Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Triptofano

O teu aminoácido essencial!

À Descoberta de Parques Caninos | Parque do Neudel

15.01.22, Triptofano!

A Dona Custódia adora dormitar no sofá. No entanto também não recusa um bom passeio e eu sei o quão importante é para ela fazer exercício físico, já que para barrigudo basto eu. Por causa disso gosto de a levar a parques caninos, porque além das corridas e dos prolongadas focinhadelas que vai dar a cada centímetro quadrado de chão, há a possibilidade de poder conviver com outros canídeos. No entanto nem todos os parques caninos são iguais, por isso achei que seria interessante para outros donos de patudos partilhar aqui no blog os locais que vou descobrindo com a Dona Custódia.

Dona Custódia no Parque do Neudel

Situado no Concelho da Amadora, o Parque do Neudel é verdadeiramente um projecto ambicioso, onde uma grande área verde não plana - e acreditem que o não plana que é um detalhe bastante importante, não digam depois que eu não avisei - combina uma zona de máquinas de manutenção para fazer exercício ao ar livre, uma zona para as crianças com direito a um barco e tudo, uma casinha de jardineiro fofíssima ocupada por um individuo com a cabeça beijada de neve da idade e um ar rezingão, e um parque canino.

Como quase perito que me tornei a avaliar parques caninos vou-vos deixar aqui os pontos positivos e negativos do parque canino do Parque do Neudel.

Parque canino do Parque do Neudel

Pontos Positivos:

  • É bastante espaçoso permitindo que os canídeos corram à vontade, tendo uma zona de cascalho para eles poderem libertar a sua fúria cavadora, sendo que os postes de madeira da vedação estão juntos o suficiente para evitar alguma fuga atrás de um eventual inesperado cheiro a frango ou toucinho.
  • Possui uma zona de transição, ou seja, quando se entra para o recinto primeiro fica-se numa espécie de antecâmara de onde se passa para o recinto propriamente dito, que é importante para diminuir a possibilidade de algum cão se escapulir.
  • Tem um contentor do lixo para se poder depositar os sacos com os cocós. O contentor também possui um dispensador onde algures no tempo estiveram sacos para serem usados por um dono mais distraído. De momento está vazio.
  • Tem um bebedouro a funcionar pensado para os amigos de 4 patas. Está razoavelmente limpo e a água é fresquinha.
  • Há bancos para os donos se sentarem enquanto os patudos brincam. Lá por uma pessoa ser pai adoptivo de um canídeo não significa que tenha de ficar em pé a ganhar varizes, por isso estes bancos são muito bem vindos.
  • O parque está em bastantes boas condições de manutenção, alguma lama mas pronto é normal, sendo que não vi cocós espalhados pelo chão.

Parque canino do Parque do Neudel

Pontos Negativos:

  • Além da zona de cascalho não há mais nada para os cães se entreterem. Ganhava bastante se tivesse alguns elementos para a prática de agility, o que permitia estreitar ainda mais a relação cão-dono, ou, no meu caso e da Dona Custódia, deixar-me danado por ela não mexer a peida para atravessar a trave e ainda conseguir-me sacar a recompensa da mão.

Numa avaliação geral o parque canino do Parque do Neudel leva 8 patinhas em 10 possíveis!

1 comentário

Comentar post