Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Triptofano

Como ser 20% mais feliz?

Triptofano

Como ser 20% mais feliz?

16
Set17

E o José, onde vai?


Triptofano!

Quando este post for publicado se tudo tiver corrido mediante o planeado já terei chegado ao meu destino de férias - S.Tomé e Princípe. Digo mediante o planeado porque existe a probabilidade de ficar a ressonar como um porco e perder o avião - alguém me consegue explicar porque é que fazem voos depois da meia-noite para uma pessoa ir para o aeroporto assim feito zombie?

 

Um dos grandes dramas sempre que vamos de viagem é onde é que levamos o Macaco José!?! 

 

Macaco José pronto para viajar.jpg

 

 

O meu primeiro pensamento é sempre levá-lo comigo pela mão! Até já pensei em arranjar-lhe um passaporte em miniatura para ele também ter os carimbos das viagens. No entanto depois fico com o receio que os senhores da companhia aérea possam achar que eu sou mentalmente debilitado ou coisa parecida e impedirem-me de embarcar. Sim eu sei que não existe nenhuma lei que impeça adultos de levarem macacos de peluche com eles num voo mas acho que é melhor não arriscar.

 

A segunda opção é o José ir dentro da mala de porão. Mas e se a mala se perde? E se os cinquenta cremes que levo dentro dela dão para rebentar e o José morre afogado em ácido hialurónico e vitamina C? E se fica com frio? E se alguma mala bate com mais violência na nossa e ele fica com um torcicolo? 

 

A terceira e última opção tem sido a vencedora - levar o José dentro da mala de mão. Permite-nos estar de olho nele, ir conversando com ele e de alguma forma aparentarmos ser pessoas normais aos olhos dos outros passageiros.

Porém existe uma coisa que me apoquenta nesta opção - o controlo de Raio-X. Até hoje o José tem passado de forma tranquila por este controlo, mas imaginam o que seria se um dia me dizem que suspeitam que o José é uma mula de droga e vão ter de o abrir para verificar o seu recheio?

 

Era ver-me a gritar um alucinante NÃÃÃÃÃÃOOOOO enquanto lágrimas me corriam pelos olhos e todo eu me lançava numa placagem contra o agente de segurança de forma a impedir que o José fosse dilacerado por uma qualquer lâmina não desinfectada. 

 

Probabilidades de ser preso depois de tamanha performance teatral? 99.99%

 

33 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Follow

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D