Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Triptofano

O teu aminoácido essencial!

José is Back!

08.09.18, Triptofano!

No último post partilhei convosco a minha aflição relativamente ao Macaco José estar perdido algures no aeroporto de Istambul dentro da mala do cara-metade, acontecimento que nos fez jurar a pés juntos que aconteça o que acontecer nunca mais ele vai sair de ao pé de nós.

 

Hoje, por volta da hora do almoço, o cara-metade foi recuperar a mala dele à alfândega, mala que incrivelmente conseguiu também vir partida.

Ou seja, partiram a mala na ida, e partiram a mala nova que ele comprou no regresso - talvez seja hora de as companhias aéreas começarem a mudar os procedimentos que tem relativamente às bagagens.

 

Algo que eu não sabia era que havia um número tão grande de malas perdidas

.

Segundo o cara-metade o aeroporto possui uma sala só para a bagagem que andou sabe-se lá por onde, e essa sala estava atulhada de malas que ninguém veio levantar - será que as pessoas decidem que não se estão para chatear e desistem dos seus pertences?

 

Mas o mais importante que tudo é que quando abrimos a mala lá estava o Macaco José, perfeitinho mas ligeiramente chateado connosco por o termos deixado abandonado. 

 

O abraço que lhe dei soube-me pela vida.

Macaco José

 

 

Já agora, lembram-se da minha indignação contra a MEO e o facto de me terem sacado imenso dinheiro por causa da chamada que foi para o voice mail?

 

Pois bem, hoje lembrei-me de ver quem é que me tinha deixado uma mensagem de voz.

 

Podia ser a Santa Casa da Misericórdia a dizer que tinha ganho o Euromilhões, podia ser a minha patroa a dizer que me tinha dado um aumento, podia até ser uma marca de cosmética topo de gama a pedir para eu ser o seu representante, de tão bonito e pouco enrugado que eu sou, mas não, quem me deixou a mensagem pensava que eu era a "Tia Iolanda" e pedia-me para eu ligar porque estava num sítio sem rede quando eu supostamente lhe tentei ligar.

 

E como eu tinha previsto dois minutos da mensagem foi com a pessoa a falar com outra sobre as chatices de não conseguir falar com a "Tia Iolanda" até se lembrar que tinha de desligar a chamada para terminar a mensagem.

 

Ainda estou a pensar se lhe mando uma mensagem com o meu NIB a pedir o reembolso do valor que me fez gastar - em nome da "Tia Iolanda" claro!

De regresso a Portugal mas...

08.09.18, Triptofano!

Cheguei finalmente a Portugal.

 

Depois de mais de 24 horas passadas em aeroportos e aviões, de tempestades com trovões, chuvas torrenciais e turbulência assustadora, de ter de fazer mais de 1 km a correr para não perder um voo de ligação com a minha mãe descalça com os ténis na mão a revelar a atleta olímpica que há dentro dela, de deixar moribundos os passageiros do lado com o cheiro dos meus sovacos que não se atenuou com o perfume da casa-de-banho nem com o toalhete para as mãos, de ficar mais de uma hora parado dentro do avião à espera de permissão para levantar, de ter visto meia dúzia de filmes que me ressecaram os olhos, depois de muito desespero e poucas horas de sono, finalmente estou em Portugal!

 

Mas ainda não estou descansado, ainda não desliguei a ficha para repousar depois das férias, tudo isto por causa da mala do cara-metade.

 

Para lá foi completamente destruída, parecia que tinha sido pisada por um elefante.

Para cá, já depois de ter comprado uma nova, descobrimos que a companhia aérea a deixou esquecida em Istambul, e que ainda não se sabe quando chega a Portugal!

 

O problema não é mala nem a roupa nem os souvenirs, o problema é que o Macaco José veio dentro dela. E está sozinho num país estranho, e na minha cabeça só penso e se acontece alguma coisa e não o volto a ver?

 

É um peluche eu sei, mas para mim e para o cara-metade é muito mais que isso!

 

Enquanto não o voltar a ter nos braços não descanso....e nunca mais o mando na bagagem de porão!