Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Triptofano

O teu aminoácido essencial!

Yankee Candle

30.09.19, Triptofano!

Uma das grandes vantagens de viajar durante um período alargado de tempo com outra pessoa é o facto de podermos passar a conhecer detalhes sobre ela que de outra forma talvez nunca tivéssemos oportunidade.

E basicamente foi o que aconteceu nesta viagem à Colômbia, onde o facto de estarmos praticamente 24 horas juntos, fez com que eu e as duas moças que me acompanharam nesta aventura partilhássemos tudo e mais alguma coisa.

Desde sonhos para o futuro, relacionamentos falhados, a melhor forma de fazer a chuca antes do sexo anal, ralações com o emprego, dissertações filosóficas sobre como utilizar as stories do Instagram, tudo foi abordado.

E uma das coisas que me ficou na memória, uma coisa talvez não tão importante como atingir mais rapidamente o orgasmo enquanto se espera que o verniz das unhas dos pés seque mas que me ficou a bailar no imaginário, foi a história de uma das minhas amigas, que nasceu nos Estados Unidos da América, sobre a visita dela em criança à fábrica das Yankee Candles.

Para quem possa não saber uma Yankee Candle é uma vela aromática que tem a vantagem de durar mais tempo que as velas tradicionais e que queima de uma forma mais graciosa, mas cuja principal diferença para mim são os cheiros.

Existem os tradicionais, como eucalipto ou lavanda, e os ligeiramente abstractos, como o Passeio Assombrado ou o Polo Norte.

Enquanto a minha amiga contava-me deliciada como fora entrar em criança na fábrica e ser devorada por um tsunami de aromas, eu puxava pela cabeça para saber onde tinha enfiado as Yankee Candle que tinha comprado há um par de anos.

Quando cheguei a Portugal descobri, perdidas no canto de uma gaveta, três destas preciosidades: uma de limão, outra de azeitona e tomilho, e uma apelidada de Dia de Casamento.

Yankee Candle Sicilian Lemon - Yankee Candle de Limão

Yankee Candle Olive and Thyme - Yankee Candle Azeitona e Tomilho

Yankee Candle Wedding Day

Honestamente não sei o que é que me deu na altura para comprar uma vela que cheira a Dia de Casamento, talvez tivesse esperança de a acender no dia em que casasse com o Cara-Metade, mas como parece que não vai ser nos próximos 10 anos que vamos ter fundos para contratar a Ana Malhoa (condição obrigatória para a realização do casório) decidi que era altura de sentir o cheiro da bicha antes que ela ganhasse bolor ou coisa do género.

A vela tem um odor muito suave, e o engraçado é que enquanto o Cara-Metade detectou as notas cítricas o meu olfacto deteve-se no cheiro abaunilhado proveniente da fava tonka.

A Yankee Candle Wedding Day pode fazer lembrar um casamento, principalmente aqueles onde os noivos compraram tantas flores que até tiveram de fazer um crédito com uma daquelas financeiras que aparece na televisão, mas eu diria que a sua principal força é ser incrivelmente adequada para um casamento ou outro tipo de celebração.

Isto tudo porque é de uma subtileza que enche o espaço e as narinas, mas sem se tornar o centro das atenções nem espoletar nenhum ataque de asma daqueles que mandam uma pessoa uma semana para os cuidados intensivos.

Além disso, é a prenda ideal para oferecer aos convidados de um casamento.

Em vez de se oferecer aquele charuto que deixa uma sensação horrivelmente amarga na boca, ou o cestinho de missangas que a prima em terceiro grau insistiu em fazer porque tem imenso jeito para manualidades, uma vela da Yankee Candle é a melhor aposta.

Toda a gente gosta de velas, nem que seja para fazer umas coisas mais kinky com a cera, e até é possível fazer uma sondagem umas semanas antes para perceber se é tudo corrido com o mesmo cheiro ou se cada pessoa recebe um aroma personalizado consoante os seus gostos!

Yankee Candle Wedding Day

E vocês, já alguma vez compraram uma Yankee Candle? Qual é o vosso cheirinho preferido?

Na Pele do Triptofano: Caudalie Premières Vendanges Creme Hidratante

30.09.19, Triptofano!

Quando chegou o momento de fazer a minha mochila de 40 litros para duas semanas de férias na Colômbia tive de tomar uma das decisões mais difíceis dos últimos tempos: levar roupa suficiente para trocar todos os dias e não prescindir dos meus cuidados de rosto.

Confesso que ainda estive tentado a reutilizar o mesmo par de cuecas durante 14 dias para ter espaço para levar um exfoliante, mas no fim acabei por escolher a roupa em detrimento dos produtos de cosmética.

Decidi levar apenas um protector solar (que não evitou que eu apanhasse um escaldão gigantesco...) e um creme de rosto que desse para o dia e para a noite!

Não houve cá serum nem contorno de olhos nem máscara de hidratação nem sequer água de limpeza, tendo o gel de banho remediado na altura de tirar as poeiras incrustadas dos meus poros.

Há algum tempo que queria experimentar a Caudalie, porque, admito, no passado fui um bocado bullie relativamente à marca sem ter conhecimento a fundo da mesma, e como na farmácia onde trabalho não há acabei por pedir online.

