Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Triptofano

O teu aminoácido essencial!

O que é que eu ganhei com este blog?

12.03.18, Triptofano!

Passaram-se 251 dias desde que comecei este blog.

 

Produzi 269 posts, figuram entre todos esses posts 6170 comentários - metade deles são meus, mas poderiam ser mais se já me tivesse organizado para responder a quem estou eu falta - e recebi 1208 reacções, entre favoritos, ligações vindas de outros blogs, menções dos Blogs Quentes e uma mão cheia de Destaques do Sapo, incluindo um daqueles grandes topo de página e uma entrevista no Como eu Blogo.

 

Recebi 13833 visitas, 48949 visualizações. Criei um Instagram associado ao blog (apesar de estar ligeiramente abandonado), uma conta do Zomato onde dou a conhecer as minhas descobertas gastronómicas.

 

Dediquei inúmeras horas a escrever textos, para os apagar, voltar a escrever e de novo apagar. Tive um pequeno esgotamento quando deixei de saber gerir a pressão que coloquei em cima de mim próprio, para sair dela mais forte e equilibrado.

 

Participei em Tags, pedi ajuda da blogesfera para conseguir chegar a bom porto no desafio à Descoberta dos Bloggers - o qual foi um sucesso - e deixei em suspenso a ideia de um novo blog em cooperação.

 

Partilhei peripécias do meu passado, dilemas do meu presente, interrogações do meu futuro. Abri-me para estranhos acerca de assuntos sensíveis da minha vida. Não tive pudor para retratar aspectos da minha sexualidade. Dei a conhecer algumas das viagens que fiz, por onde andei, o que vi. Esclareci dúvidas sobre a minha área profissional o melhor que pude.

 

Fiquei a conhecer os blogs de outras pessoas anónimas. Ri-me com muitos, indignei-me com outros, em certos casos até verti lágrimas. Tive o meu punhado de desilusões, mas felizmente não foram muitas.

 

Até que chegou uma ocasião, não sei bem como, em que conheci a primeira pessoa anónima em carne e osso. E depois outra, e mais outra. Houve um Jantar de Natal, jantares e almoços que sem ser festivos foram uma festa, cafés para desabafar tudo o que estava cá dentro. Um grupo do Whatsapp repleto de conversas tontas e conversas importantes. E-mails trocados. Mensagens recebidas.

 

E houve pessoas que nunca conheci fisicamente, mas é como se o tivesse feito. Pessoas que tem a capacidade extraordinária de estar onde são precisas, de dar apoio e carinho, de estenderem a mão quando necessitamos.

 

Ganhei muita coisa com este blog é certo. Visibilidade. Algumas potenciais parcerias, mas nada ainda em concreto. A possibilidade de ter um diário que me relembra de tudo o que normalmente tendo a esquecer, o que depois me leva a pensar que a minha vida é um aborrecimento.

 

Mas o mais importante, foi que ganhei Amigos!

 

Amigos que nunca pensei que fosse encontrar de outra forma. Pessoas fantásticas que de outra forma talvez nunca soubesse que existissem. E mesmo que amanhã decidisse deixar de escrever, ia ficar feliz, porque as pessoas incríveis que entraram na minha vida, essas ninguém me as pode tirar.

 

A vocês, a todos vocês que tornaram estes 251 dias algo de único e maravilhoso, o meu obrigado.

 

O meu mais profundo obrigado, vindo do meu coração.

 

Sem vocês, nada disto valeria a pena.