Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Triptofano

O teu aminoácido essencial!

Jantar é uma Battlefield

26.02.19, Triptofano!

Edmundo em 10 segundos: Levem uma armadura para defenderem a vossa integridade física, analisem a carne da espetada antes de a meterem na boca, optem por outra sobremesa que não os profiteroles mas calma que nem tudo é mau, a picanha é muito boa!

 

Edmundo

 

Desde que vivo em Benfica, vai para 5 anos, é raro o dia que não passe em frente do Edmundo, um restaurante que é verdadeiramente um marco no bairro.

 

Mas em cinco anos só entrei no Edmundo uma única vez, e o sentimento com que fiquei foi que não era mau mas também não era bom, era um nim!

 

Ainda por cima lembro-me bastante bem que nessa noite houve dois jantares de anos a decorrer no restaurante, por isso por duas vezes as luzes desligaram-se completamente para cantar os Parabéns e eu fiquei sem saber se estava a cortar um pedaço de carne ou um naco do meu dedo.

 

Como sou um verdadeiro crente decidi dar uma segunda oportunidade ao Edmundo, mas basicamente foi como quando nos lembramos daquela pessoa com quem nos tínhamos enrolado anos atrás mas por alguma razão acabámos por nos afastar.

 

Uma pessoa quer-se convencer que se calhar foi ela que foi exigente demais, que a outra pessoa até é fofinha e tudo e tudo, mas quando nos voltamos a enrolar é que nos lembramos porque é que tínhamos a alminha bloqueada no Facebook.

 

Quando cheguei ao restaurante fui informado que estava cheio e pediram-me para aguardar numa sala cheia de cadeiras quase até ao tecto e com uma disposição que me fez duvidar se não estaria afinal na urgência do hospital Amadora-Sintra com uma pulseira verde atada ao pulso.

 

IMG_20190226_072554.jpg

IMG_20190226_072606.jpg

 

Desvalorizei o facto, já que devido ao horrível incêndio que o Edmundo tinha sido alvo pouco tempo antes só a parte superior estava em funcionamento sendo que o piso térreo encontrava-se em remodelações, e pronto, as cadeiras tem de ser armazenadas em algum lado não é?

 

Quando subi para o andar de cima rapidamente percebi que as coisas não iam correr bem.

 

Primeiro as mesas, de forma a compensar  a perda do espaço do piso térreo, estavam encafuadas todas umas nas outras.

 

Não é que eu me importe de socializar com as pessoas do lado, mas não é agradável estarmos sempre a levar empurrões na cadeiras dos empregados que tentam alcançar as outras mesas.

Edmundo

Este lado da sala ainda estava aceitável, o lado em que eu fiquei nem tanto...

 

Depois, se acham que vão conseguir alguma coisa com uma voz fofinha e um sorriso amoroso esqueçam isso.

 

Os empregados andam a mil à hora, e ou vocês utilizam a vossa voz de comando para pedirem o que querem da forma mais assertiva possível ou vão ficar votados ao abandono durante intermináveis minutos.

 

Por fim, nunca pensei dizer isto, mas jantar pode ser uma experiência de alto risco, e não pelo facto de uma artéria principal colapsar com o peso do colesterol.

 

Se visitarem o Edmundo levem uma armadura.

 

Entornaram-me cerveja em cima.

 

Um empregado deixou cair uma bandeja em plena corrida atingindo-me com brócolos e caroços de azeitona.

 

E pior, o Cara-Metade viu uma faca transportada numa travessa com a lâmina apontada para fora a passar a milímetros do meu pescoço! (já que era para me darem uma facada que aproveitassem e fizessem logo uma cirurgia ali no local a ver se eu tinha nódulos na tiróide)

 

Tudo bem, a experiência não estava a ser fantástica, mas a comida podia ser excepcional.

 

Podia. Mas não foi!

 

O misto de amêijoas e gambas que veio para entrada estava bem servido e com sabor, mas um molho excessivamente verde, que reflectia um excesso de azeite, e uma total ausência de ervas aromáticas polvilhadas no conjunto ou sequer de uma tímida rodela de limão fizeram com que eu torcesse o nariz especialmente tendo o conta o preço do prato.

 

Edmundo - Misto de Amêijoas e Gambas

 

A picanha fatiada à Edmundo com banana estava deliciosa, e foi ela que acabou por salvar a refeição do Cara-Metade, porque a espetada de novilho com bacon teve de voltar para trás (espetada desconstruída devo dizer já que pedaços de carne e pedaços de bacon não fazem uma espetada a não ser que haja um espeto a ligar tudo).