Mesmo a tempo da viagem chegou-me às mãos o Caudalie Premières Vendanges Creme Hidratante, que eu na minha ignorância linguística pensei que significasse Primeiras Rugas, mas que na verdade é Primeiras Colheitas, que pode ser uma metáfora para o envelhecimento gracioso da pele ou simplesmente uma referência às uvas e vindimas e coisas que tais, que é o pilar em que a Caudalie se apoia.

Este Caudalie Premièves Vendanges é um creme hidratante que pode ser usado de dia ou de noite, apto para qualquer tipo de pele, estando carregadinho de polifenóis e vitamina E, que possuem uma acção antioxidante e antirrugas.

Sem produtos de origem animal na sua composição, este creme promete hidratar e proteger a pele das agressões externas, preservando o seu capital de juventude e fazendo-a irradiar em todas as direcções como uma maluca!

Na Pele do Triptofano: Caudalie Premières Vendanges Creme Hidratante

Prós e Contras

Quando eu leio que um creme dá para todos os tipos de pele fico logo com os pêlos do fundo das costas eriçados, por isso aproveitei o facto de ter viajado com duas amigas, uma com a pele seca e outra com a pele oleosa, para tirar a limpo se o Caudalie Premières Vendanges cumpre ou não o que promete.

Prós

Adapta-se realmente a todos os tipos de pele. Para minha agradável surpresa, tanto eu como as minhas amigas sentimo-nos extremamente confortáveis com o creme, apesar de termos peles completamente diferentes.

É um bom hidratante. Mesmo depois de um dia a caminhar à torreira do sol, o meu rosto continuava hidratado e suave.

Absorve rapidamente, o que é óptimo para quem usa maquilhagem. Sabem aquela sensação de terem gosma na cara? Ou aquele momento em que vão colocar base e fica tudo uma porcaria porque o creme não absorveu? Não se preocupem porque este creme da Caudalie é absorvido super rapidamente!

Está bem embalado! Para mim isto é importante porque fiz umas cinco viagens de avião e em metade deles o meu saco dos líquidos ficou todo sujo por causa de algo que se entornou. Este creme aguentou estoicamente sem um mililitro desperdiçado que fosse!

O perfume é razoavelmente bom. Não é daquelas fragrâncias que uma pessoa delira quando cheira mas também não é de cair para o lado redondo no chão. Podia ser melhor, mas é aceitável e não me causou nenhuma irritação.

Tem 9 meses de validade após abertura, o que é um tempo mais do que suficiente para poder usar o creme todo até ao fim.

Contras

Não tem protecção solar! É quase indecente que um creme vocacionado para a defesa dos agentes agressores externos não tenha um filtro de protecção solar.

O Veredicto Final

Veredicto Final do Caudalie Premières Vendanges Creme Hidratante

O Caudalie Premières Vendanges Creme Hidratante é daqueles cremes que promete e cumpre.

A pele, qualquer que seja o tipo, realmente fica mais hidratada e com um aspecto saudável, sendo que a única coisa que melhoraria era a adição de um filtro solar à fórmula.

Este é um daqueles produtos que eu recomendo para um rosto com um aspecto jovem, ainda sem grandes rugas ou sinais de envelhecimento, ou para quem procure um creme mais leve para conjugar com um produto mais poderoso, como por exemplo um serum anti-envelhecimento!

Na Pele do Triptofano: Caudalie Premières Vendanges Creme Hidratante

E vocês, na altura de viajar o que é que levam convosco? São daquelas pessoas que não saem de casa sem todos os cuidados cosméticos que merecem ou o protector solar já é mais que suficiente?

E relativamente à Caudalie, conhecem a marca ou é uma novidade? Já sabem, contem-me tudo! 

 

O Regresso

Ou como já estou a precisar de férias novamente!

30.09.19, Triptofano!

E assim se passaram duas semanas de férias na Colômbia, duas semanas de mochila às costas, com muita roupa a cheirar mal, demasiados fritos ingeridos e um escaldão que me transformou numa autêntica cobra a trocar de pele.

Ontem regressei a Portugal, por volta da hora de almoço, mas o cansaço acumulado e a diferença horária fez-me entrar numa espécie de coma do qual só acordei hoje de manhã, já ligeiramente atrasado para entrar ao trabalho!

E quando voltei ao trabalho descobri que a farmácia apostou numa gigantesca linha de perfumes!

Por isso, somando à minha extasiante alegria em vender sapatos ortopédicos e óculos de leitura, agora posso rejubilar com a maravilhosa tarefa de borrifar em pulsos alheios fragrâncias mais almiscaradas ou com um coração mais metálico!

5 anos na faculdade a estudar tempos de semi-vida e estruturas moleculares para quê?

Tivesse eu sabido e tinha ido fazer um estágio de ano e meio na Sephora que tinha agora muito mais habilitações e poupado um bom dinheiro em propinas aos senhores meus pais!

E pronto, como podem ver voltei com um humor fantástico, daqueles que animam qualquer pessoa na sala (só que não...).

Os próximos dias vão ser para colocar os e-mails em dia, responder aos vossos comentários e ler todos os posts do desafio dos pássaros! 

Mais uma vez obrigado por todo o vosso carinho, por estarem desse lado, por serem os melhores leitores do mundo e por aguentarem as minhas crises de mau humor!

Adoro-vos!