Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Triptofano

O teu aminoácido essencial!

Suplementos para Emagrecer: Sim ou Não?

09.08.19, Triptofano!

A Rute (uma confessa leitora assídua aqui do blog mas que incrivelmente não tem nenhum - como é que pode!!!) mandou-me um e-mail a perguntar se na minha opinião os suplementos alimentares para emagrecer realmente funcionam ou não!

A minha resposta é um NIM!

Suplementos para Emagrecer: Sim ou Não?

 

Primeiro que tudo quero que tenham em mente que o mercado do emagrecimento é algo extremamente lucrativo, sendo por isso que todos os anos são lançados produtos novos que prometem que é desta que vamos perder aquelas gorduritas e ficar todos gostosões para ir para a praia (como se uma pessoa não fosse gostosona de qualquer forma!).

Se os produtos fossem realmente miraculosos não era necessário a cada 365 dias surgir uma fórmula ainda mais melhorada, ainda mais rápida, ainda mais fantástica, certo?

Não é que estes suplementos não ajudem realmente a perder peso, mas a forma como são publicitados levam uma pessoa a pensar que é só tomar uma mão de cheia de comprimidos e PUF, resultados do dia para a noite. Só que isso nunca acontece.

Dependendo da sua fórmula, os suplementos alimentares podem acelerar o metabolismo, aumentar a sensação de saciedade, ajudar a eliminar a retenção de líquidos ou mesmo a transformar gordura em músculo. Só que precisam sempre duma ajuda da nossa parte.

Reeducação alimentar (não sou cá adepto de dietas mas sim de aprender a comer correctamente) e exercício são a chave para perder peso de uma forma saudável e consistente.

Por exemplo, tenho um casal de utentes que em dois meses perderam uma data de peso.

Ele uns espectaculares 13 kgs e ela uns não menos fantásticos 5.

Tudo porque ao fim do dia deixaram de ser sedentários, passaram a andar uma hora e reaprenderam a jantar, deixando de ingerir tantas calorias, muitas delas sem qualquer valor nutricional.

A verdade é que conseguiram isto sem a ajuda de qualquer suplemento. Também é verdade que os resultados ainda poderiam ser melhores com alguma ajuda externa.

Mas o importante é perceber que a mudança tem de vir de dentro! 

Não há comprimidos mágicos, há sim suplementos que podem potenciar os resultados do nosso esforço, dando-nos ainda mais motivação para continuar!

Qual é que é a vossa experiência com suplementos para emagrecer? Tiveram bons resultados ou nem por isso? Contem-me tudo!

Truques de Beleza para Viagens de Avião

07.08.19, Triptofano!

Quando vamos de férias e precisamos de fazer uma viagem de avião, temos sempre a esperança de chegar ao nosso destino frescos e fofos, com um ar maravilhoso de meter inveja aos locais e com uma luminosidade tal que tudo o que for papparazzi vai querer tirar-nos uma foto porque com tão bom aspecto só podemos pertencer ao gang do cocktail e do croquete, vulgo Jet Set.

Só que a realidade é assim ligeiramente diferente, já que dentro do avião a humidade é mais baixa do que o normal e oscila entre os 10-20%. 

O resultado muitas vezes traduz-se em lábios ressequidos, pele com um aspecto baço e a repuxar e olhos completamente desconfortáveis, como se alguém nos tivesse mandado um punhado de areia directamente para dentro deles. 

Com os anos (eu que sou assim uma pessoa muito viajada...NOT) fui aprendendo alguns truques para utilizar no avião de forma a ter um aspecto minimamente decente na altura do desembarque, e não parecer um daqueles repatriados que ficou 36 horas sem dormir numa sala de interrogatório por estar a transportar narcóticos entre o nalguedo!

Façam uma Máscara

Se fizerem um voo intercontinental o melhor que podem fazer é uma bela de uma máscara.

Quando estiverem a meio da viagem, colocam uma boa camada no vosso rosto (se puderem limpar a cara antes melhor, mas se não também ninguém vai morrer por causa disso) e aproveitam para relaxar enquanto o produto faz o seu trabalho.

