Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Triptofano

O teu aminoácido essencial!

Já não há Friend Zone neste País?

08.01.19, Triptofano!

Fazendo minhas as palavras de uma passageira do autocarro que extremamente chocada relatava para quem quisesse ouvir a chamada telefónica do Senhor Presidente à Cristina Ferreira, as pessoas estão todas malucas.

 

Antigamente existia a Friend Zone, aquela área onde os sentimentos amorosos morriam por mais que uma pessoa tentasse transpor as fronteiras e passar para a Love Zone.

 

Hoje em dia existe a No Zone que transita imediatamente para a Sex Zone, que é a mesma coisa que dizer que as pessoas passam de não conhecer a outra de lado nenhum para lhe quererem saltar para dentro das cuecas.

 

Eu percebo que o sexo seja uma necessidade básica como beber ou dormir, mas parece-me que existe muito boa gente por aí com uma desregulação endócrina o que as faz ter as hormonas aos pulos, porque não interessa se são solteiros, se são casados, se a outra pessoa está comprometida ou não, o importante parece ser pinocar o mais rapidamente possível não vá o aparelho reprodutor gangrenar com falta de uso ou coisa que o valha.

 

É aceitável receber propostas indecentes se estivermos em plataformas de engate como o Tinder, afinal não podemos ser extremamente ingénuos.

 

O nosso perfil até pode dizer que estamos interessados em passeios na praia e conversas prolongadas com o pôr-do-sol como pano de fundo, mas isso não significa que não vá haver quem tente a sua sorte e pergunte se estamos interessados em dar uma cavalgada sem sela.

 

Agora no Instagram é que eu não compreendo.

 

Desde quando é que o Instagram passou a ser uma plataforma de ataque?

 

Uma pessoa até tem medo de abrir a caixa de mensagens porque quando dá por ela PIMBA, pila na cara.

 

É que é assim tudo tão rápido que nós até demoramos uns segundos para processar o que nos deixou atordoados, até identificarmos o órgão fálico que nos entrou pelos olhos dentro.

 

No passado mandavam-se Gifs com rosas cheias de glitter e gatinhos a bocejar, agora a moda é mandar uma pila e ver se pega.

 

Mas é suposto eu olhar para a pila de um desconhecido (ainda é mais assustador quando não é de um desconhecido) e começar a salivar? Ou ficar com cócegas ali na zona do períneo?

 

Minha gente, eu sou detentor de uma pila (bonita até), mas sou o primeiro a dizer que uma pichota, tesa ou não, não é uma obra de arte!

 

Não é uma imagem que nos expanda o cérebro e nos faça transitar para outra dimensão. Muitas vezes é algo bastante feio e perturbador.

 

Pior do que quem manda fotos de pila é quem não tem a noção que a sua genitália é algo parecido com a Guernica de Picasso.

 

Somos todos diferentes e é muito bonito a história do body positivity e coisas que tais, mas também há que ter alguma capacidade de auto-crítica.

 

Se a nossa piloca parece que foi vítima de um atropelamento em cadeia então talvez seja melhor mandarmos fotos de outra zona do corpo que não faça ninguém ficar com refluxo.

 

Para perceberem o drama da inexistência da Friend Zone neste país, há uns dias recebi uma mensagem no Instagram de um rapaz que tinha conhecido há muitos anos por intermédio de uma amiga.

 

Depois de ele me mandar um olá e perguntar como eu estava, convida-me para um café.

 

Ora isto começou logo a fazer soar-me um alarme de Tentativa de Engate na minha cabeça.

 

Uma coisa é alguém meter conversa e perguntar pela vida, mas menos de um minuto depois já estar a convidar para um café?

 

Respondi-lhe com um dia destes talvez, que basicamente significa nem pensar, nunca na vida, põe-te a andar.

 

Ou ele não percebeu ou não quis perceber, porque de seguida informa-me que se eu quisesse podia ir tomar café na casa dele.

 

Resumindo, pessoa com quem eu falei duas vezes há uns 6 anos atrás de repente descobre que eu existo e quer convidar-me para um café na casa dele.

 

Acham que esta pessoa está interessada em construir uma amizade?

 

Pois não me parece!

 

Conto-vos mais.

 

Na semana passada estava eu no autocarro muito sossegado na minha vida quando entra um moço que fica a olhar fixamente para mim durante a viagem toda, com aquele olhar que é um misto quero-te comer com vou dar-te uma naifada nos rins.

 

Quando finalmente chega a estação dele ele diz-me umas palavras com um ar pseudo sensual, sai e continua a olhar para mim enquanto o autocarro se afasta.