 

Edmundo - Picanha Fatiada à Edmundo

 

É verdade que perguntaram o ponto da proteína e tudo, mas quando a espetada chegou à mesa a carne vinha seca, sem brilho, com um ar completamente incomestível. A revelar largos minutos de espera num recanto do grelhador. 

 

Ao pedirmos para que nos trocassem a carne a resposta foi que era a última porção, e nesse momento juro que ouvi os Dama a cantar jocosamente Não dá, não dá, não dá!

 

Edmundo

Como eu estava esperançado que viesse uma nova espetada não ponderei sequer em tirar uma foto à que foi para trás! Fica o registo das batatas fritas e do arroz que vinham a acompanhar...

 

Nesta altura do campeonato eu já só queria ir embora, mas o Cara-Metade estava desconsolado e pediu uma sobremesa.

 

Optámos pelos profiteroles na esperança que nada pudesse correr mal, mas quando uma sobremesa que devia vir gelada para contrastar com o quente do chocolate vem apenas fresca, enfim, foi a facada final (ou pensava eu que tinha sido) num jantar que revelou-se uma grande desilusão.

Edmundo - Profiteroles

 

Mas, quando eu pensava que nada podia piorar ainda mais o meu estado de espírito, eis que vem a conta.

 

Pagámos, sem grande vontade é certo, mas só depois disso é que eu vi que a caneca de cerveja que tinha pedido estava a ser cobrada oitenta cêntimos mais cara.

 

Apontei o erro ao empregado que nem sequer conseguiu articular um desculpe qualquer coisinha.

 

Pegou num euro e deu-me, como se fosse uma esmola, e disse para ficar com o troco.

 

Edmundo

 

Eu podia dizer-vos para visitarem o Edmundo, para descobrirem uma casa com fama em Benfica, mas isso era não ser vosso amigo.

 

Se estiverem nas redondezas e não houver outra opção arrisquem, pode ser que tenham mais sorte que eu!

 

Edmundo Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

E ninguém fala do homem que levou um vestido?

26.02.19, Triptofano!

Como já devem ter reparado eu sou um moço muito mais da Eurovisão do que dos Óscares, talvez pelo facto de ter uma memória péssima no que toca a filmes - quem os realizou, quais é que foram os actores que participaram, se foram estreados antes ou depois de eu nascer...

 

Agora estava à espera que alguém aqui da comunidade Sapo falasse sobre a indumentária que Billy Porter apresentou na Red Carpet, nem que fosse um apontamento acerca da fluidez do tecido, ou se a cor do debruado condizia com as cutículas, mas nada, nadinha, nem uma referência sequer para meu gáudio.

 

Billy Porter levou um smoking-vestido de veludo autoria de Christian Siriano (que saudades de o ver no Project Runway) que relançou o debate sobre o que é masculino e o que é feminino, muito na onda do menino veste azul e menina veste rosa.

 

Esta afirmação pessoal do actor tornou-se ainda mais impactante porque ele não se apresentou como uma Drag Queen, ou seja um homem que se veste de mulher, mas sim como um homem com uma peça de roupa associado ao sexo feminino.

 

Mas se as mulheres podem usar calças e fatos e serem aplaudidas por transmitirem uma imagem de força e confiança, os homens não devem usar vestidos com longas caudas porque podem transmitir sensibilidade? Fragilidade? Delicadeza?

 

Este binómio masculino feminino é algo que já enjoa, por um lado porque coloca a mulher sempre como a frágil flor que tem de ser protegida dos ventos agrestes do mundo, por outro porque quase que transforma o homem num ser das cavernas que arrota alto e nem se lembra de lavar as mãos depois de mijar.

 

Pessoas deste mundo, vamos lá a ver se nos entendemos, todos nós, por mais que não queiramos admitir, temos uma parte feminina e uma masculina, e todos nós temos o direito de a expressar da forma como quisermos.

 

Roupa é simplesmente roupa. Acessórios são simplesmente acessórios. Fazer biquinho para as fotos nunca criou cirrose hepática a ninguém.

 

E para os velhos do Restelo que anunciam catastroficamente que o mundo está perdido, o verdadeiro problema não são as peças de fruta que por fora não aparentam ser tão bonitas como as outras, mas sim aquelas fantasticamente luzidias que ao abrir-se descobre-se que estão podres!

 

Billy Porter Óscares 2019