Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Triptofano

Como ser 20% mais feliz?

13
Dez17

A minha outra prenda de anos


Já vos contei aqui acerca do conjunto de cockrings que o cara-metade me ofereceu no aniversário.

 

Mas o que eu não vos contei é que ele decidiu surpreender-me com outra prenda, esta no entanto não tendo sido pedida pela minha pessoa.

 

Podiam ter sido uns chocolates. Podia ter sido um perfume. Podia ter sido um livro para ocupar o tempo nas minhas viagens de comboio. Mas claro que não foi nada disso.

 

Posso dizer com orgulho que sou agora detentor de uns Jockstrap todos catitas, brancos e pretos, da marca Mister B. 

 

E perguntam vocês, o que raio são uns jockstrap?

Ora basicamente é o mesmo que uma coquilha, aquela peça que se utiliza em certos desportos para proteger a área genital. Só que neste caso, por ser uma peça mais fetichista, não há o reforço frontal de protecção.

 

Ficaram na mesma?

 

Pronto, indo directo ao assunto, são umas cuecas onde o rabiosque fica à mostra.

Ainda não estão a visualizar a coisa?

Coloquem num motor de busca e ficam esclarecidos.

 

É verdade que eu já tinha uns jockstrap entre os meus pertences, comprados há muitos anos atrás, mas como são de marca branca não possuem algo com que estes vem equipados, que é um sistema push up.

 

Quando eu li a referência a este sistema pensei imediatamente nos soutiens das senhoras, que fazem ficar as mamocas mais juntas do queixo, e comecei a imaginar que eles teriam qualquer dispositivo milagroso que faria as minhas nádegas ficarem-me assim a meio das costas.

 

Eu sei que pode parecer um pouco extremo, mas para alguém como eu que possui um rabo negativo, ou seja, estou a dever rabo ao criador, qualquer possibilidade de ficar com alguma junk in the trunk é aceite com o maior dos sorrisos.

 

Só que - infelizmente - o push up é para a parte da frente, para fazer com que a nossa piloca tenha um maior suporte e esteja mais bem acomodada. (não se pode ter tudo na vida pois não?)

 

Agora, vantagens e desvantagens de um jockstrap.

 

Sendo uma espécie de lingerie masculina um jockstrap tem o poder de nos tornar mais confiantes e sensuais.

 

E de esconder aquilo que não queremos que os outros vejam.

 

 

Imaginem que estão com uma vontade louca (daquelas impossíveis de controlar) de fazer o coiso e tal.

Mas a vossa parte frontal está de tal forma florestada que era capaz de produzir oxigénio suficiente para tapar o buraco do ozono. Com esta maravilhosa peça podem oferecer o vosso melhor deixando aquela parte menos tratada resguardada, evitando assim ouvirem comentários que englobem a palavra sebe e aparada.

 

E se vocês são pessoas como eu, detentoras de um intestino imprevisível, que de um momento para o outro se lembra de começar a movimentar-se de forma ameaçadora, o jockstrap é um must have.

 

Quem nunca esteve tão aflitinho para fazer o número dois, mas tão aflito que estava a ver que não conseguia abrir a porta de casa sem se borrar todo à frente da porta do vizinho, e depois teve de correr qual Usain Bolt em direcção à sanita?

 

Ao usar-se um jockstrap o caminho fica muito mais desimpedido, ou seja, a pessoa apenas precisa de baixar as calças e está pronta para fazer o serviço, e acreditem, que uma peça de roupa pode fazer toda a diferença quando toca a uma cólica intestinal imprevisível.

 

No que toca a desvantagens, tenho que referir o facto dos elásticos muitas vezes se enrolarem quando se anda o que se torna um pouco desconfortável.

 

É que enquanto que na roupa interior tradicional só precisamos de puxar um bocadinho o tecido para o tirar de dentro do rego, no jockstrap a pessoa quase que precisa de baixar as calças para ajeitar os elásticos.

 

E pronto, não é algo que seja assim muito conveniente se estivermos no meio do supermercado ou na fila das finanças, porque apesar de todo o mundo merecer ver o nosso traseiro há sempre aquelas pessoas facilmente impressionáveis que podem decidir chamar as forças de segurança.

 

Mas o maior ponto negativo do jockstrap foi, por incrível que pareça, a minha mãe a descobri-lo. 

 

Filho, sabes que eu gosto muito de ti, mas é-me mais fácil lavar umas cuecas borradas do que umas calças, por isso tenta limpar o cu como deve de ser depois de ires à casa-de-banho!

 

 

Já votaram em mim para o prémio Sapos do Ano 2017? Podem fazê-lo aqui! É que o prémio são dois pacotes de açúcar e vocês sabem que a vida está difícil!

 

10 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D