Escolham uma máscara que tenha propriedades hidratantes e regeneradoras, mas mantenham-se longe das exfoliantes ou das com efeito peeling, porque essas vão obrigatoriamente precisar de retirar com água depois de X minutos, e não vale a pena terem esse trabalho todo.

Apesar de mais práticas, as máscaras descartáveis de tecido ou de papel tem a desvantagem que não podem dormir com elas.

Isto porque a partir de um certo tempo, a máscara em vez de hidratar a vossa pele começa a deixá-la cada vez mais ressequida, porque reabsorve a água por um processo de osmose!

Para esta viagem a Cuba vou levar a Premium Máscara Suprema da Lierac, em amostras obviamente, porque além de ser pobre para comprar o produto em tamanho original ainda corria o risco de algum passageiro tentar deitar-lhe a mão enquanto eu estivesse a roncar feito um porco dormir!

Apesar de na embalagem dizer que esta máscara deve ser retirada depois de 5 a 10 minutos de actuação, podem dormir com ela sem qualquer problema!

Premium Máscara Suprema da Lierac

Usem Água Termal

Se a vossa viagem for mais curta ou se não gostarem de máscaras, a solução é levarem uma embalagem pequena de água termal convosco (tenham sempre atenção às restrições no transporte de líquidos na bagagem de mão!).

Além duma sensação refrescante imediata, podem contar com uma pele mais luminosa e com um aspecto de quem viajou em primeira classe quando na realidade esteve 3 horas encafuado em económica a levar com o cheiro nauseabundo das casas-de-banho.

Há imensas marcas no mercado, mas eu sou fiel à da Uriage! 

Água Termal Uriage

Se quiserem saber mais benefícios sobre a água termal basta clicar aqui!

 

Apostem num bom bálsamo labial

Ninguém quer começar as férias com lábios ressequidos e sensíveis, e muito menos com alguma greta dolorosa que impeça a pessoa de beber todas as Pinas Coladas a que tem direito, enquanto abana furiosamente a pulseirinha amarela na cara do empregado do bar que tem o péssimo hábito de servir bebidas com mais gelo do que álcool!

O meu conselho é investirem num bom bálsamo labial e irem aplicando várias vezes ao longo da viagem. 

O que eu costumo usar é o Bariederm Cica-Labial da Uriage, principalmente por causa da sua textura, que me permite fazer uma máscara labial se começar a sentir que vou ficar com os lábios numa verdadeira lástima.

Se tiver alguma boqueira, ou uma irritação na região perinasal ou mesmo um pequeno corte naquela zona onde a orelha liga-se à pele (não sei se sou o único mas volta e meia tenho feridas minúsculas aí) também uso este produto com resultados bastante positivos.

Uriage Bariederm Cica-Labial

Hidratem os Olhos

Os nossos olhos estão revestidos por uma camada fina conhecida como filme lacrimal, que ajuda a manter as lágrimas e a prevenir que estas evaporem.

Quando esta camada é perturbada, as lágrimas evaporam e uma pessoa fica com os olhos secos e irritados!

O segredo é ir hidratando os olhos regularmente durante a viagem para manter o filme lacrimal em boas condições, e para isso o melhor é usar um colírio hidratante (também conhecido como lágrima artificial).

Para mim é um horror usar colírios porque nunca acerto à primeira dentro do olho.

Fico sempre meia hora à espera que a gota caia e quando finalmente ela decide-se a cair foi no preciso momento em que pestanejei o que me deixa incrivelmente frustrado.

Além de que estar sentado no avião e ter de me inclinar todo para trás para conseguir hidratar correctamente o globo ocular não é a coisa mais fácil deste mundo.

Por isso é que eu uso o Optrex Actimist Spray para olhos secos e irritados, que é espectacular porque pode-se pulverizar de olhos fechados e o produto chega ao sítio onde tem de chegar quase como por artes mágicas.

Outras vantagens deste spray é que tem uma validade longa depois de aberto (6 meses) e pode ser usado com lentes de contacto!

