única coisa que posso fazer, é pedir-vos encarecidamente que aguardem até ao meu regresso!

Isso ou que rezem com muita força para que haja uma revolução em Cuba e tudo o que é turista fofinho e simpático tenha direito a ter Internet super rápida sem pagar um centavo! 

 

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.