 

O que foi que ele disse perguntam vocês?

 

Na realidade não faço ideia, porque eu tinha os auriculares enfiados nos ouvidos com a música no volume máximo, por isso ele até me pode ter perguntado as horas ou eu poderia estar com uma aranha gigante na cabeça e ele só me queria avisar.

 

Mas quase de certeza que foi algo ordinário, o que me faz ter mais certezas que a Friend Zone deste país desapareceu.

 

Dizem que é impossível um homem e uma mulher serem amigos sem segundas intenções.

 

Mas então e dois homens homossexuais?

 

É possível ter uma amizade sem um dia nos espetarem literalmente com uma pila na cara?

 

Será que as pessoas só se aproximam com a esperança de ter alguma acção sexual?

 

Teremos chegado a um ponto em que temos de ter medo de equacionar ser amigos de alguém porque em alguma altura essa pessoa vai-nos perguntar se pode dar uma snifadela nas nossas cuecas?

Local - Your Healthy Kitchen

08.01.19, Triptofano!

Local - Your Healthy Kitchen em 10 segundos: Encontrem comida saudável com qualidade e diversidade num brunch all you can eat, enfiem a língua no pó de framboesa, não se enganem com o líquido castanho e no fim ensaiem um pé de dança com as árvores do espaço!

 

Local - Your Healthy Kitchen

 

Depois de vários pedidos encarecidos de amigos e familiares para eu deixar de ingerir quantidades industriais de com

ida que potencialmente poderia não ser a melhor para o meu organismo eu tomei uma decisão!

 

Podia simplesmente ter prometido que ia cortar nas doses que enfiava no meu bandulho mas isso seria impossível visto ter o estômago irremediavelmente dilatado a esta altura do campeonato.

 

Por isso, tendo em conta que eu até quero chegar aos 45 anos mais coisa menos coisa, resolvi escolher locais mais saudáveis para me empanturrar.

 

Foi no Local - Your Healthy Kitchen de Santos que iniciei esta tentativa de ser mais saudável (que provavelmente vai durar assim semana e meia no máximo).

 

O Local é um sítio giríssimo, com uma esplanada enorme e com árvores dentro do restaurante, de forma a transmitir uma sensação de harmonia com a natureza, fazendo-nos ponderar durante segundos se devemos entrar num transe biónico enquanto dançamos com as incautas árvores! (acham que sou eu que estou a delirar quando falo sobre dançar com árvores? então espreitem aqui para perceberem que eu não sou o único louco do mundo)

 

Local - Your Healthy Kitchen

 

Os empregados são extremamente simpáticos, sempre disponíveis e com um sorriso no rosto, mas quando a colaboradora que nos atendeu explicou que o brunch que nós tínhamos reservado era um all you can eat, eu vi o medo espelhado nas feições dela, porque mal o meu cérebro percebeu que estava diante de um comer-até-rebentar os meus olhos brilharam mais poderosos de que um farol em dia de nevoeiro.

 

No Local há muita coisa onde podem ferrar o dente.

 

Além da mesa cheia de coisas boas e visualmente tentadoras, podem pedir panquecas, ovos, e algumas bebidas quentes.

 

É verdade que não se vão deparar nem com bacon nem com mini-salsichas a pingar de gordura, mas podem deleitar-se com uma Frittatta de courgette, ervilhas e hortelã, ou uns cogumelos Portobello com legumes e queijo Feta, ou mesmo uns Noodles de arroz com frango asiático, para quem não dispensa uma proteína animal.

 

Local - Your Healthy Kitchen

Local - Your Healthy Kitchen

Local - Your Healthy Kitchen

Local - Your Healthy Kitchen

 

Eu provei basicamente tudo.

 

Sentei-me era sensivelmente meio-dia e meio e só me levantei passadas duas horas, tempo durante o qual estive sempre a comer, não porque tivesse assim muita fome mas porque precisava de experimentar o máximo número de coisas possíveis para elucidar os leitores aqui destas minhas rubricas gastronómicas (cof cof).

 

Relativamente às coisas que mandámos vir para a mesa e não estavam já prontas na zona self-service, os ovos mexidos estavam deliciosos, fresquinhos, muito bem feitos.

 

Ovos Mexidos - Local - Your Healthy Kitchen

 

As panquecas de chocolate eram fofinhas mas é imprescindível que quando as receberem se levantem e vão colocar-lhes alguns toppings, se não a meio da panqueca fica tudo demasiado seco.

