Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Triptofano

O teu aminoácido essencial!

Um dos lugares mais icónicos de Lisboa

06.03.18, Triptofano!

Lisboa está cheia de segredos, de locais maravilhosos escondidos atrás de fachadas simples, que o comum cidadão apressado não imagina sequer existir.

 

Um desses lugares é a Casa do Alentejo, situada  na Rua das Portas de Santo Antão. Foi neste local que, depois de um espectáculo de improvisação de que vos falei aqui, foi-me oferecida a possibilidade de jantar.

 

Alguns anos atrás, ainda estava eu na faculdade, visitei a Casa do Alentejo, e a imagem que me ficou na memória era a  de um local grandioso, deslumbrante, que enchia os olhos e a alma.

 

E fiquei admirado por essa recordação continuar tão correcta - às vezes quando somos mais novos deslumbramos-nos com maior facilidade. O espaço é magnífico, ostensivo, surpreendente, invadindo-nos o campo visual de uma forma pacificamente inquietante.

 

WP_20180220_23_52_22_Pro.jpg

Esta foto é da saída - quero que, se puderem, vejam pela primeira vez a entrada com os vossos olhos, de forma ao "choque" ser mais genuíno! :)

 

 

Maravilhoso também foi o salão para onde fui encaminhado para jantar. Se a alguma altura me tivessem dito que afinal era um engano, que ali seria celebrado um casamento ou baptizado e não o meu jantar, eu não estranharia, tal era a sumptuosidade do espaço.

 

IMG-20180221-WA0001.jpg

 

WP_20180220_22_31_43_Pro.jpg

 

Só que, por mais que os olhos comam, a barriga também necessita de ser apaziguada. E eu sabia que nos jantares oferecidos em grande escala pelos laboratórios da indústria farmacêutica existe um grande desafio, manter a qualidade inerente ao espaço mas tendo em conta o orçamento do laboratório que requisitou o serviço.

 

A sopa e a sobremesa estavam normais, sem grandes surpresas. Um creme de legumes e uma espécie de leite creme com tiramisú, bem confeccionados mas banais, nada que não conseguisse fazer facilmente em casa.

 

WP_20180220_22_48_39_Pro.jpg

 

WP_20180220_23_33_34_Pro.jpg

 

 

Mas o que me deixou rendido, aquilo que recebeu uma estrela dourada, foi a perna de pato confitada com legumes e cogumelos. Simplesmente deliciosa, com a carne a separar-se facilmente do osso, bem cozinhada, sem aquela sensação de estarmos a mastigar borracha que tantas vezes acontece noutros locais.

 

WP_20180220_23_07_55_Pro.jpg

 

Quanto ao serviço, nada de excepcional a apontar, a não ser que deve ser a minha sina ser sempre esquecido na altura de servirem o vinho. Eu compreendo que a etiqueta diz que se devem servir primeiro as senhoras, mas quando se acaba de o fazer, convinha voltar ao primeiro cavalheiro sem vinho no seu copo antes de se desandar para outra mesa. É que uma pessoa quer ser elegante e depois tem de estar de braço no ar a gesticular furiosamente (enquanto reza para que o desodorizante ainda esteja a fazer efeito) para que lhe venham despejar no copo um pouco de néctar dos deuses!

 

 

Casa do Alentejo Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

Afinal quando é que se coloca o contorno dos olhos?

06.03.18, Triptofano!

Há alguns posts atrás perguntei qual era a sequência de cuidados diários que tinham com a vossa pele, especialmente em que passo é que aplicavam o contorno dos olhos!

 

Se era antes do creme, depois do creme, antes do sérum, depois do sérum e antes do creme, bem, houve respostas para todos os gostos.

 

O que eu recentemente aprendi foi que....

 

Tanto Faz!!!

 

Sim, tanto faz, desde que, claro que tinha que haver um condicionante, se lave as mãos!

 

Confusos?

 

O creme de contorno de olhos deve idealmente ser um produto sem perfume de forma a minimizar o risco de irritação, para que não acabemos com os olhos congestionados e com uns papos e olheiras dignos de quem não dormiu uma semana seguida.

 

Idealmente, o mais seguro, será aplicar logo após a lavagem do rosto (e não, lavar o rosto apenas com água da torneira não conta como lavagem eficiente) já que ao passarmos o produto vamos ter também uma sensação de preenchimento daquela zona da face e não vamos ter a tentação de ir colocar lá mais creme.

 

Agora claro que podemos por depois do creme, ou depois do sérum, ou no fim de tudo, só que temos de lavar as mãos, porque normalmente os outros cuidados faciais tem perfumes ou substâncias que podem irritar a zona ocular, por isso se vamos espalhar o contorno dos olhos com resíduos nos dedos dos cremes anteriores o resultado pode não ser o melhor.

 

Não esquecer que há contornos de olhos só para usar no contorno dos mesmos, e há aqueles que podem também ser usados nas pálpebras, é uma questão de verificarem a informação do produto que adquiriram. No caso de terem o segundo, aí é que é mesmo imprescindível terem umas mãos livres de perfumes.

 

Deixo-vos um vídeo da Lierac sobre como potenciar a utilização e absorção do vosso creme de olhos desenvolvido com a ajuda da especialista em massagem Galya Ortega - ter apenas em conta que o vídeo foi feito para um produto que pode ser usado nas pálpebras, por isso se o vosso não tem essa indicação, basta saltarem aquele pequeno momento onde há a aplicação do creme nas mesmas.

 

Não sei se é evidente no vídeo, mas o meu conselho é fazerem a aplicação do produto com dedos diferentes daquele que no fim fazem a massagem por debaixo dos olhos, só para garantirem que não causam nenhuma irritação a nível ocular.

 

Ah, e se estão a pensar para que raio serve aquele momento no final, tipo brincadeira de bebés, agora vês-me, agora não, basicamente é o momento relaxante que todos deveríamos conceder a nós mesmos. Quantas vezes não colocamos o creme a correr para sair de casa no instante a seguir? É importante também termos tempo para nós de forma a sermos pessoas mais centradas e equilibradas!