Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Triptofano

O teu aminoácido essencial!

Vai um Chá de Ginkgo Biloba?

07.01.19, Triptofano!

No dia 6 de Agosto de 1945 a bomba atómica "Little Boy" foi lançada sobre Hiroshima originando uma explosão com uma temperatura 40 vezes superior à do sol, matando instantaneamente mais de 140 mil pessoas e arrasando com tudo o que estava à volta!

 

Mas no ano seguinte, entre a desolação e as ruínas, uma Ginkgo Biloba brotava novamente, comprovando a extraordinária vitalidade desta árvore.

 

Sendo a árvore sagrada do Extremo Oriente, a Ginkgo Biloba é uma poderosíssima aliada para quem sofre das temíveis olheiras azuis e de olhos inchados. 

 

De que forma é que a Ginkgo actua?

 

Melhorando a microcirculação!

 

Os princípios activos das folhas são os flavonóides, os ácidos orgânicos e sobretudo as lactonas específicas da Gingko, os gingkólidos e os bilobálidos. (raios de nomes mais esquisitos que dão às coisas...)

 

Estas activos dilatam artérias, veias e capilares, melhorando a microcirculação e a viscoelasticidade do sangue, prevenindo a formação de coágulos.

 

Mas a Gingko não serve apenas para as olheiras.

 

Quem sofre de frieiras - nos pés, nas mãos ou no nariz - terá grandes benefícios ao tomar as folhas desta árvore, porque quem sofre deste mal sabe o quanto a comichão, a dor e as feridas atrapalham o nosso dia-a-dia.

 

Também quem tem falhas de memória pode e deve consumir Gingko BIloba, já que melhora a circulação sanguínea no cérebro e, consequentemente, o aporte de oxigénio e nutrientes!

 

Aqueles zumbidos irritantes a nível do ouvido  também podem melhorar drasticamente com o consumo desta planta.

 

Ter somente cuidado se a tensão arterial for muito baixa, a Ginkgo consegue diminuir ainda mais a tensão e eu não quero ver ninguém a desmaiar no meio da rua e a partir o nariz ok?

 

Por isso  quem é me acompanha num cházinho de Gingko Biloba?

 

Ginkgo Biloba

 

ASMR

07.01.19, Triptofano!

Antes de abrirem o vídeo abaixo vão para um local sem barulho.

 

Ou coloquem os auriculares/auscultadores de forma a abafarem o melhor possível o ruído ambiente.

 

Se quiserem fechem os olhos e concentrem-se apenas no que vão escutar.

 

 

No mínimo estranho este vídeo não é?

 

O ASMR - Autonomous Sensory Meridian Response ou Resposta Sensorial Autónoma do Meridiano em português - faz sensação no Youtube mas eu só descobri este fenómeno há uns dias.

 

Sabem toda aquela discussão entre os orgasmos vaginais e clitorianos?

 

Com o ASMR subimos a fasquia mais alto, com a chegada do orgasmo mental. 

 

A Resposta Sensorial Autónoma do Meridiano é não mais que uma resposta sensorial a um estímulo visual ou auditivo que provoca uma espécie de sensação de cócegas no couro cabeludo e na nuca e que depois desce pelas costas, ajudando a pessoa a relaxar e atingindo-se o orgasmo mental ou auditivo!

 

Nunca estiveram com alguém que no meio de uma sessão de beijoquice vos tenha chegado ao pé do ouvido e sussurrado um "faz-me o pequeno-almoço!" mesmo dentro do vosso tímpano o que vos arrepiou os pêlos todos do corpo?

 

O ASMR é a mesma coisa!

 

Só que como nem sempre podemos ter alguém a sussurrar-nos coisas ao ouvido em carne e osso multiplicaram-se por essa Internet fora vídeos repletos de sons de baixa frequência que nos vão orgasmizar o cérebro até à exaustão.

 

Pessoas a sussurrar, a escovar o cabelo e a mastigar alimentos são apenas alguns dos exemplos que podem encontrar de vídeos de ASMR, que apesar de algumas pessoas conotarem de forma sexualmente fetichista utilizam-se sobretudo como um veículo de relaxamento e para adormecer melhor.

 

O exemplo que vos dei no início do post pode não ser o melhor para quem se inicia no ASMR porque é tão diferente daquilo que estamos habituados que pode fazer tudo menos relaxar-nos.

 

Eu confesso que fiquei num misto de hipnotização e ataque de riso, porque ver uma senhora deleitada a comer pickles enquanto sussurra parece mais um filme pornográfico muito amador com baixo orçamento do que uma técnica de relaxamento.

 

Mas se sofrem de stress diário ou dificuldades em adormecer experimentem o ASMR.

 

Não olhem para a imagem, concentrem-se apenas no som e deixem que as vossas sinapses neuronais façam o resto.

 

Pode ser que fiquem agradavelmente surpreendidos!

 

E como eu sou um simpático deixo-vos outro vídeo, este talvez mais adequado a uma primeira experiência!