 

Por isso quando ela chegar à mesa levantem o vosso rabiosque e coloquem tudo e mais alguma coisa em cima dela, seja agave, doce, manteiga de amendoim...o que vocês gostarem.

 

Panqueca de Chocolate - Local - Your Healthy KitchenPanqueca de Chocolate - Local - Your Healthy Kitchen

 

Se vocês forem adeptos ferrenhos do DIY podem sempre fazer a vossa própria bowl saudável.

 

Com uma base de iogurte grego ou iogurte de soja de baunilha (ou ambos como eu fiz), podem adicionar fruta fresca, aveia, frutos secos, toppings saudáveis, tudo o que vocês quiserem e imaginarem, até ficarem com uma taça a transbordar.

 

DIY Bowl - Local - Your Healthy Kitchen

 

Agora, se forem ao Local, há três coisas que têm mesmo de provar.

 

Primeiro o gravadlax com beterraba.

 

Basicamente é um salmão curado em beterraba detentor de uma cor avermelhada não muito normal de se encontrar neste peixe, mas cujo sabor é tão bom que eu quase que comi uma travessa sozinho.

 

À esquerda o gravadlax de beterraba - Local - Your Healthy KitchenEm baixo o gravadlax de beterraba - Local - Your Healthy Kitchen

 

Em segundo lugar, as tâmaras.

 

E estas tâmaras são qualquer coisa.

 

Recheadas com manteiga de amêndoa e cobertas com chocolate elas vão dar-vos energia para o resto do dia.

 

Provavelmente também calorias para o resto da semana mas isso são detalhes.

 

No Topo a Tâmara Coberta de Chocolate - Local - Your Healthy Kitchen

 

Por fim o mufffin de aveia e framboesa.

 

O pó ácido de framboesa no topo do muffin é qualquer coisa do outro mundo.

 

Não tenham vergonha e espetem a língua na direcção dele e arrepiem-se com um novo mundo de sensações nunca antes descobertas.

 

Vale mesmo a pena.

 

Sobremesas do Local - Your Healthy Kitchen - No Topo o Muffin de Aveia e Framboesa

 

Existem apenas alguns pequenos detalhes que poderiam melhorar no Local, mas nada que tire o mérito ao espaço.

 

O mel que estava exposto tinha endurecido de tal forma que era impossível ser servido sem levar-se meio quilo atrás.

 

A quinoa preta com camarão, manga e abacate estava repleta de sabor, mas a experiência de comer este alimento é algo parecido com enfiar a boca numa taça cheia de sementes de kiwi (devido à dureza da quinoa preta).

 

A quinoa introduz-se em todos os espaços possíveis e imaginários da cavidade bucal, e se forem como eu que armazena quantidades gigantescas de alimentos nos espaços interdentários então afastem-se deste prato!

 

Quinoa Preta com Camarão, Manga e Abacate - Local - Your Healthy Kitchen

 

Algumas das placas identificativas dos pratos estavam trocadas, e foi esta troca que me induziu em erro.

 

Eu já tinha visto umas tacinhas fofas com um líquido castanho que pensei que fossem uma sobremesa toda hipster.

 

Ora quando eu terminei o meu prato de sobremesas lembrei-me que não tinha molhado o bico no líquido castanho.

 

Levantei-me todo afoito e fui buscar uma das taças.

 

Ainda tentei perceber o que raio era aquilo mas como a placa que estava ao pé dizia Tomate com Burratta (o que não me parecia que fosse) encolhi os ombros e lancei-me à descoberta.

 

Quando meti a primeira colherada na boca todo eu me arrepiei com o sabor.

 

Não era doce de todo, e o meu primeiro pensamento era que devia ser uma sobremesa daquelas alternativas onde usam vinagre em vez de ovos.

 

A segunda colherada revelou-me que afinal aquilo não era doce nenhum, era sim uma sopa de cogumelos.

 

Podia tê-la deixado na mesa, mas como desperdiçar comida é crime e no fim de tudo a culpa foi minha porque já estava mais que cheio mas armei-me em guloso, a minha pós-sobremesa foi engolida de um trago, arrepiando-me todos os pêlos do corpo.

 

Sopa de Cogumelos - Local - Your Healthy Kitchen

 

Se procuram um sítio saudável para comerem até rebentar e não sentirem assim tanta culpa por terem ingerido 8 kgs de alimentos então o brunch do Local é ideal para vocês.

 

E podem sempre dançar com uma árvore para aceleraram a digestão e queimarem algumas (poucas) calorias!

 

Local - Your Healthy Kitchen

Local - Your Healthy Kitchen

 

Local Santos - Your Healthy Kitchen Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato