Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Triptofano

Como ser 20% mais feliz?

06
Ago17

Ser comido como parvo!


 

Uma das piores coisas que me podem fazer é comerem-me como parvo. Igualmente mau é ficar com a sensação de que me tentaram comer como parvo. Em qualquer uma das situações a confiança que tínhamos com a pessoa/empresa desaparece ou no melhor dos casos fica gravemente abalada. Porém eu possuo um defeito ainda pior, que é ter falta de memória!

 

Nos últimos anos a Worten e eu andamos a desenvolver uma relação de amor ódio. O ano passado o meu cara metade teve uma luta épica contra a empresa por causa duma máquina de barbear eléctrica. Ele queria devolver a máquina porque ela não fazia o que prometia (ou seja cortar a barba), a Worten dizia que não senhor que não devolvia porque era um item de uso pessoal, o cara metade retorquia que a tinha de experimentar para saber se ela funcionava ou não, enfim um pequeno martírio que envolveu cartas, reclamações e muitos protestos. No fim a Worten devolveu o dinheiro em cartão. 

 

 

Hoje, esquecido do drama da máquina de barbear, voltei à Worten porque é mesmo ao pé de minha casa e tinha a um preço aceitável algo que eu queria mesmo comprar para oferecer ao cara metade. Antes de sair de casa verifiquei o preço e referência no site virtual deles para não me enganar e comprar outra coisa qualquer. Já na loja, depois de cinco minutos com o rabo empinado a verificar tudo o que era prateleiras e sem encontrar a maquineta veio um funcionária perguntar se precisava de ajuda. Disse-lhe do que estava à procura e ela foi confirmar num dos computadores a existência de stock. Não tinha em loja nem em nenhuma outra perto mas que havia a possibilidade de mandar vir. Como o tempo de entrega era mesmo à justa para o tempo que eu tinha para entregar a prenda disse que sim, que podia ser, e então ela imprimiu-me um ordem de encomenda e disse para ir pagar na caixa.

 

Ora até aqui tudo bem, mas quando estava a caminho da caixa reparo que a máquina passou a custar 25.99€ em vez dos 20.99€ que tinha visto no site. Saquei do telemóvel e confirmei que realmente o preço era 20.99€ mas pensei que como se mandasse vir da Net talvez tivesse de pagar portes aqueles cinco euros extras eram alguma espécie de taxa de encomenda (e sim eu tento sempre arranjar uma desculpa para evitar pensar que me estão a tomar como parvo).

 

Chego à caixa e pergunto à funcionária o porquê da diferença. Engole meio em seco e chama o superior. O superior sorri para mim e diz que vai ver se pode igualar o preço. E foi aí que eu tive a certeza que me estavam a tentar engrupir. Preferia que me dissesse que era uma taxa desconhecida do que dizer-me que ia tentar igualar o preço. Perguntei-lhe então porque raio quando me deram a ordem de encomenda não vinha logo o preço que estava no site. Ao que ele me responde que a loja virtual é diferente da física (ok até ai consigo perceber) e que os preços tendem a ser iguais mas pode haver diferenças e que a loja física paga renda e empregados e a virtual não. Fiquei sem saber o que dizer porque a conversa da loja física pagar renda e empregados soou-me a uma aldrabice muito rebuscada porque presumo que podem não ser os mesmos valores mas também se deve pagar domínios para as lojas virtuais e de certeza que têm de haver alguém contratado para programar essa loja.

 

Querida Worten, não ponho em questão que haja um mundo que eu desconheça entre o físico e o virtual mas se tinham a possibilidade de igualar o preço porque não o fizeram aquando a entrega da ordem de encomenda? Estavam a ver se mais um parvo não dava conta e lucravam cinco euros extra?

Obrigado por me terem feito o ajuste de preço, apesar de achar que não era mais que a vossa obrigação, mas quero que saibam que não vou voltar à vossa loja. Pelo menos enquanto me lembrar que me tentaram comer como parvo!

 

28 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Follow

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D