Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Triptofano

O teu aminoácido essencial!

O Especial de Natal do Porta dos Fundos é assim tão ofensivo?

23.12.19, Triptofano!

Quando o Especial de Natal do Porta dos Fundos saiu no Netflix dei uma olhadela no trailer mas não me puxou para ver.

Obviamente que alguns dias depois, quando toda a polémica se instalou, com direito a processos em tribunal e pedidos para que todos os cristãos boicotassem o Netflix tive que ir assistir para perceber se ele era assim tão ofensivo como diziam.

Não é minha gente! Nem é tão ofensivo como dizem nem sequer é tão engraçado como outros defendem. Tem algumas piadas é certo mas de resto é uma sátira mastigada, morna e que dá para entreter, mas que nem de perto nem de longe é razão para se começar uma nova Guerra Santa.

Pelo que percebi, o cerne da questão está no facto de Jesus Cristo ter voltado do deserto com a revelação de ser gay. Ou pelo menos há a insinuação que Jesus tinha descoberto que era gay, porque em parte alguma se diz abertamente que ele o é. Mas pronto, temos de compreender que na Bíblia é normal pais matarem filhos, filhos matarem pais, haver gente transformada em sal, chuvas de meteoros que matam cidades inteiras com criancinhas incluídas, só que o verdadeiramente abominável é Jesus Cristo ser gay.

Porque todos sabemos que isto da gayzice é coisa moderna, que no antigamente homem que era homem dava pilada na mulher e mulher que era mulher recebia pilada do homem. Homossexualidade era termo desconhecido e ai de quem sequer pense que o filho de Deus podia estar mais afim de um apóstolo do que da Maria Madalena.

O que também chateou as pessoas, aparentemente, foi a forma como Maria e José foram interpretados, de uma forma mundana e muito pouco divina sem aqueles aros celestiais e coros de anjos a cantar a cada segundo e meio. Uma abominação pensar que seres humanos (e não entidades alienígenas superiores) pudessem ser de carne e osso e terem a sua própria personalidade, defeitos e feitios.

É irritante como é que a Igreja Católica se revolta contra uma série humorística de forma tão agressiva mas depois fala-se da pedofilia dentro da mesma igreja e é como se todos estivessem a tentar varrer lixo para debaixo de um gigantesco tapete.

Tenho pena que todos os revoltados deste mundo só ergam as vozes contra coisas mixurucas em vez de se preocuparem com o verdadeiro sofrimento que há em cada esquina! É mais fácil apontar o dedo a quem faz uma série humorística do que a quem deixa um povo a passar fome e a mendigar na rua.

Na realidade, eu, enquanto homem gay, é que devia estar revoltado com o Especial de Natal do Porta dos Fundos, porque no fim revela-se que Jesus foi tentado no deserto pelo Diabo.

Isto quer dizer que uma pessoa por chupar pila tem Satanás no corpo? É que já vi pessoas a serem exorcizadas e enfiadas em campos de reeducação sexual por menos - mas é por causa disso que me vêem com um cartaz a pedir que o Porta dos Fundos seja cancelado e que arda no Inferno? Até o podia fazer, que se calhar o blog ganhava um bocadinho mais de popularidade, mas tenho coisas mais importantes para me dedicar na minha vida.

Obviamente que quem adorou todo este escândalo foi o canal humorístico, que lançou uma resposta a todos aqueles que criticaram o Especial de Natal e cujo vídeo podem ver a seguir.

Para terminar só quero deixar uma pequena reflexão: se todo este caos aconteceu no período do Natal, onde supostamente as pessoas estão todas mais felizes e contentes e a trautear a canção do All I Want for Christmas is You, imaginem se tivesse sido por exemplo em Fevereiro? É que era o inicio da 3ª Guerra Mundial, sem sombra de dúvidas....