Optrex Actimist Spray

E vocês, quais são os truques de beleza que usam durante uma viagem de avião para chegarem ao vosso destino com um ar deslumbrante?

Um coração que cabe na palma das mão!

05.08.19, Triptofano!

Confesso-vos que demorei largos instantes antes de decidir-me a escrever este post que deixei agendado para sair hoje.

Mas no fim percebi que é importante partilhar não só as alegrias e sorrisos, mas também as inquietações, as tristezas e as coisas que nos deixam o coração apertadinho!

Para aqueles que não sabem tenho três porquinhas-da-índia, que são das coisas que eu mais amo nesta vida.

O problema é que estes animais tem uma esperança de vida curta, sendo que as minhas com três anos já são porcas adultas, verdadeiras devoradoras de feno e vegetais, que me levam quase à falência todos os meses.

Na última consulta de rotina, a nossa veterinária descobriu massas inquietantes numa das nossas porcas, massas que há seis meses não estavam lá, o que não era de todo bom sinal!

Fomos por indicação dela a uma médica especialista em ecografias a animais exóticos e aquilo que já sabíamos mas não queríamos aceitar confirmou-se: um cancro agressivo de rápida progressão.

Ainda pensámos em ir a uma consulta de quimioterapia no Hospital Veterinário do Restelo (eles prestam este serviço para cães e gatos mas também exóticos) mas depois de conversarmos com a nossa veterinária percebemos que para ter algum tipo de resultado teríamos de sujeitar a porquita a uma série de intervenções que poderiam ainda ser-lhe mais prejudiciais.

A verdade é que ela pode viver mais um ou dois anos sem qualquer problema, como pode viver mais um ou dois meses, é uma verdadeira incógnita.

Mas o que me deixa o coração numa lástima, é saber que ela agora está na clínica com as irmãs em regime de Hotel, a ser super bem tratada é verdade (quando vi o feno que eles lá dão às porquinhas senti-me tão pobre e mau pai que nem queiram saber...algo que só piorou quando trouxeram uma taça cheia de vegetais todos cortados assim em ângulos perfeitos quando eu literalmente arremesso meio pimento e duas cenouras para dentro da gaiola!), mas que pode não aguentar até eu voltar.

E eu não queria nada voltar de férias e descobrir que um bocadinho de mim já não existe.

Compreendo e aceito que a vida é feita de chegadas e partidas, mas bolas, custa tanto!

Todos os dias tenho olhado para a foto das minhas meninas e enviado muita energia positiva para estarem resmungonas e gorduchas quando eu voltar!

Làska

 

Priscilla

 

Escovinha

 

Como manter as plantas vivas durante as férias!

02.08.19, Triptofano!

Tenho plantas em casa é certo, mas todas as que possuo são daquelas super hiper resistentes capazes de sobreviver a um cataclismo, porque qualquer outro ser praticante da fotossíntese que necessitasse de maiores cuidados não iria sobreviver perante a minha supervisão mais do que uma semana.

Só que sabendo que nem toda a gente é como eu, e certamente muitos de vocês possuem plantas lindas e maravilhosas, resolvi partilhar algo que descobri há pouco tempo e nem sabia que existia (mas pronto, também posso ser eu que ando a viver debaixo de uma pedra!).

Na minha cabeça só existiam duas opções para manter as plantas vivas durante as férias: ou pedinchar insistentemente a um amigo/familiar para ir lá a casa dar-lhes de beber ou levá-las no avião porque afinal elas também merecem viajar um bocadinho certo?

Se nenhuma destas opções fosse concretizável então o mais provável era no regresso a casa a planta estar mais para lá do que para cá!

Mas afinal existe uma outra alternativa, que é a água sólida para plantas, uma espécie de água em gel que permite que a planta fique até 30 dias sem ser regada, o que eu acho algo simplesmente fantástico! 

Como manter as plantas vivas durante as férias!

Como manter as plantas vivas durante as férias!

 

E vocês, já conheciam esta opção para manter as plantas vivas durante as férias? Existe outra que conheçam e queiram partilhar? 

Pág. 2/2