Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Triptofano

Como ser 20% mais feliz?

09
Fev18

Há Patos em Lisboa


Se perguntarem a um Lisboeta (ou mesmo a alguém de fora) qual é o pássaro mais abundante na capital, a resposta vai ser o Pombo.

 

Alguns, talvez traumatizados por um encontro em primeiro grau aquando a ingestão de batatas fritas de uma cadeia de fast food, irão dizer que o número de Gaivotas também está a aumentar exponencialmente.

 

Porém há outra espécie de ave que está a reinvindicar o seu espaço em Lisboa, o Pato! E não, não se trata de uma questão de emigração descontrolada que tenha passado pelas barbas do SEF, nem uma reprodução colossal dos patos da Gulbenkian.

 

Os patos que estão a tomar conta da cidade são de plástico, não necessitam de quantidades industriais de pão e podem coabitar tranquilamente connosco na banheira.

 

É da Lisbon Duck Store que saem os patos que estão a conquistar a cidade, mais os estrangeiros que os locais infelizmente, mas em suficiente número para a loja estar aberta e dar-se ao luxo de só vender os patudos.

 

WP_20180208_19_19_56_Pro.jpg

 

 

WP_20180208_19_20_04_Pro.jpg

 

Grandes, pequenos ou em miniatura, há patos para todos os gostos. Entrar na loja é um voltar à infância, sendo que a disposição da loja, a luz e o efeito visual dos patos faz a certa altura pensar que estamos numa loja de doces, e que nos apetece dar uma trinca em cada uma das aves sorridentes.

 

Com um sorriso do tamanho do mundo foi como fui recebido na Lisbon Duck Store, onde conversei alegremente sobre a minha vontade de levar metade do stock para casa, enquanto me mostravam as novidades recém-chegadas, o Pato Ronaldo, o Pato Selfie, os Patos inspirados no Star Wars, e os Patos Unicórnios, os campeões de vendas.

 

Comprei um Pato Chef para dar ao cara-metade como forma de o congratular por ter terminado o curso - na realidade hoje é o último exame, mas eu quando compro prendas não me consigo controlar e tenho de as dar logo - e a reacção dele não podia ter sido melhor.

 

Agora qualquer dia volto à loja para comprar um Pato Farmacêutico, afinal os patos nasceram para viver em bandos!

 

13 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D